PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO (PPGCN)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone:
32167417

Notícias


Banca de DEFESA: FRANCISCA NAYARA DANTAS DUARTE MENEZES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCA NAYARA DANTAS DUARTE MENEZES
DATA: 27/05/2020
HORA: 13:30
LOCAL: Link para sala virtual: https://meet.jit.si/DefesadeTese_Nayara_Menezes
TÍTULO: EFEITOS PREBIÓTICOS DE SUBPRODUTOS DO PROCESSAMENTO DE FRUTAS TROPICAIS EM SISTEMAS DE FERMENTAÇÃO IN VITRO
PALAVRAS-CHAVES: Frutas. Subprodutos agroindustrais. Prebióticos. Probióticos. Microbiota intestinal. Modulação.
PÁGINAS: 148
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
RESUMO: A busca por alimentos com propriedades prebióticas têm sido tema de diversos estudos em virtude dos seus efeitos benéficos sobre a saúde dos consumidores. As frutas, devido seu alto teor de carboidratos, em especial o conteúdo de fibras, são exemplos de alimentos com potencial prebiótico. Com base nessas informações, este estudo teve por objetivo avaliar o potencial prebiótico de subprodutos do processamento da acerola (Malpighia glabra L.), caju (Anacardium occidentale L.) e goiaba (Psidium guajava L.) em sistemas de fermentação in vitro. Em um primeiro estudo, foi avaliada a capacidade dos subprodutos de acerola (AB) e goiaba (GB), submetidos ou não à digestão gastrointestinal simulada, de estimular o crescimento e atividade metabólica de cepas probióticas (Lactobacillus acidophilus LA-05, L. casei L-26 e Bifidobacterium animalis subsp. lactis BB-12). AB e GB digeridos e não digeridos (20 g/L) estimularam o crescimento das cepas probióticas, bem como reduziram os valores de pH e aumentaram a produção de ácidos orgânicos e consumo de açúcares no meio de cultivo ao longo de 48 h. AB e GB digeridos (20%, p/v) causaram alterações benéficas na abundância relativa das populações de Bifidobacterium spp., Lactobacillus-Enterococcus, Eubacterium retall-Clostridium coccoides e Bacteroides-Provotella, bem como causaram diminuição do pH e aumento da produção de ácidos graxos de cadeia curta (acético, butírico e propiônico) durante 24 h de fermentação colônica in vitro. Em um segundo estudo, foi avaliado o impacto do subproduto do processamento do pendúnculo do caju (CJ) digerido (20%, p/v) sobre a abundância relativa de grupos bacterianos presentes em sistemas de fermentação colônica in vitro. CJ digerido aumentou a abundância relativa de Bifidobacterium e Lactobacillus-Enterococcus após 24 h de fermentação colônica, além de diminuir a abundância relativa de Bacteroides-Provotella, Eubacterium retall-C. cocoides e C. hystoliticum. CJ digerido aumentou as contagens de bactérias láticas e diminuiu as contagens de Enterobacteriaceae após 24 h de fermentação colônica, bem como causou diminuição nos valores de pH e aumento na produção de ácidos graxos de cadeia curta. Estes resultados indicam que subprodutos gerados durante o processamento de frutas tropicais podem ser considerados candidatos para uso como ingredientes prebióticos, uma vez que são capazes de estimular o crescimento e atividade metabólica de micro-organismos benéficos presentes na microbiota intestinal.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2380741 - EVANDRO LEITE DE SOUZA
Interno - 1553557 - JAILANE DE SOUZA AQUINO
Externo ao Programa - 1678418 - LUCIO ROBERTO CANCADO CASTELLANO
Interno - 2475887 - MARIA ELIEIDY GOMES DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - MONICA TEJO CAVALCANTI