UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 25 de Setembro de 2020


CCHLA - DLCV

CCHLA - DEPARTAMENTO DE LETRAS CLÁSSICAS E VERNÁCULAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Projetos de Pesquisa


: Visualizar Detalhes do Projeto de Pesquisa
AMADOR RIBEIRO NETO
2008, POESIA EM NOVOS SUPORTES
2006, O NEOBARROCO EM CAETANO VELOSO
AMANDA BATISTA BRAGA
2018, Gênero e discurso político no Brasil
2017, GÊNERO E DISCURSO POLÍTICO NO BRASIL
2016, ENTRE A ANÁLISE DO DISCURSO E A SEMIOLOGIA HISTÓRICA: GÊNERO E DISCURSO POLÍTICO
2016, A CONSTRUÇÃO DISCURSIVA DE IDENTIDADES EM DICIONÁRIOS DE LÍNGUA PORTUGUESA
2015, ENTRE A ANÁLISE DO DISCURSO E A SEMIOLOGIA HISTÓRICA: O DISCURSO POLÍTICO EM METAMORFOSE
2015, DISCURSO, MEMÓRIA E ACONTECIMENTO: A CONSTRUÇÃO DE IDENTIDADES
AMANDA RAMALHO DE FREITAS BRITO
2020, A ESCRITA DO EROTISMO E DA POEVIVÊNCIA NA LITERATURA NEGRA: AS VOZES GUARDADAS DE ELISA LUCINDA
2019, EROTISMO E SUBJETIVIDADE: A METAPOESIA DO GOZO EM ALFORRIAS E RITOS DE PASSAGEM
ANA CRISTINA DE SOUSA ALDRIGUE
2008, A MODALIZAÇÃO AUTOMÁTICA EM TEXTOS PUBLICITÁRIOS: UMA PROPOSTA DE ANÁLISE HISTÓRICA
ANA CRISTINA MARINHO LUCIO
2018, Cartografias das culturas populares: histórias de vida de mestras de religiões afro-ameríndias
2012, GUIA DE OBRAS DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL PARA A EDUCAÇÃO CENTRADA NOS DIREITOS HUMANOS
BELIZA AUREA DE ARRUDA MELLO
2014, VOZES E ESCRITURAS DOS FOLHETOS DE CORDEL: FORMAS E GÊNEROS DA MEMÓRIA
2013, TRADIÇÕES DISCURSIVAS DOS MANUSCRITOS CULINÁRIOS: IDENTIDADES CULTURAIS DO AGRESTE PARAIBANO
2011, MEMÓRIA DISCURSIVA DA CULINÁRIA PARAIBANA: IDENTIDADE CULTURAL
2010, MEMÓRIA ESCRITA DA CULINÁRIA POPULAR PARAIBANA: IDENTIDADES NOS SABORES TÍPICOS
2008, VOZES E ESCRITURAS DA COZINHA: RASTROS DA MEMÓRIA DO ESTADO DA PARAÍBA ATRAVÉS DA INTERVOCALIDADE DAS RECEITAS CULINÁRIAS
2006, MANUSCRITOS CULINÁRIOS: PERCURSO DA MEMÓRIA URBANA ATRAVÉS DOS CADERNOS DE RECEITAS
CAMILO ROSA DA SILVA
2009, O USO DE CONECTORES NA FALA E NA ESCRITA: ASPECTOS DISCURSIVOS E PRAGMÁTICOS DA GRAMÁTICA DO PORTUGÊS
CIRINEU CECOTE STEIN
2015, ATLAS FONÉTICO-ACÚSTICO DA PARAÍBA
2014, CORPUS ORAL FONOAUDIOLÓGICO DE DESVIOS FONÉTICOS E FONOLÓGICOS - COFDEFF
DANIELA MARIA SEGABINAZI
2020, DA SELEÇÃO AO ATO DE LER: OS LIVROS DO PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO E DO MATERIAL DIDÁTICO (PNLD/LITERÁRIO 2018 E 2020)
2020, LEITURA LITERÁRIA NA ESCOLA: bildung, experiências e propostas na educação básica
2019, DA SELEÇÃO AO ATO DE LER: OS LIVROS DO PROGRAMA NACIONAL DO LIVRO E DO MATERIAL DIDÁTICO (PNLD/LITERÁRIO 2018 E 2020)
2016, O TRABALHO DOCENTE NA PROMOÇÃO E FORMAÇÃO DO LEITOR LITERÁRIO NO ENSINO FUNDAMENTAL
2015, CONSTITUIÇÃO E SIGNIFICAÇÃO DO ENSINO DE LITERATURA NO ENSINO FUNDAMENTAL DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE JOÃO PESSOA/PB.
