PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
32167913
http://www.ufpb.br/pos/ppgau

Dissertações/Teses


Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFPB

2019
Descrição
  • FILIPE VALENTIM AFONSO
  • As casas de Mário Di Lascio: projeto, tempo e lugar
  • Orientador : MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • Data: 13/12/2019
  • Mostrar Resumo
  • O objeto de estudo desta dissertação é a arquitetura residencial unifamiliar projetada por Mário Glauco Di Lascio entre os anos de 1957 a 1979, sendo o corpus composto por 50 edificações. Por se tratar de um período de difusão do Movimento Moderno na Paraíba, objetivamos analisar os modos como soluções projetuais preexistentes e "tradicionais", habitualmente utilizadas no contexto local, se relacionam (permanecem/adaptam/desaparecem) com as renovações acarretadas pelo modernismo nas casas deste arquiteto, no referido recorte temporal. Para tanto, aprofundamos no estudo do projeto, do tempo e do lugar onde ele se situa verificando quais as características mais expressivas emergem das construções e quais relações podem ser percebidas entre casa, cidade e sociedade. Metodologicamente, lançamos mão de quatro eixos de análise: técnica-linguagem, espaço-movimento, casa-cidade, casa-cliente; nos quais reside um complexo conjunto de relações entre o antigo e o novo, bem como, diversos modos de coexistirem ou justaporem "tradições" e "inovações". As discussões apresentadas trazem duas principais contribuições, primeiro, o reconhecimento e documentação da produção arquitetônica de Mário Di Lascio (contando com levantamentos do Arquivo Central da Prefeitura de João Pessoa, arquivos pessoais do arquiteto, de alguns clientes, outros pesquisadores e das obras remanescentes na cidade); segundo, a ampliação da narrativa sobre a disseminação da arquitetura moderna no período em análise, visto que possibilitou enxergar as pluralidades de práticas e de arquiteturas produzidas naquele momento.
  • ANDREIA CARDOSO DE OLIVEIRA
  • PADRÕES DE COMPORTAMENTO DOS USUÁRIOS SOBRE AS ABERTURAS PARA MODELOS DE SIMULAÇÃO DE DESEMPENHO TÉRMICO EM HABITAÇÕES DE INTERESSE SOCIAL EM CLIMA QUENTE E ÚMIDO
  • Orientador : SOLANGE MARIA LEDER
  • Data: 06/12/2019
  • Mostrar Resumo
  • A relação entre o conforto térmico e as habitações têm sido amplamente investigadas nos últimos anos, com trabalhos valiosos no campo da otimização do método de simulação para melhorar o desempenho térmico e energético dos edifícios. As diferenças que ocorrem entre o uso da energia real e o uso da energia previsto dependem das diferenças entre a construção real, as instalações técnicas e a forma como o sistema construído é operado pelos ocupantes. Estudos apontam que, por ter grande efeito sobre o consumo de energia, o comportamento dos ocupantes causa uma diferença significativa entre o desempenho energético previsto e o real. Esta pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de propor um modelo de padrões de uso e comportamento dos ocupantes especificamente em relação às aberturas no desempenho térmico de habitações de interesse social no clima quente e úmido. Para alcançar o objetivo geral desta pesquisa, foi necessária uma revisão da literatura sobre as principais contribuições e quais as limitações e lacunas atuais. Em seguida, foi necessário estudar sobre a construção de um questionário específico que pudesse abordar questões que serviriam de base para o entendimento das rotinas e padrões de comportamento dos usuários. Os dados foram coletados em situações reais, a partir da aplicação de 375 questionários aplicados em dois conjuntos habitacionais da cidade de João Pessoa – Paraiba, como base para o clima quente e úmido, e foram analisados por três métodos estatísticos com o uso do programa SPSS v.24. A influência dos diferentes cenários de padrões de uso e comportamento dos usuários propostos, foi investigada por meio de simulação computacional, no programa Design Builder v. 6.1.2, e a avaliação de desempenho foi desenvolvida pela composição de dois índices de longo tempo, Graus-hora para Resfriamento somado ao Percentual de horas de desconforto, com base nos limites da faixa de conforto adaptativo adotados por De Dear. Os resultados apontam que o comportamento dos usuários pode influenciar significativamente o desempenho térmico das edificações ventiladas naturalmente, sendo afirmativa a hipótese testada. Também foi verificado que, os padrões de uso e operação de janelas e portas não são resultado apenas da influência de variáveis ambientais, mas também por fatores contextuais e culturais. A maior contribuição percebida ao definir os cenários reais dos três tipos de famílias foi identificar que os horários de abertura das janelas estão diretamente ligados ao horário que os moradores acordam, ou seja, suas rotinas e comportamento afetaram significativamente suas ações de operação de abertura de portas e janelas. Desta maneira, podemos afirmar que a temperatura externa não é o fator determinante para a operação das portas e janelas em condições de clima quente e úmido no nordeste brasileiro. Conclui-se que, uma das maiores contribuições desta pesquisa foi a construção de padrões de uso e comportamento de usuários em relação às aberturas, em habitações de interesse social, resultantes de um levantamento de dados reais a partir de um estudo de campo. Esses são os primeiros modelos de comportamento de abertura e fechamento de janelas desenvolvidos para habitações ventiladas naturalmente no nordeste brasileiro.
  • GABRIELLA ELOY CAVALCANTI
  • Avaliação sobre a importância da perspectiva do pedestre na análise da caminhabilidade: Aplicação de um modelo multicritério
  • Orientador : GEOVANY JESSE ALEXANDRE DA SILVA
  • Data: 03/12/2019
  • Mostrar Resumo
  • A adequação dos espaços urbanos ao uso do pedestre tem sido apontada como uma das formas de mitigar os efeitos desastrosos da priorização do transporte motorizado no planejamento das cidades. Diante desse cenário, os estudos de caminhabilidade têm sido amplamente utilizados para análise e diagnóstico do espaço urbano sob a ótica de quem se desloca a pé. Autores têm ressaltado, no entanto, que os índices de caminhabilidade desenvolvidos por diversos autores, apesar de descrever bem o ambiente, não são capazes de analisar adequadamente o modo como diferentes indivíduos valorizam o espaço urbano. Além disso, a determinação da importância relativa de cada critério é uma questão controversa. Portanto, se a importância relativa de cada atributo analisado pode variar significativamente de acordo com diferentes estratos de respondentes, a consideração da opinião do pedestre precisa ser incorporada aos métodos de análise da caminhabilidade. Caso contrário, os índices de caminhabilidade que desconsideram essas diferentes perspectivas podem conduzir a resultados irreais que representam apenas a experiência do pesquisador e não dos diversos indivíduos que utilizam o espaço da cidade. Dessa forma, essa pesquisa tem como objetivo principal a análise da importância de critérios relativos à caminhabilidade para diferentes estratos de respondentes, aplicando um índice de caminhabilidade que considera a experiência do pedestre enquanto caminha pela cidade. Para a determinação da importância relativa dos critérios analisados foi aplicado um modelo de análise multicritério: o Processo Analítico Hierárquico (do inglês Analytic Hierarchy Process-AHP).
  • LILIAN LEITE FELIX
  • Estudo da Densidade, Forma e Configuração Espacial em Campus: Análise do Campus I da Universidade Federal da Paraíba
  • Orientador : GEOVANY JESSE ALEXANDRE DA SILVA
  • Data: 22/11/2019
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa trata da análise do campus I da Universidade Federal da Paraíba, sob a ótica da densidade, forma edilícia e configuração espacial. Tais critérios, pouco investigados em análise de campi são explorados por meio do método Spacemate/ Spacematrix, aplicado como ferramenta capaz de diagnosticar essas características no campus e, por fim, alcançar uma nova leitura do espaço investigatório. Comparado a pequenos núcleos urbanos por serem providos de uma rede de infraestrutura, os campi têm sido objeto de estudo quanto ao fomento à sustentabilidade por meio da implementação de sistemas de gestão ambiental, de edificações sustentáveis e do uso de metodologias de análise do espaço como ferramenta para investigar a mobilidade e a qualidade de vida dos usuários locais. Assim, é possível contribuir com o corpus de estudo ao adotar um eixo de investigação pouco explorado. Resultados preliminares revelam uma configuração morfológica equivalente a áreas urbanas com baixo índice de aproveitamento, edificações de baixo gabarito e amplos espaços livres. Logo, é possível estabelecer uma relação entre elementos promotores da sustentabilidade da urbe, como a densidade, a forma edilícia e a configuração espacial, dentro de um cenário dos campi universitários, além de fomentar a continuidade de um estudo mais aprofundado sob os aspectos citados.
  • CYRO VISGUEIRO MACIEL
  • Universal.D – Desenvolvimento de Ferramenta de Apoio ao Projeto Arquitetônico sob a Abordagem do Desenho Universal.
  • Orientador : CARLOS ALEJANDRO NOME SILVA
  • Data: 04/11/2019
  • Mostrar Resumo
  • Conceitos de inclusão e acessibilidade estão sendo amplamente discutidos nos últimos anos e vem mostrando a verdadeira necessidade nas diversas áreas do conhecimento. Pessoas com deficiência são parte considerável da população brasileira e que com uma tendência de crescimento cada vez maior da população de idosos, consequentemente, no futuro haverá números elevados de pessoas com limitações, restrições ou mesmo com deficiências decorrentes a doenças relacionadas a idade. Uma das formas de promover a acessibilidade, a inclusão e a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiências permanentes ou temporárias é o Desenho Universal, que traz em seus princípios, diretrizes norteadoras para planejamento de projetos. A pesquisa teve como objetivo desenvolver uma ferramenta de apoio ao projeto arquitetônico, visando a avaliação sob abordagem dos princípios de Desenho Universal, para auxiliar na tomada de decisões em diferentes fases de projeto. Partindo do pressuposto de que as legislações de acessibilidade exigem condições mínimas para tal, foi analisado, classificado e agrupado os conteúdos da principal norma brasileira de acessibilidade em edificações. Estas análises possibilitou a construção da ferramenta Universal.D, que traz em seu conteúdo orientações para o desenvolvimento de projetos, bem como a possibilidade de análise de projeto em qualquer fase de desenvolvimento, sob a abordagem do Desenho Universal. A ferramenta foi submetida a testes com estudantes de graduação e pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo. Os testes da construção desta ferramenta ocorreu em quatro momentos: o primeiro foi utilizado questionários para identificar lacunas no conteúdo e na interface gráfica; no segundo momento foi realizado um grupo focal para análise detalhada dos elementos que compõe a ferramenta – conteúdo, ilustrações e instruções de uso na interface gráfica; o terceiro analisou as orientações projetuais da ferramenta por meio de simulações de situações de projeto; o último momento analisou as verificações de projeto e os resultados apresentados pela ferramenta. Os testes possibilitaram o refinamento da ferramenta que foi validada pelos estudantes. A Universal.D mostrou ser uma ferramenta promissora e eficiente para a conscientização do projetista, seja no desenvolvimento de projetos, na avaliação de projetos em andamento e projetos concluídos, ou mesmo na análise de edificações já existentes. Os principais destaques dos participantes do estudo foram a linguagem simples e o foco no usuário do edifício, trazidos pela ferramenta. Percebe-se que ainda há um grande caminho a ser percorrido para a utilização efetiva da ferramenta, como ampliar a amostragem de testes para profissionais atuantes no mercado de trabalho e a migração para plataformas web, e de aplicativos, para ampliação do alcance da ferramenta. Por fim, ressalta-se a importância de mais estudos sobre Desenho Universal, para produzir conhecimento e ferramentas para serem utilizados por projetistas, considerando tal conceito como um norteador no desenvolvimento de projetos.
