PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL (PPGECAM)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167393

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: FLAVIO SOUZA AZEVEDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FLAVIO SOUZA AZEVEDO
DATA: 30/09/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório de Geociências - CCEN
TÍTULO: GOVERNANÇA PARA SOLUÇÕES URBANAS BASEADAS NA NATUREZA: DIRETRIZES PARA APLICAÇÃO EM CIDADES BRASILEIRAS
PALAVRAS-CHAVES: Governança. Soluções baseadas na natureza. Transições de sustentabilidade. Infraestrutura urbana. Regimes urbanos.
PÁGINAS: 150
RESUMO: As soluções baseadas na natureza (SbN) ganharam recentemente protagonismo nos discursos políticos e acadêmicos como uma estratégia inovadora e econômica para as cidades cumprirem os objetivos de sustentabilidade urbana, incluindo mitigação e adaptação às mudanças climáticas. O destaque nas definições de SbN é que o conceito enfatiza o uso estratégico e integrado de ecossistemas naturais para apoiar o bem-estar humano de maneira econômica, ao mesmo tempo que promete enfrentar desafios sociais. No entanto, as SbN ainda não estão integradas nas políticas e práticas de desenvolvimento urbano convencionais devido a várias barreiras técnicas, culturais e institucionais. A inovação do conceito é tanto uma oportunidade quanto um desafio: como um conceito recente, precisa romper os mecanismos de aprisionamento e de dependência do caminho dos regimes urbanos em que está inserido, mas como uma inovação socioecológica-técnica permite abordagens alternativas e inclusivas de governança e de representação dos Stakeholders. Considerando o contexto brasileiro, o presente trabalho tem como proposta central elaborar diretrizes para implementação de arranjos de governança urbana ambiental em projetos de SbN, a partir da análise de modelos de governança que possam ser adaptados às configurações locais. Isto envolve entender como e por quem a governança urbana ambiental é estabelecida. Adotando uma lente de pesquisa de transições de sustentabilidade, são utilizados conceitos e estruturas como a perspectiva multinível (MLP), modelo multifásico e gestão de transição para avaliar de forma sistêmica os arranjos de governança identificados em estudo de casos múltiplos. A coleta de dados se dará por meio de revisões de documentos, realização de entrevistas e notas de campo. Os dados coletados serão inicialmente analisados para cada estudo de caso por meio de softwares de análise qualitativa como o Nvivo e em seguida comparados com os demais. Esta pesquisa trabalha com a hipótese de que a governança urbana ambiental deve ser constituída com base na configuração social, econômica e ambiental que compõem a diversidade do local em que é implementada. Nesse sentido a pesquisa procura contribuir para integração das SbN nas agendas políticas e de desenvolvimento das cidades brasileiras.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2529303 - RICHARDE MARQUES DA SILVA
Interno - 338146 - JOSE AUGUSTO RIBEIRO DA SILVEIRA
Externo à Instituição - MAURO NORMANDO MACEDO BARROS FILHO