DENISE LINO DE ARAUJO
1997, DISCURSO EM IMAGEM E SOM E SUA RELAO COM A ESCOLARIZAO
DERMEVAL DA HORA OLIVEIRA
2016, VARIAÇÃO LINGUÍSTICA NO ESTADO DA PARAÍBA: ATITUDE E PERCEPÇÃO
2015, VARIAÇÃO LINGUÍSTICA NO ESTADO DA PARAÍBA: VARIAÇÃO, ESTILO, ATITUDE E PERCEPÇÃO
2013, VARIAÇÃO, ESTILO E ATITUDE: TEORIA E PRÁTICA
2011, VARIAÇÃO E ESTILO: TEORIA E PRÁTICA
2009, MONOTONGAÇÃO DE DITONGOS ORAIS DECRESCENTES E CRESCENTES: HISTÓRIA E REALIDADE LINGUÍSTICA
1997, VARIAO LINGUSTICA NO ESTADO DA PARABA (VALPB)
1997, VARIAÇÃO LINGUÍSTICA NO ESTADO DA PARAÍBA (VALPB)
EDJANE GOMES DE ASSIS
2019, O diálogo verbo-visual nas capas de revista Piaui: Uma análise discursiva sobre a mídia e seus efeitos de sentido.
EDNEIA DE OLIVEIRA ALVES
2017, A PRODUÇÃO DE SENTIDO NOS RECURSOS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DE PORTUGUÊS AO SURDO
EVANGELINA MARIA BRITO DE FARIA
2019, Da fala para a escrita: reflexões da criança sobre sua produção textual em ambientes tecnológicos
2018, OS DIREITOS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DE LÍNGUA NA ALFABETIZAÇÃO: PRÁTICAS DIDÁTICAS
2017, OS DIREITOS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DE LÍNGUA NA ALFABETIZAÇÃO
2016, O CICLO DE ALFABETIZAÇÃO E O USO DE TECNOLOGIAS: UM DIÁGOLO POSSÍVEL?
2015, ALFABETIZAÇÃO E PNAIC: UM OLHAR SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA NA PARAÍBA
2014, A ALFABETIZAÇÃO NO PNAIC: DO CONTEÚDO PROPOSTO À IMPLEMENTAÇÃO NA SALA DE AULA
2013, CENAS DE PRÁTICAS DOCENTES COM FOCO NAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A ALFABETIZAÇÃO
2011, CENAS DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ORAIS: UM OLHAR SOBRE A ENTRADA DA CRIANÇA NOS MULTISSISTEMAS DA ORALIDADE
2010, CENAS DE AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ORAIS: EM BUSCA DA CONSTRUÇÃO DA TEXTUALIDADE
2009, A AQUISIÇÃO DA ESCRITA EM CRIANÇAS SURDAS: SINGULARIDADES NO CAMINHO DO LETRAMENTO.