  • ANA PAULA BUARQUE DE CARVALHO
  • O uso habitacional e as estratégias de revitalização do Bairro do Recife (PE) a partir da década de 1990
  • Orientador : JOVANKA BARACUHY CAVALCANTI
  • Data: 17/10/2019
  • Mostrar Resumo
  • Desde a década de 1990 que o Bairro do Recife (Recife/PE) passa por um processo de revitalização. Iniciado com a elaboração do Plano de Revitalização do Bairro do Recife e, aos poucos, se consolidando com a implantação de quatro projetos de intervenção (Polos Bom Jesus, Alfândega, Arrecifes e Pilar) e a instalação do Porto Digital, um dos maiores Parques Tecnológicos do País, que contribuiu significativamente para dinamizar a economia do local. O Bairro tornou-se cartão postal da cidade, agregando vários espaços e eventos culturais e de lazer. No entanto, o uso habitacional, previsto no início do processo e considerado tão importante para a revitalização de áreas históricas nunca foi, de fato, estimulado pelos vários projetos implantados. Nem mesmo a conclusão da urbanização da Comunidade do Pilar, ocupação carente no coração do Bairro, foi concluída. Entender o porquê desse desinteresse pelo uso habitacional foi o objetivo central da pesquisa, buscando entender o que limita ou inibe a atração deste uso para o Bairro. A partir de um extenso levantamento em órgãos públicos de documentos diversos sobre as intervenções no Bairro, implantadas ou não, foi realizado um esforço de identificar se o uso habitacional se fez presente nas discussões em algum momento, tentando entender se há relação entre as intervenções que se concretizaram e o não estímulo à esse uso. A partir de entrevistas com gestores públicos da Prefeitura Municipal, antigos e atuais, também buscou-se conhecer o que se pretendia para o Bairro nas diversas gestões, já que este sempre foi receptor de grande soma de investimentos, principalmente se considerado os demais bairros do Centro Histórico da cidade. O estudo apontou que estimular o uso habitacional em Centros Históricos não é uma tarefa simples, necessita que o poder público assuma a responsabilidade e o protagonismo como planejador territorial e que a comunidade esteja inserida através de processos participativos, garantido o entendimento sobre a importância da preservação do patrimônio, bem como a possibilidade de reinserção desses imóveis no cotidiano da vida citadina.
  • MYLLENA MILIANN SILVA MELO
  • Notas sobre urbanidade: Um paralelo temporal entre o Centro e o Altiplano
  • Orientador : MARCELE TRIGUEIRO DE ARAUJO MORAIS
  • Data: 30/08/2019
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa se interessa pelos Espacos Livres Publicos (Elp) dos bairros Centro e Altiplano, na cidade de Joao Pessoa, e busca investigar suas configuracoes espaciais e dinamicas sociais atuais, a luz do conceito de urbanidade. Os ELP constituem-se como palcos que promovem as relacoes da esfera social na esfera espacial, “[congregando] uma infinidade de Dispositivos Tecnicos e Espaciais do Urbano” (TRIGUEIRO, 2012, P.84). Dispostos no meio urbano, os elementos que compoem os ELPs servem aos publicos urbanos, sendo orquestrados pelo conjunto de fabricantes e organizacoes responsaveis por constituir a vida na cidade. Neste sentido, os ELPs sao centrais na discussao sobre urbanidade e sao considerados “instrumentos de urbanidade” (ibidem). Esta tematica tangencia questoes relativas ao ambiente construido da cidade, o qual, impulsionado pela iniciativa privada e por sua logica mercadologica, tem resultado em ambiencias urbanas insuficientemente vivas e pouco apreendidas pelos publicos da cidade. Trata-se de uma producao mercantilista de ELPs essencialmente pautada em empreendimentos que aprofundam a racionalizacao do espaco urbano, tambem parcialmente responsavel pela diluicao do espaco publico. Tais constatacoes impulsionam um campo de investigacoes interessado por medidas e modalidades de acao, capazes de atenuar os efeitos da atual fabricacao urbana. A questao da inseguranca, do sentir-se inseguro, ou ainda as repercussoes destes sentimentos nos padroes de utilizacao dos ELPs tornam-se ainda objeto desta investigacao, uma vez que promovem a desertificacao dos espacos, colaborando para sua segregacao e/ou subutilizacao.
  • ANA LAURA DE FREITAS ROSAS BRITO
  • A pequena escala e a cidade: o mobiliário na ativação dos espaços livres públicos
  • Data: 27/08/2019
  • Mostrar Resumo
  • O cenario urbano contemporaneo tem apresentado muitos desequilibrios de ordem economica e social que sao refletidos em transformacoes no territorio, mediante disputas complexas e associadas a um notorio enfraquecimento dos espacos livres publicos.Estes, tao fundamentais quanto o proprio principio de cidade. Diante desse quadro, e comum que parcela da sociedade opte pelo convivio em espacos fechados e privados, como shopping centers e condominios fechados. Entretanto, e perceptivel o despertar de acoes, das mais abstratas as mais concretas, que trabalham na pequena escala urbana, em um nivel local, e que tem alterado espacos livres publicos ditos 'sem vida urbana' de varias cidades, das mais diversas culturas e condicoes socioeconomicas, com o intuito de 'ativa-los' em prol da melhoria da qualidade desses locais e, em decorrencia, para a melhoria da qualidade de vida dos cidadaos, motivando engajamentos sociais proativos e de pertencimento. Essa tese se interessa por essas acoes provenientes de diferentes setores da sociedade, naquilo que pode se chamar de intervencoes de pequena escala (IPE), baseadas em mobilias urbanas. O objetivo dessa pesquisa e apreender quao ativadora pode ser uma intervencao de pequena escala com mobiliario, e quais os possiveis efeitos que essas acoes acarretam aos espacos livres publicos e consequentemente, as pessoas. Essa investigacao abordara dois estudos de caso de centralidades distintas situados na cidade de Joao Pessoa: i) o letreiro ‘Eu amo Jampa’, entre os bairros de Tambau e Cabo Branco e; ii) o conjunto de mobilias da praca Assis Chateaubriand, no bairro Jardim Treze de Maio. O arcabouco teorico selecionado forneceu suporte metodologico para a investigacao de tres dimensoes: i) o espaco livre publico, ii) o objeto (mobilia), e iii) o(s) usuario(s), que serao analisadas com variaveis especificas, observacoes e anotacoes de campo, mapas georeferenciados, mapas comportamentais; entrevistas com questionarios semi-estruturados e o uso de parametros qualitativos e quantitativos provenientes do aporte teorico adotado. Os resultados do estudo apontam que a mobilia possui poder de ‘ativacao’ dos espacos livres publicos, em nivel intermediario, evidenciando-se que nao despertou a nocao de ‘comum urbano’ nos usuarios e que o discurso capturado de alguns, nem sempre esta alinhado com as observacoes realizadas.
  • ANTONIO GONCALVES DE FARIAS JUNIOR
  • Protótipo para consulta paramétrica aos índices urbanísticos Com suporte em BIM EGIS: o caso da cidade de João Pessoa
  • Orientador : CARLOS ALEJANDRO NOME SILVA
  • Data: 08/08/2019
  • Mostrar Resumo
  • A escolha de um terreno para o desenvolvimento de um projeto arquitetonico situado num espaco urbano podera passar pela consulta a um conjunto de diferentes leis para que se possa compreender quais dos aspectos descritos nesses documentos irao interferir no projeto. Por se tratar essencialmente de textos legislativos, seus conteudos sao acessados individualmente em consultas manuais. No entanto, apesar de ja se encontrar municipios que disponibilizam alguns bancos de dados digitalmente, nao ha uma integracao entre estes permitindo uma otimizacao da sua consulta. Tem-se ampliado os estudos que direcionam esforcos na criacao de sistemas com verificacoes automaticas em busca de uma diminuicao do tempo dessas tarefas e consistencia nos resultados encontrados. Surge assim, a tecnologia Building Informatio Modeling (BIM) como um sistema parametrizavel capaz de armazenar uma estrutura de dados de informacoes do edificio, e a tecnologia Geographic Information System (GIS) para suporte a banco de dados de mapas cartograficos. Delimitado o objeto de estudo ao processo de consulta aos indices urbanisticos do Codigo de Urbanismo da cidade de Joao Pessoa, essa pesquisa se propoe ao desenvolvimento de um prototipo capaz de gerar consultas automaticas a partir da localizacao de terrenos em ambiente GIS/Web e calculo de estimativa do potencial construtivo em ambiente BIM, a partir da topografia planimetrica de terrenos com geometria poligonal convexa. A metodologia de desenvolvimento foi finalizada com a aplicacao de um questionario como instrumento de coleta de dados para sua validacao com a participacao de estudantes de arquitetura matriculados em disciplinas de projeto. Os resultados apresentaram diferencas entre as tecnologias GIS e BIM quanto a capacidade de otimizacao do tempo de consulta utilizando o prototipo e consistencia na entrega de resultados. Apesar das limitacoes encontradas na sua implantacao as tecnologias apontaram diversas potencialidades enquanto ferramentas de suporte na tomada de decisoes projetuais a partir da visualizacao e compreensao das restricoes construtivas em seus ambientes digitais propostos.
