PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA (PPGFON)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
32167831

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: ANNA CAROLINA D'UCARMO BEZERRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANNA CAROLINA D'UCARMO BEZERRA
DATA: 30/04/2021
HORA: 14:00
LOCAL: PLATAFORMA VIRTUAL ZOOM Link da videoconferência: https://us02web.zoom.us/j/87428735425?pwd=aGt1UGti
TÍTULO: MICROCEFALIA NO ESTADO DA PARAÍBA: ESTUDO DE INCIDÊNCIA E FATORES PREDITIVOS ENTRE OS ANOS DE 2015-2019
PALAVRAS-CHAVES: Microcefalia; Infecção por Zika Vírus; Fonoaudiologia; Sistemas de Informação em Saúde; Epidemiologia.
PÁGINAS: 1
RESUMO: Introdução: A microcefalia é definida por uma malformação congênita, caracterizada pela diminuição do tamanho da cabeça associada a um crescimento insuficiente do cérebro. Em 2015, no Brasil, em concomitante ao surto da Zika Vírus, houve o aumento de casos de microcefalia em recém-nascidos, principalmente na região Nordeste, incluindo o estado da Paraíba. Sabe-se que a microcefalia faz parte do grupo de indicadores de risco para comorbidades fonoaudiológicas como deficiência auditiva, disfagia orofaríngea e déficit no desenvolvimento cognitivo, motor e linguístico da criança. Objetivo: Analisar a incidência de microcefalia e fatores preditivos no estado da Paraíba entre os anos de 2015 e 2019. Método: Estudo ecológico, que utilizará dados de domínio público do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), através do Sistema de Informação de Nascidos Vivos (SINASC) e do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (SINAN). Será analisada a Taxa Média de Incidência de microcefalia de cada município paraibano. Será analisada a possível associação entre microcefalia e variáveis do perfil sociodemográfico materno, condições da gestação, aspectos do nascimento e de notificação por infecção por Zika vírus. Será feita análise da relação entre variáveis por meio dos testes t de Student ou ANOVA e proposto um modelo de regressão linear múltipla. O nível de significância será de 5%. Resultados esperados: espera-se encontrar declínio da Taxa Média de Incidência de microcefalia no estado da Paraíba ao longo do período estudado e determinar os fatores preditivos a essa condição de saúde.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1742384 - GIORVAN ANDERSON DOS SANTOS ALVES
Interno - 1803504 - LEANDRO DE ARAUJO PERNAMBUCO
Externo ao Programa - 1724406 - LUIZ MEDEIROS DE ARAUJO LIMA FILHO
Externo à Instituição - HILTON JUSTINO DA SILVA
Externo à Instituição - HIPOLITO VIRGILIO MAGALHAES JUNIOR