2006, PAGLE
EXPEDITO FERRAZ JUNIOR
2020, A CANÇÃO POPULAR COMO RECURSO DIDÁTICO: UMA ABORDAGEM SEMIÓTICA
2019, Poesia em sala de aula: uma abordagem semiótica
2015, A SEMIÓTICA APLICADA AO TEXTO LITERÁRIO: POESIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA (1980-2010)
2014, A LEITURA DE TEXTOS LITERÁRIOS: UMA ABORDAGEM PEIRCIANA: FUNÇÃO DOS SIGNOS NA COMPREENSÃO / APRECIAÇÃO ESTÉTICA DE NARRATIVAS E TEXTOS POÉTICOS
FRANCISCO EDUARDO VIEIRA DA SILVA
2019, NORMA GRAMATICAL EM INSTRUMENTOS LINGUÍSTICOS DO SÉCULO XXI: SISTEMATIZAÇÃO E IMPLICAÇÕES PEDAGÓGICAS
2018, Norma gramatical em instrumentos linguísticos do século XXI: sistematização e implicações pedagógicas
2017, GRAMATIZAÇÃO BRASILEIRA DO PORTUGUÊS NO SÉCULO XXI: SUBSÍDIOS PARA O ESTABELECIMENTO DE UMA NORMA LINGUÍSTICA
HERMANO DE FRANCA RODRIGUES
2020, Textos proibidos: rotas do sexo nas "periferias" da (pós)modernidade
2020, Desejos anômalos, laços legítimos: experiências homoeróticas na literatura contemporânea
2019, Peregrinações do desejo: heranças homoeróticas na Literatura Ocidental
2019, Realidades ficcionais: dos dramas internos às tragédias cotidianas
2019, Contratos históricos, ritos estéticos: poder e submissão na Literatura Popular
2018, NARRATIVAS HOMOERÓTICAS: RASURAS DO SEXO, FIGURAÇÕES DO DESEJO
2018, POÉTICAS DA SEXUALIDADE: DO ENLACE ERÓTICO À IMAGINAÇÃO PORNOGRÁFICA
2018, TEXTUALIDADES LITERÁRIAS: ENTRE RUPTURAS E CONTINUIDADES
2016, POÉTICAS DA SEXUALIDADE: DO ENLACE ERÓTICO À IMAGINAÇÃO PORNOGRÁFICA
2016, NARRATIVAS HOMOERÓTICAS: RASURAS DO SEXO, FIGURAÇÕES DO DESEJO
2016, LITERATURA POPULAR: VOZES NÔMADES, SUJEITOS ENRAIZADOS
2016, EFEITOS DA VIOLÊNCIA NA LITERATURA INFANTO-JUVENIL: QUESTÕES ÉTICAS E ESTÉTICAS
2016, NARRATIVAS GRÁFICAS: TRAMAS, SUPORTES E RECEPÇÃO
2015, DINÂMICAS DA SEXUALIDADE: INTERSECÇÕES ENTRE PORNOGRAFIA E EROTISMO
2015, NAS MARGENS DA ESCRITA: LITERATURA E HOMOEROTISMO
2014, SIGNOS DO DESEJO: LITERATURA, SEXUALIDADE E HOMOEROTISMO
2014, ENTRE O ERÓTICO E O PORNOGRÁFICO: ESFERAS INSÓLITAS DA SEXUALIDADE
2014, LITERATURA E QUADRINHOS: CONFLUÊNCIAS SEMIÓTICAS
2014, PRESENÇAS DO OUTRO: LITERATURA, CULTURA E SUBJETIVIDADE
2014, DIÁLOGOS DA CULTURA: CÓDIGOS DA VIOLÊNCIA NA LITERATURA OCIDENTAL