  • PAULA DIEB MARTINS
  • O IMOBILIÁRIO E A REESTRUTURAÇÃO URBANA: a cidade de João Pessoa/PB no século XXI
  • Data: 29/07/2019
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa questiona quais as transformações e as relações existentes, no início do século XXI, entre a produção imobiliária - realizada por empresas de origem local - e a atuação do poder público no processo de produção do espaço intraurbano de uma realidade não-metropolitana e, também, de que modo elas repercutem na reestruturação do espaço urbano. A tese defendida é a de que a estrutura do aglomerado não-metropolitano sofre intensas transformações a partir da pactuação dos agentes imobiliários locais com o poder público para a valorização e a consolidação de novas áreas residenciais na cidade, as quais se complexificam, modificando a estrutura urbana baseada no modelo centro-periferia. Neste contexto, a localização torna-se uma mercadoria cada vez mais mobilizada e qualificada por aspectos abstratos, criados a partir de interesses, discursos e ações de determinados agentes urbanos. João Pessoa, cidade localizada no Nordeste brasileiro, caracterizada como uma realidade não-metropolitana, é o objeto empírico deste estudo por ter apresentado, nos últimos anos, intensa produção imobiliária realizada por empresas de origem e com atuação, predominantemente, locais. Deste modo, a pesquisa objetiva investigar e identificar as repercussões das transformações recentes da produção imobiliária e da atuação do poder público na reestruturação do espaço urbano da cidade entre os anos 2005 e 2015. Para tanto, inicialmente, foi realizada pesquisa bibliográfica acerca dos temas e objetos abordados e, em seguida, foi efetuada pesquisa documental em acervos da Prefeitura Municipal, cartórios de registros de imóveis, sindicato da construção civil e, também, em bases de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, do Ministério das Cidades e da Relação Anual de Informações Sociais. A obtenção de um extenso conjunto de informações - referentes aos estabelecimentos do setor imobiliário, ao Imposto de Transmissão de Bens Imobiliários, aos Registros de Incorporações e Registros Imobiliários, aos lançamentos imobiliários do mercado, entre outros – possibilitou a elaboração de gráficos, tabelas e mapas que revelaram processos e auxiliaram as discussões realizadas. Tais elementos possibilitaram a análise qualitativa do processo de produção do espaço e, por conseguinte, a confirmação da tese anunciada. Afirma-se que, a partir de meados da década de 2000, se iniciou uma profunda mudança no processo de estruturação do espaço intraurbano de João Pessoa, a qual abrange a redefinição da centralidade urbana na periferia como resultado direto da ação dos incorporadores imobiliários em busca de sobreganhos de localização.
  • BEATRIZ LEMOS CAVALCANTE DE CARVALHO SAN
  • A casa tropical contemporânea: um estudo sobre as estratégias de adequação da edificação ao clima
  • Orientador : CARLOS ALEJANDRO NOME SILVA
  • Data: 23/07/2019
  • Mostrar Resumo
  • O clima tropical e um dos mais abrangentes do territorio global, porem, a arquitetura nele produzida esta em um contexto onde ha a implantacao generalizada de tipologias que respondem a outros climas. O intercambio de informacoes, que faz resultar em tal cenario, se intensifica com o crescimento dos sites especializados, que tem maior capacidade de geracao de conteudo e de alcance territorial do que as revistas e livros. No archdaily.com dos 8892 projetos residenciais unifamiliares, publicados ate o ultimo trimestre de 2017, apenas 511 estao no clima tropical. Ou seja, nao chega a 6% da quantidade total. Alem da baixa representatividade de projetos tropicais na midia, isto nao significa que estes apresentam estrategias bioclimaticas condizentes. Dentro desta perspectiva, a presente pesquisa trata do estudo das estrategias de adequacao ao clima de casas contemporaneas no clima tropical, por meio da analise de projetos residenciais publicados no site de divulgacao de projetos arquitetonicos mais popular globalmente, o Archdaily. Faz-se isto com o objetivo entender como se configura o cenario da casa tropical contemporanea ao redor do planeta no que diz respeito as suas estrategias de adequacao ao clima. O desenvolvimento do estudo acontece em 3 etapas: preparacao do instrumento de coleta, com identificacao de estrategias mencionadas na literatura; a coleta de dados em que os projetos passam por uma filtragem onde apenas os que atendem a criterios determinados sao estudados em profundidade; e a analise de dados a partir do qual se tem o entendimento individual e comparativo dos objetos estudados. Nesta pesquisa, dos 511 projetos dentro do recorte, 35 passaram pelos filtros que expressam a preocupacao de adequar a arquitetura ao clima e de expor isto na sua divulgacao. Estes foram analisados com maior profundidade a fim de atender a todos os objetivos desta pesquisa. Os resultados mostram que ha caracteristicas que conectam os projetos analisados, porem, muitas das caracteristicas mais recorrentes nao sao exclusivas do clima em estudo, dificultando a identificacao de uma linguagem propria.
  • SILVIA REGINA MUNIZ MACEDO HENRIQUE DOS SANTOS
  • Instituto Moreira Salles/SP: O concurso, o processo e a caixa
  • Orientador : MARCIO COTRIM CUNHA
  • Data: 19/07/2019
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa partiu do interesse em compreender as diversas decisoes projetuais para um mesmo problema, sendo, o concurso, uma ferramenta adequada devido a sua riqueza contextual e ao potencial de informacoes associados a ele, dada a diversidade de alternativas apresentadas pelos concorrentes. O presente trabalho expoe a analise dos seis projetos submetidos ao Concurso do Instituto Moreira Salles/SP, tendo como objetivo identificar os principais argumentos projetuais de cada equipe, a partir das diferentes interpretacoes do edital com base no programa, na relacao com o contexto e na estrategia formal. Estes criterios foram definidos na matriz de analise desenvolvida nesta pesquisa, com base na investigacao do edital do concurso, no historico da instituicao promotora e apoiada na discussao teorica explanada neste documento, considerando os conceitos relativos a forma, lugar/contexto e programa. Pretende-se, com esta investigacao, contribuir para a discussao da producao e qualidade da arquitetura, trazendo algumas reflexoes pertinentes frente as diferentes posturas projetuais, que possam se constituir em um importante subsidio – geracao de conhecimento e fonte de pesquisa academica – para o desenvolvimento de projetos de arquitetura.
  • WYLNNA CARLOS LIMA VIDAL
  • Entre a face e a alma habitam as diferenças: Case Study Houses (EUA), Casas Paulistas e Cariocas (BR), Casas nosJardins do Pedregal (MX)
  • Data: 06/06/2019
  • Mostrar Resumo
  • A tese discute a repercussao do projeto da casa unifamiliar produzida nos Estados Unidos no periodo de 1945 ate o final dos anos 1960, no espaco latino-americano. Para tanto, toma como referencia os projetos desenvolvidos no ambito do programa californiano de casa experimentais Case Study House (CSH, 1945-1966) e os analisa em paralelo a projetos de casas realizadas no Brasil, particularmente nos estados de Sao Paulo e Rio de Janeiro e a projetos de casas realizadas no Mexico, particularmente construidas nos Jardins do Pedregal, na Cidade do Mexico. Partindo do pressuposto de que a diversidade de contextos – sociocultural, economico e tecnico – entre Estados Unidos, Brasil e Mexico tem repercussao na producao dos seus respectivos espacos domesticos, busca identificar, por um lado, que principios de projeto o espaco domestico difundido pelo programa CSH pode ter fornecido aos meios arquitetonicos brasileiro e mexicano, e por outro lado, verificar a natureza das adaptacoes realizadas nos dois paises mediante o processo de traslado e necessidade de acomodacao da referencia estadunidense as realidades locais. Do cotejamento entre aproximacoes e singularidades identificadas entre as amostras de casas paulistas e cariocas, bem como de casas construidas nos Jardins do Pedregal, comparativamente as Case Study Houses, resulta um quadro marcado pela mescla contraditoria de anseios de progresso, expresso de modo mais latente na aparencia externa de casas brasileiras e mexicanas (na ‘face’) e apegos a modos e valores tradicionais, expressos espacialmente no interior das casas (na ‘alma’), atributos que vistos em conjunto descrevem a atracao exercida pelo American way of life e os limites de sua recepcao nos contextos brasileiro e mexicano.
  • DEMÓSTENES ANDRADE DE MORAES
  • Entre a subcidadania e o direito à cidade. Estudos críticos sobre a urbanização de favelas no Brasil e as zonas especiais de interesse social (zeis) no RECIFE – PE
  • Data: 03/05/2019
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A presente Tese revela, a partir da recuperacao das experiencias pelo direito a cidade no mundo, pela urbanizacao e regularizacao das favelas no Brasil e pelas Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) no Recife, que as acoes diretas e institucionais, promoveram, predominantemente, o acesso a condicoes parciais de reproducao socioespacial, insuficientes para superar as condicoes persistentes de discriminacao, desigualdade e subcidadania, acentuadas pela predominancia das perspectivas neoliberais e conservadoras contemporaneas. Essa recuperacao teve no metodo dialetico o caminho de referencia a abordagem dos estudos e reflexoes, considerando o interesse em verificar as contradicoes e possibilidades das acoes pelos assentamentos precarios quanto a concepcoes relativas ao direito a cidade. Alem de analises de documentos e do tratamento a dados secundarios, foram realizadas, tambem, entrevistas com ativistas pela Reforma Urbana e pelo Direito a Cidade do Brasil e com lideres comunitarios das favelas do Recife para dar suporte a pesquisa e analises. Foi possivel constatar na Tese que, a despeito das condicoes estruturais e conjunturais desfavoraveis, parte das acoes e instrumentos das experiencias de urbanizacao e regularizacao de favelas e as iniciativas coletivas alternativos recentes pelo direito a cidade podem subsidiar acoes, instrumentos e instancias de cogestao (ou autogestao) com vistas a construcao de uma nova urbanizacao democratica, inclusiva e justa. Resta como desafio, articular oprimidos e insatisfeitos com a urbanizacao desigual e alienante, tendo a justica espacial, os bens comuns e autogestao como horizontes pelo direito a cidade.
  • EMMANUEL BRITO VON SZILAGYI
  • matéria, materialidade e significado na obra da arquiteta Lina Bo Bardi
  • Orientador : MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA
  • Data: 30/01/2019
  • Mostrar Resumo
  • Sob a perspectiva da semiotica francesa greimasiana que trata o texto como objeto de significacao gerador de sentido, e o Percurso Gerativo de Sentido (PGS) como seu mecanismo de analise, e que se dispoe a base teorica e metodologica desta pesquisa, cujo foco e analisar a presenca do concreto na obra da arquiteta Lina Bo Bardi. Para isso, foram selecionados dois objetos de estudo: o Museu de Arte de Sao Paulo Assis Chateaubriand (MASP, 1957) e o Servico Social do Comercio Unidade Pompeia (SESC Pompeia, 1986), ambos localizados na cidade de Sao Paulo - Brasil. A literatura sobre a obra de Lina indica que o uso do concreto nesses edificios tem produzido interpretacoes diferenciadas no transcorrer temporal e social, o que conduz a novos direcionamentos investigativos sobre as acoes e as possiveis relacoes praticadas pela arquiteta na selecao e utilizacao desta materia como elemento construtivo e decisivo na geracao de imagem e significado. Assim, o estudo propoe caracterizar as relacoes matericas construidas por Lina, possuindo como premissa sua producao criativa, alem das diversas publicacoes entre livros e periodicos. Na totalidade, serao priorizados dois autores em especifico: Olivia de Oliveira (2006) e Vera Luz (2014); o conjunto de tres periodicos: as revistas Habitat e Projeto e o jornal Folha de Sao Paulo; alem de textos significativos que trataram os objetos selecionados.
2018
Descrição
  • ALINE DA SILVA CAROLINO
  • Renovação ou Reprodução?
