PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANA DALTRO LEITE MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA DALTRO LEITE MEDEIROS
DATA: 14/10/2020
HORA: 14:30
LOCAL: Sala virtual: https://meet.google.com/fte-boxv-bhc
TÍTULO: A caminho do mar: Transformações urbanas e edilícias do Bairro Miramar, João Pessoa – PB
PALAVRAS-CHAVES: transformações urbanas; dinâmicas socioespaciais; produção do espaço; Bairro Miramar; João Pessoa.
PÁGINAS: 68
RESUMO: Esta dissertação analisa transformações urbanas e edilícias do Bairro Miramar (1990-2020) e busca compreender possíveis impactos dessas mudanças em dinâmicas socioespaciais. O Bairro Miramar está situado no eixo de expansão de João Pessoa em direção ao mar. Foi inaugurado em 1960 e sofreu grandes transformações. Na contemporaneidade, as dinâmicas de produção do espaço são subordinadas à lógica capitalista, inclusive em anos recentes, com maior verticalização. A especulação imobiliária oriunda desse sistema, é evidenciada na localidade pela intensa renovação edilícia, cada vez mais, presente em sua configuração. Conforme a teoria do movimento natural concebida por Hillier et al. (1993), o movimento e a configuração espacial impactam dinâmicas socioespaciais, facilitando ou dificultando encontros a depender da transformação que ocorra no espaço. No Miramar estas mudanças caminham para a verticalização, atribuindo-lhes uma ideia de segurança, e de status com “vista para o mar”. Vista para o mar e não mais para as pessoas na rua? A fim de destacar as principais transformações urbanas da área de 1990 para 2020, foram elaboradas análises espaciais em plataforma georreferenciada, relacionando alguns dados de uso do solo, gabarito da área, ruas, quadras, visitas in loco, registros fotográficos e análises sintáticas. O estudo do bairro em 1990 revela um perfil majoritariamente residencial térreo, com muitos vazios urbanos. De 1990 para 2020 houve um crescimento 8 vezes maior de edificações de múltiplos pavimentos mudando a paisagem do bairro. No geral, as transformações ocorridas são resultado de práticas imobiliárias especulativas, presença de vias com maior acessibilidade topológica com mais comércios e serviços que parecem realçar a descontinuidade da paisagem observada através da perca de escala humana, grandes muros, ruptura da relação público/privado, segregação socioespacial e outros fatores que contribuem para impactar as dinâmicas socioespaciais nas cidades contemporâneas.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 337195 - DORALICE SATYRO MAIA
Externo à Instituição - EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
Presidente - 2398542 - LUCY DONEGAN