2013, DISCURSOS SOBRE A SEXUALIDADE: AS CARTOGRAFIAS DA PORNOGRAFIA E DO EROTISMO
2013, SOBRE A LETRA E O INCONSCIENTE: ESPECTROS DA SEXUALIDADE NO TEXTO LITERÁRIO
2012, SEMIÓTICA E PSICANÁLISE: IDENTIDADE E REPRESENTAÇÕES NA LITERATURA OCIDENTAL
2012, DO SISTEMA AO DISCURSO: ENUNCIAÇÃO E PROCESSOS SEMIÓTICOS NA LITERATURA POPULAR
JAN EDSON RODRIGUES LEITE
2019, FRAMES DE REFERÊNCIA ESPACIAL NA COMPREENSÃO DE CENAS EM PERSPECTIVA POR INDIVÍDUOS COM DOENÇA DE ALZHEIMER
2013, ABORDAGEM COGNITIVA DAS CONSTRUÇÕES LINGUÍSTICAS NA VARIEDADE PESSOENSE
2012, MODELOS COGNITIVOS IDEALIZADOS (MCI) COMO OBJETOS DE APRENDIZAGEM EM LINGUÍSTICA COGNITIVA
2009, LEXICOG II – CATEGORIZAÇÃO, METÁFORAS E CONCEPTUALIZAÇÕES NO LÉXICO DE FALANTES DA VARIEDADE SÓCIO-DIALETAL PESSOENSE
2009, LEXICOG II CATEGORIZAÇÃO, METÁFORAS E CONCEPTUALIZAÇÕES NO LÉXICO DE FALANTES DA VARIEDADE SÓCIO-DIALETAL PESSOENSE
JOSE FERRARI NETO
2013, PROCESSAMENTO E AQUISIÇÃO DA MORFOLOGIA DERIVACIONAL DO PORTUGUÊS BRASILEIRO
JOSETE MARINHO DE LUCENA
2012, ASPECTOS DA CULTURA PARAIBANA: UMA ABORDAGEM LÉXICO-SEMÂNTICA
2011, FORMAÇÃO VOCABULAR DO TEXTO MUSICAL: A INFLUÊNCIA LEXICAL DO FORRÓ ELETRÔNICO NA PRODUÇÃO TEXTUAL DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DO LYCEU PARAIBANO
LUCIANA ELEONORA DE FREITAS CALADO DEPLAGNE
2018, ESCRITORAS MEDIEVAIS: ESTUDO E TRADUÇÃO
2013, MEDIEVALISMO NA LITERATURA BRASILEIRA
2011, RESSONÂNCIAS MEDIEVAIS NA LITERATURA BRASILEIRA
LUCIENNE CLAUDETE ESPINDOLA
2009, METÁFORAS, GÊNERO DISCURSIVO E ARGUMENTAÇÃO - MGDA
MARCIO MARTINS LEITAO
2019, PROCESSAMENTO ANAFÓRICO INTRASSENTENCIAL E A TEORIA DA LIGAÇÃO: APROFUNDAMENTO E NOVAS INTERFACES
2018, PROCESSAMENTO ANAFÓRICO INTRASSENTENCIAL E A TEORIA DA LIGAÇÃO
2016, PROCESSAMENTO ANAFÓRICO INTRASSENTENCIAL E A TEORIA DA LIGAÇÃO
2016, PRROCESSAMENTO ANAFORICO INTRASSENTENCIAL E A TEORIA DA LIGAÇAO
2010, LOAL: LABORATÓRIO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM EM LINGUÍSTICA
2009, PROCESSAMENTO CORREFERENCIAL E MORFOLÓGICO EM PORTUGUÊS BRASILEIRO
MARCO VALERIO CLASSE COLONNELLI
2020, Humor como recurso literário em Luciano de Samosata
2019, PRÁTICAS DISCURSIVAS NA GRÉCIA DOS SÉCULOS IV-V
2018, PRÁTICAS DISCURSIVAS NA GRÉCIA DOS SÉCULOS IV-V..