  • Orientador : NELCI TINEM
  • Data: 04/12/2018
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho se propoe a realizar um estudo comparativo entre a organizacao espacial dos projetos de apartamentos, no periodo de 1980-2016. Procura identificar as alteracoes e continuidades sofridas ao longo de mais de tres decadas. A pesquisa aborda o impacto do processo de verticalizacao, investigando a ligacao entre este e as modificacoes nas plantas tipo. Os edificios cujas plantas foram analisadas se situam no eixo da Avenida Epitacio Pessoa, que cruza a cidade de Joao Pessoa na direcao leste-oeste, no sentido mar-centro, permitindo ao longo do trajeto identificar diferentes tempos do processo de verticalizacao na cidade. A analise tem como base aspectos ligados as questoes funcionais do espaco (tendo como base o programa habitacional oferecido em cada projeto), as suas questoes dimensionais (areas totais, de setores e comodos dos projetos estudados) e a configuracao do espaco. Busca encontrar, a partir dos metodos adotados, padroes de repeticao no desenho das plantas que demonstrem certos valores da sociedade. Pretende-se realizar um mapeamento das edificacoes em altura no periodo estudado e criar uma base de dados para futuras pesquisas.
  • STHEFANE ADRIELLY BARBOSA CABRAL
  • Desenvolvimento e avaliação de ferramenta para análise de propriedades térmicas de envoltórias e apoio ao projeto arquitetônico
  • Orientador : CARLOS ALEJANDRO NOME SILVA
  • Data: 03/12/2018
  • Mostrar Resumo
  • E conhecido que a envoltoria de um edificio e responsavel pelo contato direto com as intemperies que o clima produz, alterando significativamente as sensacoes termicas no ambiente interno. Diante disso, ao iniciar um novo projeto de arquitetura, deve-se atentar as propriedades termicas dos materiais construtivos e como estes absorvem e transmitem o calor, para entao poder prever o comportamento termico dessa envoltoria. A utilizacao de ferramentas de modelagem computacional, auxiliam decisoes de projeto no que tange a integracao de estrategias projetuais aos parametros de desempenho termico do edificio. Atualmente, para o Brasil, estes parametros sao encontrados em duas normativas (NBR 15.575/2013 e NBR 15.220/2005). Isto posto, a presente pesquisa propoe desenvolver uma ferramenta, a partir de modelagem numerica que permita avaliar o desempenho termico e propriedades termicas em sistemas de vedacoes verticais opacas considerando os indicadores da NBR 15220 com estudo de caso para recomendacoes da Zona Bioclimatica 8. Com objetivo de integrar estrategias projetuais aos parametros de desempenho termico normativo brasileiro. Para isso, foi necessario a compreensao das propriedades de analise e fatores de influencia para gerar a proposicao do modelo numerico, aplica-lo a estudos piloto e grupos focais com arquitetos, e como resultado gerar a confirmacao do modelo numerico.
  • MIRELLI ALBERTHA DE OLIVEIRA GOMES
  • Os malucos de estrada e a apropriação do espaço público em João Pessoa-PB
  • Data: 30/11/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Popularmente identificados como hippies, os artesãos nômades, que se autodenominam malucos de estrada, expressam uma cultura que se desenvolve inteiramente na rua, mudam constantemente de uma cidade para outra e estabelecem-se como nômades. Em cada cidade que passam, ocupam os espaços públicos e criam a Pedra de Maluco, local onde desenvolvem o trabalho do artesanato juntamente com a construção do habitat. Esta pesquisa objetiva analisar a apropriação do espaço público – a Orla de Tambaú em João Pessoa – pelos sujeitos denominados malucos de estrada. Através da abordagem etnográfica e da cartografia da ação, observou-se que a Pedra de Maluco configura-se como um território (SOUZA, 2013; HAESBAERT, 2014), mais especificamente, um nanoterritório (SOUZA, 2013). Ainda que nada tenha de edificado, está preenchida de códigos, rastros e limites invisíveis, o que implica na modificação dos significados e das expressões do espaço e na construção da identidade e dos valores dos malucos de estrada, transformando a Pedra de Maluco em um Lugar. Além disso, a observação das situações naturais da escala micro dos malucos de estrada permitiu também entender não só a construção simbólica do território do artesão nômade, como também a cidade e seus processos urbanísticos – a escala macro das ações de higienização organizadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, Operação Verão e Turismo Sustentável, nas quais são realizadas fiscalizações intensas, apreensões de mercadorias e ameaças de retirada dos malucos de estrada da Orla de Tambaú.
  • KALINE ABRANTES GUEDES
  • INVENTÁRIOS DE ARQUITETURA MODERNA NO BRASIL: DESNATURALIZANDO UMA PRÁTICA ESTABELECIDA
  • Data: 19/11/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Refletir sobre os fundamentos teóricos e os instrumentos que orientam a prática e a produção de inventários de arquitetura moderna no Brasil é o principal objetivo deste trabalho de doutoramento. O foco do trabalho centra-se na análise das bases sobre as quais os inventários de arquitetura, em geral, foram construídos e como seguem sendo construídos os modernos. Para tanto, estão sendo identificados, localizados, coletados e analisados os variados inventários de arquitetura moderna produzidos no país. Aproximando-se das lições historiográficas de De Certeau (1974), interessa entender: qual seria o lugar a partir do qual se instauram os métodos para elaboração desses inventários; que documentos e questões têm sido privilegiados para a elaboração desses registros; quais têm sido negligenciados (não-ditos). Interessa saber quais seriam as especificidades de um inventário moderno, de uma produção arquitetônica experimental que propunha romper paradigmas e utilizava os avanços tecnológicos no limite, qual é a importância do projeto de arquitetura e dos conceitos modernos de “flexibilidade”, “transparência”, “relação exterior/interior” e similares. Interessa ainda analisar a extensão da importância do modelo Docomomo ou dos modelos aplicados a produções arquitetônicas precedentes e como estão sendo contempladas as discussões e os estudos teóricos recentes sobre temas correlatos. No Brasil, o inventário se consolida oficialmente como instrumento de preservação apenas na década de 1980, através do art. 216, §1º da Constituição Brasileira de 1988, onde consta que “o Poder Público, com a colaboração da comunidade, promoverá e protegerá o patrimônio cultural brasileiro, por meio de inventários, registros, vigilância, tombamento e desapropriação, e de outras formas de acautelamento e preservação” (BRASIL, 2004). Para Prudon (2008, p. 23), a preservação da arquitetura moderna tem peculiaridades e uma das distinções fundamentais entre essa “e a de produções tradicionais está na necessidade de substituição extremamente acelerada – e em todas as questões filosóficas que isso engendra”. Qual seria então o papel do inventário moderno nesse processo e como esse instrumento de preservação e documentação poderia contemplar essas peculiaridades para atuar na preservação dos exemplares dessa produção arquitetônica? Faz-se necessário pensar e repensar o papel dos inventários na escrita da história, seus objetivos e seus métodos, de forma a avançar na produção do conhecimento, avaliando-o constantemente, enfrentando novos problemas, incluindo novos questionamentos e alimentando as desconfianças.
  • FERNANDA DE CASTRO FARIAS
  • As expressões da modernidade no Brasil: a disseminação nacional e o lugar da arquitetura associada ao termo Art Déco
  • Orientador : NELCI TINEM
  • Data: 29/10/2018
  • Mostrar Resumo
  • Nas decadas de 1930 e 1940, conviviam na cena arquitetonica do Brasil, exemplares tao distintos como os ecleticos, os neocoloniais, os Art Deco e as primeiras experiencias da arquitetura moderna. A producao Art Deco distinguia-se tanto das propostas neocoloniais quanto dos pioneiros modernos, em um periodo marcado pelas tentativas de definicao de uma linguagem arquitetonica que representasse a modernidade. A partir de uma leitura contemporanea sobre esta producao busca-se investigar como a arquitetura Art Deco foi e vem sendo lida pelas pesquisas academicas para mapear o estado da arte da documentacao sobre esta tematica no pais e registrar os exemplares documentados, com o objetivo de identificar os modos e meios de disseminacao da arquitetura Art Deco, bem como a extensao da producao, atraves de uma pesquisa historica. A investigacao fundamenta-se em duas fontes de pesquisa: a Enciclopedia dos Municipios Brasileiros, editada pelo IBGE entre os anos de 1957 e 1964 e a narrativa recente desenvolvida no ambito da pos-graduacao, a partir dos anos 1990. Para atingir os objetivos propostos, procedeu-se a analise das pesquisas que tem como foco a producao Art Deco e que abordam temas distintos em diversas cidades do pais. Nesta amostragem foram analisados 06 livros, 03 teses de doutorado, 07 dissertacoes de mestrado e 12 artigos. Somou-se a analise das pesquisas academicas, a identificacao da producao deco construida, um total de 6.303 exemplares selecionados documentos na Enciclopedia dos Municipios brasileiros. Com base nessa analise e nos edificios identificados sera construido um mapa, localizando os municipios em que ha edificacoes deste tipo, que dara visibilidade a producao. A construcao deste mapa permite visualizar a extensao dessa arquitetura pelo pais e dar uma nocao do estado da arte da producao academica, acerca do Art Deco no Brasil. Com base nesse mapeamento e possivel organizar uma linha de raciocinio sobre como as pesquisas documentam e analisam esta arquitetura no pais. O mapeamento mostra o que ja foi documentado, ratifica o alcance desta producao e lanca hipoteses sobre as fontes da disseminacao desta producao que serao aprofundadas nesta tese.
  • DANIEL AUGUSTO DE MOURA PEREIRA
  • Desenvolvimento de ferramentas para predição de isolamento do ruído de impacto em edificações de pavimentos múltiplos com laje nervurada
  • Data: 28/09/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A Norma Brasileira Registrada 15575/2013 estabelece novos padroes de qualidade para a construcao de edificios habitacionais, entre eles, os requisitos para a construcao do sistema de pisos, a fim de se verificar o isolamento acustico do sistema do piso entre unidades autonomas. Um dos entraves encontrados para o cumprimento dos novos requisitos relativos ao conforto acustico nas edificacoes esta justamente no alto custo dos testes de ruido de impacto entre unidades autonomas, haja vista que o atual procedimento e caro e logisticamente trabalhoso diante das multiplas variaveis de cada projeto arquitetonico. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa foi desenvolver um metodo confiavel e de baixo custo que estimasse a capacidade de amortizacao do sistema de piso ao ruido de impacto em edificacoes de multiplos pavimentos com laje nervurada. Para isso, foram realizados 44 testes de ruido de impacto em campo e 23 testes de ruido de impacto que simulavam situacoes de campo em camaras acusticas de um laboratorio. Dos resultados dos estudos de campo foi possivel, a partir de analises de regressao linear multipla, gerar um modelo estatistico, com intervalo de confianca de 95%, preditor de L´nT,w para edificios de multiplos pavimentos com lajes nervuradas. Complementarmente, a fim de otimizar a rotina de calculo do modelo preditor do L´nT,w para edificios de multiplos pavimentos com lajes nervuradas, foi desenvolvido o “Simulador de L´nT,w”, um software na linguagem C Sharp (C #) e compilado no Microsoft Visual Studio 2017. Dos resultados de simulacao de campo em laboratorio, foi constatado que e possivel correlacionar testes de campo e de simulacao de campo em laboratorio, com caracteristicas semelhantes, adicionando uma margem de erro de +3dB e que ha diferencas nos valores de L´nT,w de ate +5dB entre realizar testes de ruido impacto com amostras de tamanho pequeno (1m2) e com piso inteiro (6,92m2). Foi desenvolvida ainda uma equacao para corrigir o valor superstimado de L´nT,w de amostras de tamanho pequeno quando comparadas com as de L´nT,w de piso inteiro, o que indica a correlacao entre estes dois tipos de testes.