MARGARETE VON MUHLEN POLL
2019, História das políticas públicas para a língua portuguesa e seu ensino
MARIA DAS GRACAS CARVALHO RIBEIRO
2006, ENSINO DE LINGUA, GRAMÁTICA E INTERAÇÃO: REPENSANDO A PRÁTICA DOCENTE
MARIA DE FATIMA ALMEIDA
2019, A TEORIA DIALÓGICA DA LINGUAGEM: DESAFIOS E ESTRATÉGIAS PARA O ENSINO DA LEITURA
2018, A TEORIA DIALÓGICA DA LINGUAGEM E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: PERSPECTIVAS E DESAFIOS
2017, CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA DIALÓGICA PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: PERSPECTIVAS E DESAFIOS
2016, A CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DIALÓGICA PARA O ENSINO DE LÍNGUAS
2015, A TEORIA DIALÓGICA DA LINGUAGEM: CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE LÍNGUA
2014, A CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DIALÓGICA DO DISCURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUA
2012, A CONCEPÇÃO DIALÓGICA DE LINGUAGEM: UMA PROPOSTA PARA FORMAÇÃO DOCENTE
2011, LEITURAS EM INTERAÇÃO: A CONSTRUÇÃO DO SENTIDO NA ESCOLA
2010, INTERAÇÃO E LEITURA: A CONSTRUÇÃO DO SENTIDO NA ESCOLA
MARIA DE FATIMA BARBOSA DE MESQUITA BATISTA
2011, RAÍZES DO BRASIL NA LITERATURA POPULAR: INTERSUBJETIVIDADE E MULTICULTURALISMO
MARIA ELIZABETH AFFONSO CHRISTIANO
2006, ELEMENTOS CONJUNTIVOS NA PRODUÇÃO ESCRITA: UM ESTUDO DIACRÔNICO
MARIA ESTER VIEIRA DE SOUSA
2009, PRÁTICAS ESCOLARES DE LEITURA E DISCURSOS SOBRE A LEITURA
MARIANNE CARVALHO BEZERRA CAVALCANTE
2017, Sincronia gestuo-vocal: seu papel na aquisição da linguagem
2017, SINCRONIA GESTUO-VOCAL: SEU PAPEL NA AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM
2016, CONTÍNUO GESTUO-VOCAL: APROFUNDANDO A MATRIZ GESTO-FALA COM FOCO NA SINCRONIA EM AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM
2015, CONTÍNUO GESTUO-VOCAL:APROFUNDANDO A MATRIZ MULTIMODAL EM AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM III
2014, CONTÍNUO GESTUO-VOCAL: APROFUNDANDO A MATRIZ MULTIMODAL EM AQUISIÇÃO DA LINGAUGEM II
2013, CONTÍNUO GESTUO-VOCAL: APROFUNDANDO A MATRIZ MULTIMODAL
2012, HOLOGESTOS III: A RELAÇÃO ENTRE OS GESTOS E AS HOLÓFRASES EM AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM
2011, HOLOGESTOS II: A RELAÇÃO ENTRE GESTOS E HOLÓFRASES NA AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM
2010, HOLOGESTOS: A RELAÇÃO ENTRE GESTOS E HOLÓFRASES NA AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM
2009, PALIM - PROJETO AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM E MULTIMODALIDADE.
2006, PAGLE
MARIA REGINA BARACUHY LEITE
2019, O GOVERNO DO CORPO IDOSO NO ESPAÇO BIOPOLÍTICO DA CIDADE
2018, DISCURSO, SUJEITO E PODER: PRÁTICAS DE GOVERNAMENTALIDADE E MOVIMENTOS DE RESISTÊNCIA NA SOCIEDADE DE CONTROLE
2016, DISCURSO, SUJEITO E PODER: PRÁTICAS DE GOVERNAMENTALIDADE E MOVIMENTOS DE RESISTÊNCIA
2015, PRÁTICAS DE GOVERNAMENTALIDADE, BIOPOLÍTICA E BIOPODER: O CONTROLE SOCIAL DOS DIZERES EM ESPAÇOS INSTITUCIONAIS
2014, GOVERNAMENTALIDADE E BIOPOLÍTICA NA MÍDIA IMPRESSA: O CONTROLE SOCIAL DO DIZER
2013, GOVERNAMENTALIDADE E CONTROLE NOS DISCURSOS DO COTIDIANO: A PRODUÇÃO DOS SENTIDOS EM ESPAÇOS INSTITUCIONAIS.
2012, GOVERNAMENTALIDADE E CONTROLE NOS DISCURSOS DO COTIDIANO: A PRODUÇÃO DE SENTIDOS NO ESPAÇO URBANO
2006, DISCURSO, HISTÓRIA E SENTIDO: CONSTRUÇÕES IDENTIÁRIAS EM DIVERSOS GÊNEROS DISCURSIVOS
MONICA NOBREGA
2009, LINGÜÍSTICA E PSICANÁLISE, SAUSSURE E LACAN: A CONSTITUIÇÃO DOS SENTIDOS
ORIANA DE NADAI FULANETI
2019, O discurso político paraibano na cibercultura: análise do discurso das páginas do facebook dos deputados estaduais paraibanos.