  • THUANY GUEDES MEDEIROS
  • Nos bastidores da cidade: a relação entre atores na fabricação do Altiplano ‘nobre’ em João Pessoa-PB
  • Data: 31/07/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O Bairro Altiplano Cabo Branco permaneceu com uma série de restrições quanto ao seu adensamento desde sua criação até a aprovação do Decreto Municipal nº 5.844 de 2007, no qual foi criada uma Zona Adensável Prioritária (ZAP) em parte de sua área, devido à forte pressão dos promotores imobiliários e da construção civil sobre os órgãos públicos. A delimitação da ZAP tem reconfigurado o bairro, outrora predominantemente residencial unifamiliar, visto que os promotores imobiliários estabeleceram como público alvo uma parcela mais abastada da sociedade, originando uma área conhecida como Altiplano “Nobre” – termo largamente explorado pelo marketing de vendas. Esse processo culminou em uma forte especulação imobiliária e mudança dos tipos arquitetônicos construídos, gerando impactos sociais, econômicos e ambientais. No entanto, tais repercussões não resultam sem contradições, uma vez que, as autoridades responsáveis, ao mesmo tempo em que alteram significativamente a paisagem do Bairro, são omissas em relação ao destino dos espaços públicos nesse setor. Essa pesquisa tem como recorte espacial o Altiplano “Nobre” e como objetivo principal identificar as relações entre os atores envolvidos na sua fabricação. A que parâmetros os espaços fabricados atendem? Quem são e como agem os atores no bairro? Como os atores envolvidos nesse processo de radical alteração se articulam? Lança-se mão de métodos que aproximam as dimensões espacial e social dessa problemática.
  • MOISÉS FERREIRA DA CUNHA JÚNIOR
  • Intervenções Urbanas em Waterfronts: Produção e apropriação do espaço público contemporâneo, o caso do Projeto Porto Novo Recife-PE
  • Data: 31/07/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A relação entre a cidade, seus portos e as frentes de água sempre foi bastante próxima. No contexto do Recife, sendo determinante para formação, expansão e desenvolvimento econômico da cidade. Contemporaneamente, após largo período de decadência dessas áreas, vemos uma tendência crescente de propostas de intervenção que ‘’reinventam’’ a imagem das cidades (ou de parcelas específicas da mesma), convertendo seus usos para atividades ligadas, principalmente ao turismo, ao entretenimento e a grandes centros de alta tecnologia, o que tende a revalorizar esses territórios e seu entorno imediato. Esta pesquisa trata especificamente da intervenção urbana realizada no waterfront do Bairro do Recife com o Projeto Porto Novo Recife, observando a dinâmica recente de produção do espaço urbano, a partir de uma lógica banalizada de reordenamento territorial que tende conceber espaços funcionalmente especializados através da reprodução de espacialidades similares com pouca complexidade. São elementos que seguem uma tendência de mercantilização e simplificação da paisagem urbana, em concordância ao processo de urbanalização. O objetivo central é analisar, caracterizar e experienciar a intervenção urbana no objeto de estudo, transitando entre as estratégias projetuais de concepção, como nas formas de uso e apropriação do espaço público atual. O método consiste na junção entre reflexão teórica, análise documental e análise física do espaço, apoiados em uma abordagem etnográfica que nos permitiu aproximar das questões comportamentais, sociabilidades e dos conflitos presentes no espaço público contemporâneo.
  • RAPHAEL ALBUQUERQUE DOS SANTOS
  • O novo Açude Velho: a produção de empreendimentos habitacionais no centro de campina Grande – PB (1990-2017)
  • Data: 27/07/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Este trabalho investigou a especulação e valorização na área central de Campina Grande - PB e suas repercussões na estrutura urbana e na paisagem desta parte da cidade, que passou por um intenso processo de transformação nos últimos anos, por meio, sobretudo, de empreendimentos habitacionais multifamiliares de alto padrão no entorno do Açude Velho, uma antiga área que teve uma concentração de fábricas e residências implantadas nos diferentes períodos do século XX. Na atualidade, os investimentos imobiliários passaram a configurar uma nova frente de expansão do capital financeiro, sendo atrativo investir nos centros das médias e grandes cidades, sobretudo nas áreas centrais e seus vazios industriais, como é o caso do entorno do Açude Velho. Evidenciamos as estratégias de especulação e comercialização imobiliária, que aliadas à economia de mercado, vem especializando trechos da cidade para atividades de lazer, cultura, turismo, inovação, tecnologia e habitação de alto padrão. Por fim, com auxílio das análises anteriormente levantadas, busca-se compreender a transformação da paisagem urbana da área de entorno do Açude Velho.
  • MAYARA CYNTHIA BRASILEIRO DE SOUSA
  • Desejo por conforto térmico: estratégias adaptativas e modelos preditivos no Semiárido Paraibano
  • Data: 13/07/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • As condicoes de conforto de um determinado ambiente atuam diretamente no modo como os usuarios usam, percebem e interagem com o espaco, refletindo na saude, produtividade e no bem estar dos mesmos. Baseado nisto, nas ultimas decadas tem sido propostos indices para quantificar e qualificar as condicoes desejaveis de conforto termico ao ser humano, se destacando dois tipos, os que se baseiam no balanco de calor e os que associam o conforto as estrategias adaptativas. Estes dois modelos se contrapoem em suas bases teoricas e praticas, sendo alvo de diversos estudos comparativos, que vem observando incongruencias em suas aplicacoes em situacoes adversas das quais foram calculados. Nao incomum e a associacao destas incoerencias as ambiencias termicas aos quais as pessoas estao habituadas, podendo ser estas condicoes naturais ou condicionadas artificialmente (CA). Neste contexto, este trabalho analisa as sensacoes, percepcoes e preferencias de pessoas com historicos termico distintos, provenientes de diversas regioes do pais, mas que se encontravam no semiarido paraibano, especificamente na cidade de Campina Grande, durante os meses mais quentes e mais frios de 2017. Foram aplicados 583 questionarios divididos em ambientes ventilados naturalmente (VN) e CA, enquanto as variaveis ambientais: temperatura do ar, temperatura de globo, umidade relativa e velocidade do ar eram aferidas. Das 20 perguntas que compoem o questionario da estacao quente, 12 foram parcialmente analisadas e apontaram por uma preferencia por ambientes frios para se atingir o conforto termico, se opondo a ideia que a neutralidade termica e necessaria e corroborando com a teoria que as pessoas tendem a sensacoes frias em cidades quentes. Tambem se observou que a percepcao, preferencia termica e preferencia por metodo de resfriamento e influenciada pela frequencia de exposicao a ambientes CA e espacos externos. Para a predicao do conforto, o indice que obteve o melhor resultado foi o Predicted Mean Vote com sua extensao para climas quentes, tanto em situacao VN quanto CA, independente da regiao onde reside o entrevistado. Foi detectada uma linha de tendencia linear para a temperatura do ar e temperatura operativa com as sensacoes e preferencias termicas, enquanto nao se observou nenhuma tendencia com a SET. Foram encontradas pessoas em conforto, sem controle ambiental, a temperaturas operativas superiores a 25,5°C e com velocidade do ar superior a 1m/s, tal achado sugere uma maior aceitabilidade a velocidades altas em ambientes de lazer. Alguns resultados parciais tiveram amostras estatisticamente pouco significativas, entretanto com a adicao dos dados provenientes da estacao fria sera possivel fazer mais analises e obter resultados expressivos.
  • GIANNA MONTEIRO FARIAS SIMÕES
  • CONFORTO E ADAPTAÇÃO ESPACIAL E INDIVIDUAL EM CONJUNTOS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL: Estudo em João Pessoa-PB
  • Data: 12/07/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Diante do projeto da Habitacao de Interesse Social (HIS), que nao leva em consideracao os diversos perfis familiares e as maiores necessidades dos residentes, o usuario se ve “forcado” a realizar modificacoes espaciais como insercoes, trocas de esquadrias, e ampliacoes; ou utilizar estrategias de conforto como usar o ventilador, dormir na sala, permanecer em area externa, dentre outros. No entanto, percebe-se que, nem sempre, tais modificacoes nas habitacoes resultam em solucoes adequadas, pois, muitas vezes, nao sao considerados aspectos de conforto ambiental. Assim, a presente pesquisa objetivou caracterizar o padrao de uso e ocupacao em habitacoes de interesse social, com foco na adaptacao dos usuarios e no conforto e salubridade, tendo como objeto de estudo dois conjuntos habitacionais de interesse social - Gadanho e Timbo – situados em Joao Pessoa/PB, onde foi investigada uma amostra com 99 unidades (para cada unidade um usuario foi entrevistado). Foram utilizadas tres categorias como metodologia de analise de desempenho: adaptacao espacial (reformas realizadas nas habitacoes), adaptacao comportamental (estrategias de conforto dos individuos), e condicoes termicas (interior da habitacao). Foi realizada uma comparacao entre as caracteristicas das unidades originais e reformadas, com estudo das adaptacoes, alem de um confrontamento com a percepcao dos usuarios sobre o nivel de satisfacao quanto ao conforto termico da moradia e aos elementos motivadores das reformas realizadas. Os resultados da pesquisa evidenciam que ha uma tendencia de ocupacao total do lote na qual, praticamente, toda a amostra alterou as caracteristicas da habitacao, principalmente, com diversas ampliacoes, sendo poucos os casos de casas originais. A maior parte das intervencoes nas unidades contribuiu para uma perda na habitabilidade, especialmente nas casas do terreo, ja que as de pavimento superior apresentam maior dificuldade para ampliacao, por isso recorrem a instalacao de complemento de coberta (ampliacao aberta). As intervencoes impactam na habitabilidade devido ao grande numero de ampliacoes, retiradas de esquadrias e confinamentos de ambientes (ambientes com mofo, umidade excessiva, sem ventilacao, escuros); alem de causar problemas respiratorios. Por fim, constatou-se um desempenho termico insatisfatorio dos moradores devido ao calor, consequentemente, utilizam como principal estrategia para amenizar as condicoes adversas no interior dos ambientes, o uso do ventilador. A pesquisa faz um alerta a importancia da necessidade de maior investimento na qualidade da HIS, especialmente em relacao a salubridade e economia de energia. As intervencoes nas habitacoes sao recorrentes e nao podem ser desconsideradas.