2018, Eleições 2018: o discurso político paraibano na cibercultura
PEDRO FARIAS FRANCELINO
2018, Relações dialógicas, estilo e construção do posicionamento axiológico em enunciados orais da esfera religiosa – Fase II
2017, RELAÇÕES DIALÓGICAS E CONSTRUÇÃO DO POSICIONAMENTO AXIOLÓGICO EM ENUNCIADOS ORAIS DA ESFERA RELIGIOSA
2013, ENUNCIAÇÃO, DIALOGISMO E SUBJETIVIDADE EM GÊNEROS DISCURSIVOS ORAIS
2011, INTERAÇÃO, DIALOGISMO E SUBJETIVIDADE EM GÊNEROS DISCURSIVOS ORAIS
RAQUEL BASILIO DA CUNHA DIAS DE MELO
2013, DESCRIÇÃO E ANÁLISE CRÍTICA DOS DOCUMENTOS SAUSSURIANOS
REGINA CELI MENDES PEREIRA DA SILVA
2018, Gêneros acadêmicos e as diferentes formas de construção do conhecimento
2018, Gêneros acadêmicos e as diferentes formas de construção do conhecimento
2014, GÊNEROS ACADÊMICOS E AS DIFERENTES FORMAS DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO
2013, GÊNEROS ACADÊMICOS E OS DIFERENTES MODOS DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO
2010, PRÁTICAS SOCIAIS DE ESCRITA: A RETEXTUALIZAÇÃO DE GÊNEROS JURÍDICOS
2009, PRÁTICAS DE LETRAMENTO NA ESCOLA: A ESCRITA NO LIVRO DIDÁTICO.
RILDO JOSE COSSON MOTA
2020, O nível de competência literária de alunos do 6º ano do ensino fundamental
ROSANA COSTA DE OLIVEIRA
2019, PROCESSAMENTO CORREFERENCIAL DO SISTEMA PRONOMINAL EM PORTUGUÊS BRASILEIRO: NOVAS PERSPECTIVAS
2018, PROCESSAMENTO CORREFERENCIAL DO SISTEMA PRONOMINAL EM PORTUGUÊS BRASILEIRO
2017, A REFLEXIVIDADE VERBAL NO PROCESSAMENTO DA ANÁFORA "SE"
SOCORRO CLAUDIA TAVARES DE SOUSA
2016, UM PANORAMA DA POLÍTICA LINGUÍSTICA NO BRASIL
2013, POLÍTICA E EDUCAÇÃO LINGUÍSTICA
2012, POLÍTICA E PLANEJAMENTO LINGUÍSTICO NO BRASIL
SOCORRO DE FATIMA PACIFICO BARBOSA
2013, LER E ESCREVER NOS FOLHETOS JOCOSOS LUSOS DOS SÉCULOS XVIII E XIX
2012, A EDUCAÇÃO DOS SENTIDOS: O AMOR E SUAS ENCENAÇÕES NA LITERATURA BRASILEIRA DO SÉCULO XIX (1830 -1860)
2011, A ESCRITA EPISTOLAR NOS PERIÓDICOS DO SÉCULO XIX
2009, O JORNAL COMO FONTE PARA UMA HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA NO OITOCENTOS : A ESCRITA EPISTOLAR
VANESSA NEVES RIAMBAU PINHEIRO
2015, LITERATURA PÓS-REVOLUÇÃO EM ANGOLA E MOÇAMBIQUE
VANIA MARIA DE VASCONCELOS
2012, REPRESENTAÇÃO E MEDIAÇÃO NAS REDES VIRTUAIS: DA INTERAÇÃO À APRENDIZAGEM.
VERA LUCIA PIRES
2019, As interações entre linguagem e cultura: aspectos identitários nas práticas sociais da mídia
WILMA MARTINS DE MENDONCA
2015, BRASIL, BRASIS: LINGUAGENS E SENTIDOS DA VIDA NACIONAL
ZELIA MONTEIRO BORA
2011, ESCRITA, NATUREZA E SUBJETIVIDADE NA LITERATURA BRASILEIRA
 
163 Projeto(s) encontrado(s)

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2020 | producao_sigaa-1.sigaa-1 | v20200924133252-master