  • BARBARA LUMY NODA NOGUEIRA
  • Conforto térmico, percepção e reação de trabalhadores ao ambiente térmico em escritórios condicionados artificialmente no contexto do clima quente e úmido
  • Data: 16/04/2018
  • Mostrar Resumo
  • O conforto e a qualidade ambiental estao entre as condicoes necessarias para promover a saude, a seguranca e a produtividade dos trabalhadores. Nesse contexto, observa-se atualmente que grande parte dos ambientes de trabalho, principalmente nos meios urbanos, tem ampliado o uso do condicionamento artificial para garantir as condicoes de conforto termico – a despeito das condicoes climaticas do meio externo. A questao colocada a partir deste fato aborda os parametros adotados no ajuste do sistema de climatizacao e o atendimento as necessidades de conforto dos usuarios de uma cidade com clima quente e umido. Trata-se de um estudo de caso de um edificio institucional, com ambientes de escritorios cujo controle termico e realizado exclusivamente por sistema de ar condicionado, localizado na cidade de Joao Pessoa – PB. As variaveis ambientais – temperatura do ar, umidade relativa, velocidade do ar e material particulado – de 136 postos de trabalho foram monitoradas ao longo de um mes ininterrupto no ano de 2016, e, paralelamente as medicoes tecnicas, foram aplicados questionarios com os respectivos usuarios quanto aos votos de sensacao e preferencia termica. Adicionalmente, sao exploradas as acoes de adaptacao dos ocupantes para sua adequacao as condicoes do ambiente termico percebido no seu espaco de trabalho. Os resultados demonstraram que, enquanto a temperatura operativa media foi de 22,81°C, os votos dos ocupantes indicaram como temperatura de neutralidade termica o intervalo entre 22,5°C e 23,5°C, demonstrando que o sistema de climatizacao, embora seja adotado para diminuir o desconforto por calor, acarreta desconforto por frio. Ainda que o sistema objetive a uniformizacao das condicoes termicas no ambiente interno, foram verificadas oscilacoes nas condicoes entre os postos individuais, atingindo a diferenca de ate 5,46°C. Destaca-se no estudo o fato dos ocupantes procurarem modificar o ambiente e fazer o ajuste que julgam necessario para compensar as condicoes termicas menos favoraveis, adotando primordialmente as acoes mais acessiveis e vinculadas as condicoes pessoais, especialmente as adaptacoes da vestimenta. Foi verificada ainda a relevancia estatistica da associacao dos votos de satisfacao com a temperatura com as acoes de adaptacao.
  • NATALLIA DA SILVA AZEVEDO
  • Entre conceber e construir. Experiência da arte site specific em Inhotim
  • Orientador : SONIA MARIA DE BARROS MARQUES
  • Data: 25/01/2018
  • Mostrar Resumo
  • A principio uma questao bem simples: quando a obra de arte deixa de ser um objeto a ser observado para ser o emolduramento de uma situacao, quando um museu encomenda uma obra artistica e recebe como resultado algo categorizado como galeria, uma tipologia da arquitetura. Enfim, trata-se do tema desta dissertacao que atraves da analise de obras site specific representativas no Inhotim busca identificar caracteristicas, estrategias e definicoes sobre a colaboracao entre os campos da arte contemporanea e da arquitetura expressos na relacao artista e arquiteto desde a concepcao ate a construcao da obra.
  • MONIQUE GRAZIELLA DE MEDEIROS RIBEIRO MAIA
  • Hotel Internacional dos Reis Magos: Quais os Obstáculos à sua Conservação?
  • Data: 24/01/2018
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa, cujo objeto de estudo é o Hotel Internacional dos Reis Magos em Natal/RN, importante exemplar da arquitetura modernista no estado, decorre de debates que emergiram ainda durante a atuação profissional da autora junto à superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Estado do Rio Grande do Norte (IPHAN/RN), nos anos de 2013 e 2014. Em 2013, a imprensa local divulgou amplamente a pretensão do proprietário do hotel em demoli-lo para construir um novo centro comercial e hoteleiro naquele local. Diante desta possibilidade, entidades e grupos sociais mobilizaram-se a fim de impedir essa ação. O Instituto dos Amigos do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural e da Cidadania (IAPHACC) solicitou a Fundação Cultural Capitania das Artes (FUNCARTE), a Fundação José Augusto (FJA) e ao IPHAN/RN, órgãos de preservação municipal, estadual e federal respectivamente, o tombamento da edificação, que com quase vinte anos de abandono, encontrava-se em processo de arruinamento. Diante da tensão gerada em torno da possibilidade de demolição ou conservação, e da ampliação das discussões sobre qual deveria ser o seu destino, diversos argumentos passaram a reverberar, principalmente através da imprensa local, que praticamente transformou a narrativa do hotel, num folhetim diário. E é a partir destas discussões, que surge a questão desta pesquisa: Quais os obstáculos à conservação do Hotel Internacional dos Reis Magos? O objetivo é analisar os argumentos dos principais atores envolvidos nessa narrativa e fazer emergir os obstáculos à conservação do hotel, para fomentar a discussão que certamente não proverá respostas operacionais, mas poderá indicar caminhos para superá-los.
2017
Descrição
  • PAULA AUGUSTA ISMAEL DA COSTA
  • NAS TRINCHEIRAS DO URBANO: O “abandono” e degradação na Rua das Trincheiras, João Pessoa-PB
  • Data: 18/12/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O contato inicial com a problemática do “abandono” e degradação de imóveis localizados no Centro Histórico de João Pessoa ocorreu em 2011, quando era parte do quadro técnico do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP). Através da familiarização com os edifícios listados como “em situação de risco” pelo processo administrativo no 0178/2006/IPHAEP, foi desvelada uma contradição: o precário estado de conservação da maioria destes imóveis era agravado em detrimento desta iniciativa do IPHAEP. Ao sistematizar dados obtidos em incursões acadêmicas sobre o tema, a Rua das Trincheiras despontou-se como uma área onde o arruinamento de seus imóveis é intensificado. A partir desta análise, delimitou-se esta via como recorte espacial e foi formulado como objetivo desta pesquisa compreender a instauração e a persistência do processo de “abandono” e degradação neste local. Para atingi-lo, recorreu-se à análise do espaço urbano de matriz marxista-lefebvriana, o qual considera a cidade capitalista como um produto social engendrado pelas práticas de agentes urbanos. Estas, por sua vez, originam processos espaciais como a descentralização urbana que, ao rearranjar espacialmente o território, altera a própria dinâmica da cidade. Partiu-se do pressuposto de que, ao desconcentrar uma série de atividades e funções da Área Central de João Pessoa, a descentralização promoveu profundas transformações em seus conteúdos espaciais e sociais, originando a problemática aqui investigada. Em paralelo a esse impetuoso processo espacial, foi sancionado o tombamento do Centro Histórico pelo IPHAEP em 1982 que também tem implicações nas práticas e estratégias dos agentes urbanos. Diante dessas considerações, surgiram os seguintes questionamentos: Como a expansão urbana de João Pessoa e a subsequente descentralização contribuíram para a instauração do processo de “abandono” e degradação na Área Central e na Rua das Trincheiras? Quais os principais fatores que contribuem para a persistência e manutenção de tal processo nesta via? Quais as implicações do tombamento e da política de atuação do IPHAEP em relação a problemática? Para respondê-los, procedemos análises da produção do espaço urbano da Rua das Trincheiras desde sua formação como locus urbano, o que nos permitiu emergir fatores relevantes para a instauração do processo em distintos momentos do local e da cidade. Para refletir acerca das implicações do tombamento, foram eleitos 06 imóveis localizados na Rua das Trincheiras como objetos empíricos para maior aprofundamento da análise. Através de pesquisas documentais em registros fotográficos, matérias de jornais, processos administrativos e ações judiciais, revelamos uma série de embates e conflitos entre o IPHAEP e os responsáveis pelos edifícios (proprietários, promotores imobiliários, locatários, dentre outros) que, por seu turno, recorrem a práticas e estratégias para promover seus interesses. Também foram identificadas falhas de gestão do Instituto, resultando na impunidade dos responsáveis e perpetuando – ou, ao menos, não solucionando – o “abandono” e degradação destes edifícios. Por fim, avalia-se que a análise do espaço urbano em diversos níveis e escalas, considerando a relação dialética entre espaço/sociedade, possibilitou a compreensão do fenômeno na Rua das Trincheiras e respondeu aos questionamentos e inquietações iniciais. problematica? Para responde-los, procedemos analises da producao do espaco urbano da Rua das Trincheiras desde sua formacao como locus urbano, o que nos permitiu emergir fatores relevantes para a instauracao do processo em distintos momentos do local e da cidade. Para refletir acerca das implicacoes do tombamento, foram eleitos 06 imoveis localizados na Rua das Trincheiras como objetos empiricos para maior aprofundamento da analise. Atraves de pesquisas documentais em registros fotograficos, materias de jornais, processos administrativos e acoes judiciais, revelamos uma serie de embates e conflitos entre o IPHAEP e os responsaveis pelos edificios (proprietarios, promotores imobiliarios, locatarios, dentre outros) que, por seu turno, recorrem a praticas e estrategias para promover seus interesses. Tambem foram identificadas falhas de gestao do Instituto, resultando na impunidade dos responsaveis e perpetuando – ou, ao menos, nao solucionando – o “abandono” e degradacao destes edificios. Por fim, avalia-se que a analise do espaco urbano em diversos niveis e escalas, considerando a relacao dialetica entre espaco/sociedade, possibilitou a compreensao do fenomeno na Rua das Trincheiras e respondeu aos questionamentos e inquietacoes iniciais.
  • CLARISSA DE ANDRADE QUEIROZ
  • Reconstituição de pedra atérmica com uso de resíduo da extração de quartzito para aplicação como revestimento de fachada em edifícios
  • Data: 18/12/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O quartzito e uma rocha ornamental utilizada para produzir revestimentos aplicados em fachadas residenciais, jardins, pavimentacao de patios, calcadas, saunas e piscinas. E uma rocha porosa, possui baixa absorcao de agua e e atermica, tambem conhecida como “pedra fria”. Quando utilizada como revestimento externo, pode contribuir para o conforto termico do ambiente, uma vez que ao receber a radiacao solar, possui baixa propagacao dessas ondas de calor, influenciando na inercia termica da construcao. Alem do conforto ambiental que pode ser agregado a edificacao com a utilizacao do quartzito, existe tambem uma questao ambiental relacionada ao impacto da extracao da rocha devido a geracao de residuos. O objetivo dessa pesquisa e desenvolver um composito que compatibilize a reciclagem do residuo da extracao de quartzito com uma aplicacao como revestimento externo no projeto de edificios, que aproveite a caracteristica atermica do material, de modo a agregar desempenho termico na sua destinacao final, significando ao mesmo tempo uma reducao dos impactos no meio ambiente natural e uma contribuicao positiva para o ambiente construido. O metodo utilizado para aproveitamento desse residuo e aplicacao no ambiente construido foi o de pedras reconstituidas, atraves do composito com residuos de po de pedra e resina. No decorrer da pesquisa foi possivel constatar que e possivel desenvolver uma pedra reconstituida com propriedades termicas e mecanicas ainda melhores do que o quartzito in natura. No aspecto termico, a pedra proposta possui menor condutividade termica comparada com o quartzito, que ja tem a caracteristica de ser uma rocha atermica. Sobre o comportamento mecanico da pedra proposta, nos ensaios de compressao uniaxial e flexao por carregamento em tres pontos, a pedra reconstituida superou a resistencia do quartzito e de outras rochas ornamentais.
  • ALAN NÓBREGA DANTAS DE ARAÚJO
  • Uso de realidade aumentada como auxílio para concepção de projetos arquitetônicos a partir de modelos BIM
  • Data: 15/12/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta dissertacao analisa formas de como tecnologias de Realidade Aumentada podem auxiliar no processo de desenvolvimento de projetos arquitetonicos em ambiente de atelie de Projeto. Busca identificar, caracterizar e compreender as vantagens, desvantagens; dificuldades e potenciais no uso da RA sob aspectos de uso de hardware, software; do uso durante o processo de concepcao arquitetonica e da aceitacao dos alunos. Tecnologias de Realidade Aumentada (RA) estao em constante desenvolvimento, mas ainda pouco exploradas quanto a seus beneficios e potenciais e especialmente aplicadas na Industria AEC para concepcao de projetos arquitetonicos no ensino de graduacao. Alem disso, a constante necessidade de aperfeicoar ou mesmo substituir processos de desenvolvimento de projeto e amplamente debatida e colocada em pratica. Neste contexto, estas relativamente novas formas de apresentacao em RA podem ter seu uso explorado sob aspectos de possibilidades, demandas e potenciais em diversas areas e trabalhar-se no ambiente de ensino voltado a arquitetura torna-se fundamental. Aplica-se esta dissertacao em um ambiente de ensino de arquitetura e desenvolve-se em tres disciplinas de: Modelagem e Prototipagem (disciplina inserida no PPGAU); Projeto IV (tambem utilizada como estagio docencia do autor desta pesquisa) e Modelagens 3D (disciplina inserida na graduacao de Arquitetura e Urbanismo – UFPB). Em todos os casos o orientador desta pesquisa tambem se fez presente como professor das disciplinas em questao. Como forma de uma pesquisa de natureza aplicada e com objetivo de pesquisa exploratorio e experimental, desenvolve-se sete estudos de caso (EC) e posterior experimento final, objeto principal desta pesquisa. Nos dois primeiros EC, explora-se o funcionamento de aplicativos, dispositivos moveis e limites das ferramentas e situacao3 ideal de iluminacao e leitura de marcadores; dois deles testam o uso de RA e/ou BIM em ambiente de desenvolvimento de projeto arquitetonico e, nos tres finais, analisa-se novamente as ferramentas em prol de buscar solucoes adequadas aos problemas encontrados em atelie de projeto. O BIM, no interesse desta pesquisa (que considera apenas os aspectos tangiveis ao desenvolvimento do modelo 3D com informacoes atreladas a ele) e tratado como uma base que possa ser utilizada no contexto de RA de maneira que agregue valor ao contexto de projetos arquitetonicos. Apos o desenvolvimento dos ECs, adaptou-se, para experimentacao final, diversos pontos considerados como dificuldades em fim de utilizar-se da RA de uma forma mais adequada nas fases de elaboracao de projetos arquitetonicos. Neste momento, os alunos seguem protocolos para desenvolvimento e apresentacao de seus projetos no que tange o uso de equipamentos e softwares em ambiente com aspectos pre-estabelecidos. Observa-se desde o momento de orientacao dos alunos junto ao professor ate a apresentacao e visualizacao dos resultados obtidos. Da-se a compreensao dos resultados de maneira qualitativa a partir de uma sucessao de analises de procedimentos testados nos estudos de caso como observacoes diretas e investigacoes individuais e, para experimentacao final, segue-se por momentos de observacoes diretas, analises de questionarios e discussao final em grupo focal. Na coleta de dados final, apontam-se vantagens e desvantagens, bem como potenciais e dificuldades atuais no uso das ferramentas de RA durante o processo de concepcao de projetos. Conclui-se como completamente viavel a utilizacao da RA, neste contexto, desde que adaptada e sigam-se protocolos que tornem seu uso adequado para uma utilizacao mais fluida por parte dos alunos.
  • ANA MARIA KLÜPPEL PEREIRA GAIÃO
  • A produção do espaço público contemporâneo e as formas de apropriação: o Parque Sólon de Lucena, João Pessoa-PB
  • Data: 14/12/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa tem por objetivo analisar a producao de espacos publicos urbanos e as formas de uso e apropriacao da populacao, tendo como objeto de analise o Parque Solon de Lucena. Este espaco livre publico e o segundo parque urbano mais antigo da cidade de Joao Pessoa, capital da Paraiba. Esta situado no perimetro da poligonal de tombamento estadual da cidade, e um dos locais de maior atracao e circulacao de pessoas e possui relevancia simbolica para os moradores locais. Entre os anos de 2014 e 2016, passou por um processo de requalificacao cujas transformacoes foram o mote para que este trabalho se desenvolvesse. A luz da etnografia urbana, procura-se descortinar as conexoes e dissociacoes dos usos propostos, percebidos e praticados, bem como conectar a realidade do objeto de estudo com as teorias de Lefebvre, Serpa e Certeau, entre outros, sobre a producao e apropriacao dos espacos publicos. A partir desta matriz teorico - metodologica, o corpus de pesquisa analisado revelou que as estrategias de requalificacao empreendidas no espaco dito “Lagoa”, promoveram por um lado, uma imagem do Parque ainda mais voltada para o carater turistico e cultural, enquanto cartao postal da cidade, e por outro, atraves dos novos equipamentos e atividades, ampliaram o uso e a apropriacao diversificada por parte da populacao. Esse processo acontece em meio a contradicoes e conflitos cotidianos proprios da relacao publico/privado do espaco urbano contemporaneo.
  • PABLO RAPHAEL DE LACERDA FERREIRA
  • Contribuição do cobogó de terra crua nas condições higrotérmicas dos ambientes internos na edificação
  • Orientador : ALUISIO BRAZ DE MELO
  • Data: 07/12/2017
  • Mostrar Resumo
  • Com a intensificacao da urbanizacao, a crescente demanda por materiais utilizados na construcao das edificacoes nas cidades passou a ser atendida por processos de producao em larga escala, utilizando-se de alto consumo de energia. Alem disso, as edificacoes, nem sempre com solucoes adequadas para o conforto ambiental, passaram tambem a demandar mais energia para climatizacao dos espacos interiores. Portanto, o uso de materiais industrializados nas edificacoes nao garante a qualidade no ambiente construido, mas certamente esta relacionado a grandes impactos no meio ambiente. Nas construcoes com terra crua, alem da possibilidade de minimizacao destes impactos ambientais, seja no processo de fabricacao dos componentes com baixa energia incorporada, seja no descarte de seus residuos facilmente reabsorvidos pela natureza, pode favorecer um melhor rendimento energetico durante o uso da edificacao. Neste contexto, esta pesquisa busca caracterizar o elemento vazado proposto com uso de terra crua comprimida estabilizada com cimento Portland, quanto a sua capacidade higrotermica, auxiliando no condicionamento do ar em ambientes internos da edificacao. A ideia visa amenizar os efeitos do clima quente e seco, no qual existem notaveis amplitudes termicas e higrometricas diariamente, como ocorre no semiarido do nordeste brasileiro. Por se tratar de um elemento vazado em terra crua a ser utilizado em fachadas das edificacoes e poder ser fabricado sem consumo de energia, explora-se o potencial higrometrico do material para o condicionamento do ar (umidade relativa e temperatura) nos espacos interiores. A pesquisa adotou como estrategia a utilizacao do elemento vazado produzido em miniatura (escala 1:4), para viabilizar a avaliacao de pequenos paineis dentro de um tunel de vento, com controles higrotermicos com variacoes da umidade relativa do ar, entre 30% e 80%, e temperatura do ar, entre 20 ºC e 30 ºC, em ciclos alternados de 12 horas. A capacidade e a velocidade de absorcao e eliminacao do vapor d’agua do ar pelo material foram analisadas, em testes com paineis sobrepostos em ate 4 camadas, com os espacos vazados dos cobogos propostos posicionados de maneira invertida por cada camada, criando-se desvios para o fluxo do ar que atravessa os paineis. Com isso, buscou-se avaliar a eficiencia do sistema em camadas, na maior interacao entre material / ar envolvente, e a consequente potencialidade de modificar a umidade relativa e a temperatura do ar no lado posterior ao painel. A partir dos resultados encontrados foi possivel confirmar a propriedade higrometrica da terra crua comprimida estabilizada com cimento Portland, presente nos elementos vazados propostos, e constatar que, ao utilizar o painel com 3 camadas de cobogos, com a geometria especialmente projetada e os elementos assentados diferentemente para cada camada, ha potencial para melhorar a qualidade do ar depois que atravessa o sistema de camadas do painel.
  • IALE LUIZ MORAES CAMBOIM
  • Dançar [com] a cidade: mapeamentos sensíveis da experiência urbana contemporânea
  • Data: 20/11/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Entendemos que as politicas de fabricacao das cidades repetem, ha decadas, a mesma logica de producao espetacular. No Brasil, essas politicas alinham-se as acoes do chamado planejamento estrategico e visam transformar os espacos das cidades em verdadeiras mercadorias, consumiveis por quem tem dinheiro. Esse modelo gera espacos publicos aversos a vitalidade popular, aumentando o individualismo isolacionista da populacao. Em vista disso, este trabalho destaca a necessidade de agregar novas abordagens ao estudo da cidade contemporanea, de modo a fazer a operacao inversa. Por isso, dedicamo-nos ao estudo das relacoes entre corpo e cidade a partir da experiencia de criacao em danca nos espacos publicos urbanos. Essa “danca situada” e criada a partir de e para uma determinada realidade espacial, ou seja, uma criacao conjunta. Buscamos investigar que conteudos da cidade ficam registrados no processo de composicao situada e que relacoes podem ser feitas entre esse tipo de criacao artistica e o campo disciplinar do urbanismo. Nesse caso, nosso principio metodologico entende a danca como um “dispositivo de distanciamento” capaz de gerar aproximacoes com o nosso objeto de pesquisa. Para tanto, a realizacao de uma serie de experimentos artisticos coletivos, na cidade de Joao Pessoa – PB, nos ajudou a compreender melhor os principios que movem a danca situada. Um “modo de operar” que encontrou rebatimento em teorias do pensamento rizomatico, introduzidas ao longo da pesquisa como forma de provocar a discussao em torno dos modos de pensar a cidade. Assim, percebemos que o dancarino, ao compor sua danca no ambiente urbano, adota uma postura de “cartografo”, gerando mapeamentos sensiveis do espaco no qual esta inserido. A pratica da danca situada, feita com a cidade e os sujeitos que a compoem, reivindica um outro jeito de olhar para a cidade: um olhar micropolitico.
  • BRUNO MIGUEL FERNANDES MOREIRA
  • Estado Centralizado e Descentralizado: Alterações morfológicas nas áreas antigas da cidade do Porto/Portugal
  • Data: 27/10/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Desde 1986, ano em que Portugal aderiu à Comunidade Europeia, que se tem verificado uma substituição gradual da estrutura de organização do Estado, passando-se de uma estrutura centralizada para uma estrutura descentralizada de governo. Tal alteração parece ter transformado o paradigma das políticas públicas voltadas para reutilização do patrimônio edificado, tornando-as mais “ajustadas” e “sintonizadas” com o mercado imobiliário. Nesse sentido, a partir da análise diacrônica das duas estruturas de poder do Estado-nação moderno, pretende-se obter uma visão menos fragmentada dos processos de produção/transformação do patrimônio edificado. Para o efeito, optou-se duas áreas classificadas na atualidade de interesse patrimonial pelo Estado Português. A primeira área corresponde ao atual Centro Histórico do Porto (CHP), delimitada em 1996, e a segunda, à Zona de Intervenção Prioritária (ZIP), delimitada em 2009, ambas localizadas na cidade do Porto, região a N.W de Portugal.
  • DHYEGO DE LIMA NOGUEIRA
  • WAYFINDING E LEGIBILIDADE AMBIENTAL EM PARQUE URBANO: UM ESTUDO DA PERCEPCAO DE USUARIOS IDOSOS
  • Data: 21/08/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa buscou avaliar a percepcao ambiental de idosos em um parque urbano de Joao Pessoa-PB, identificando elementos de legibilidade espacial e como contribuem para o processo de wayfinding. O wayfinding foi escolhido como base conceitual para permitir a compreensao da navegabilidade pelo usuario como parte da articulacao e orientacao espacial. Enquanto o conceito de legibilidade, estabelecido por Kevin Lynch, permitira a compreensao do usuario idoso em relacao a clareza da paisagem urbana e do ambiente analisado. A pesquisa teve como estudo de caso o Parque Zoobotanico Arruda Camara, tambem conhecido como Parque da Bica. A metodologia contou com uma abordagem de multimetodos utilizadas na relacao pessoaambiente, e que visou observar e analisar o ambiente e os usuarios idosos. O ambiente foi verificado a partir de levantamento documental, visitas exploratorias e walkthrough. Ja com os usuarios foram realizados mapas comportamentais centrados no individuo, entrevistas estruturadas e passeios acompanhados com estrategias de orientacao associada. Essas estrategias utilizadas com os idosos visaram identificar a percepcao espacial e ambiental quanto aos aspectos que facilitavam ou dificultavam a orientacao espacial e deslocamento pelo ambiente considerando modos de orientacao, tomada de decisao, acessibilidade ambiental, infraestrutura do ambiente, dentre outros. A partir dos resultados foi possivel identificar falhas na infraestrutura do Parque que podem influenciar na forma como o idoso percebe e se orienta pelo Parque da Bica. Espacos de pouco transito de idosos ou que nao apresentavam sinalizacao, nao eram utilizados por receio ou por nao demonstrarem motivacao para visitacao. Aspectos ligados a falta de referencia espacial ou inadequacao na sinalizacao informativa e direcional, tal como, vias em estado precario de manutencao e escadas e rampas inadequadas geraram barreiras para o deslocamento, demonstrando aspectos de legibilidade que poderiam dificultar o processo de wayfinding. Tambem foi identificado que os idosos perceberam o Parque de forma positiva, no entanto, acreditavam e faziam referencia a necessidade de melhorias para facilitacao no acesso, uso, deslocamento e seguranca desse publico e, sobretudo, daqueles usuarios com algum grau de limitacao ou incapacidade, ou ainda, que tem baixa escolaridade. Por fim, considera-se que estrategias metodologicas utilizadas demonstraram eficacia para estabelecimento de um olhar mais apurado sobre a percepcao do idoso e de como a legibilidade ambiental auxiliou no processo de wayfinding no Parque em questao.
  • ARTHUR LACERDA CAVALCANTE
  • Qualidade bioclimática para conjuntos de habitação de interesse social multifamiliares: uma ferramenta para o projeto no clima quente úmido em baixas latitudes
  • Data: 02/05/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa tem como objetivo gerar uma ferramenta de analise a avaliacao de qualidade bioclimatica para projetos de habitacao de interesse social na cidade Sao Luis, localidade de clima quente umido ao nivel do mar, baixa latitude e sem desconforto por frio. O quente-umido e considerado, pela bibliografia, o contexto climatico de maior dificuldade no desenvolvimento do projeto bioclimatico (passivo), seja pelo desconforto do clima, seja por questoes socioeconomicas que dificultam a implementacao de solucoes otimas de projeto. Este cenario de grande desafio torna-se mais complexo quando, nos anos 2000, e investida grande quantidade de recursos publicos para os programas federais de habitacao de interesse social, nos quais, na ansia de produzir numeros para a justa reducao deficit habitacional, ignora-se as questoes mais basicas do projeto bioclimatico, tanto na escala do edificio quanto na escala do conjunto. O desenvolvimento da ferramenta proposta se da com a sua aplicacao em estudos de casos na area do Turu, em na cidade de Sao Luis, Maranhao, com a contribuicao de casos internacionais em contexto climatico similar, aos quais sao aplicadas analises quantitativas e qualitativas. A pesquisa situa o projeto local junto aos parametros que indicam cumprimento aos requisitos bioclimaticos da bibliografia, e tambem junto aos projetos internacionais, que apresentam, teoricamente, solucoes melhores. Os projetos locais foram analisados e avaliados segundo tais criterios. A partir dos resultados, possivel afirmar que os projetos locais avaliados possuem similaridades entre si, e apresentam preocupacao insuficiente com o bioclimatismo nestes projetos, especialmente na qualificacao do edificio e do espaco externo. No entanto, ha potencial de reabilitacao em alguns itens, especialmente na escala do conjunto. O principal produto desta pesquisa uma ferramenta fundamentada na boa pratica de projeto bioclimatico apontada na bibliografia, desenvolvida de forma que possa, posteriormente, ser utilizada para auxiliar projetistas a melhorar a qualidade bioclimatica dos projetos e legisladores a elaborar diretrizes e cartilhas que regulem de forma mais precisa a qualidade bioclimatica, e, consequentemente, ambiental na habitacao de interesse social multifamiliar do contexto local analisado.
  • FERNANDO DE OLIVEIRA MORAIS
  • O QUARTINHO A DEPENDÊNCIA DOMÉSTICA NA HABITAÇÃO MULTIFAMILIAR NA CIDADE DE JOÃO PESSOA (PB) NO SÉCULO XXI
  • Data: 31/01/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A pesquisa tem como objetivo analisar e revelar as configurações contemporâneas do quarto de empregada, popularmente conhecido por “quartinho”, que integra moradia e trabalho, a partir dos anúncios de lançamentos de apartamentos na cidade de João Pessoa no intervalo temporal de 2001 a 2015. A Dependência Completa de Empregada (DCE) tem passado por transformações na história da casa brasileira, sendo considerado um espaço indissociável da residência urbana, e, até mesmo, representante dos resquícios modernos da senzala, segundo os autores Reis Filho, Carlos Lemos, Yves Bruand, Chico Veríssimo e William Bittar. Recentemente, com as conquistas de direitos trabalhistas, com mudanças na economia e com a diversificação do modo de morar, tema estudado por Antônio Cabrita e Douglas Brandão, a habitação brasileira tem sofrido alterações na forma e no uso. A problemática instigou a formulação de questões que conduziram a pesquisa: quais são e como se dão as configurações contemporâneas espaciais da dependência de serviço nas residências multifamiliares da cidade de João Pessoa, enquanto espaço socialmente produzido? A hipótese trabalhada foi a de que esse espaço tende a não desempenhar sua designação original de dormitório para o trabalhador doméstico, além de apresentar dimensões reduzidas em relação à produção do século XX. Para responder à questão anteriormente citada, a pesquisa deu-se a partir do levantamento de anúncios de lançamentos de apartamentos na sessão dos classificados dos jornais da cidade de João Pessoa no período anteriormente citado e nos websites das construtoras, a fim de registrar o maior número de concepções do quarto de empregada nos edifícios residenciais. Posteriormente, elegeram-se os edifícios mais representativos dentre as tipologias identificadas e os elementos de análise: localização, acesso, dimensões e disposição de mobiliário. A realização das visitas nas unidades habitacionais deu-se para testemunhar os seus usos atuais, utilizando-se o registro fotográfico e a medição do espaço in loco. O estudo revela que a oferta do quarto de empregada está relacionada diretamente ao poder aquisitivo do proprietário. Contudo, o seu uso tem reduzido consideravelmente devido à preferência pelas novas formas de prestação de serviço doméstico sem vínculo empregatício e sem a permanência do trabalhador na residência do patrão, às novas formas de habitar, ao perfil das famílias e às necessidades de uso e funções do espaço doméstico. Em relação à produção desse espaço, afirma-se que na maior parte dos anúncios coletados, os incorporadores e as construtoras atribuem dimensões mínimas, ou abaixo destas, além de outros recursos que desfavorecem o quarto em relação ao demais cômodos da residência. Assim, a pesquisa contribui para o registro iconográfico e arquitetônico, bem como para a discussão acerca da evolução dos modos de habitar na sociedade brasileira, particularmente da camada de rendimentos médio a alto na cidade de João Pessoa, e seus rebatimentos nos espaços residenciais, além de fornecer subsídios que embasem a ação projetual, trazendo uma reflexão sobre as transformações do “quartinho”.
  • MARÍLIA CAVALCANTI BERNARDO
  • Compatibilização projetual em habitações compactas
  • Data: 31/01/2017
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A presente dissertação tem como objetivo reunir recomendações metodológicas e técnicas de compatibilização de projetos a fim de auxiliar o desenvolvimento da Casa Nordeste. Projeto este que vem sendo desenvolvido por alunos do Laboratório de Modelagem + Prototipagem (LM+P) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) sob a orientação de professores para que possam competir no Solar Decathlon. Dessa forma, para alcançar esse objetivo, foi utilizado como estudo de caso as casas competidoras do Solar Decathlon América-Latina e Caribe 2015 (SDLAC15). A compatibilização é uma etapa importante e de grande impacto para o desenvolvimento projetual, pois é onde todas as disciplinas envolvidas em um projeto entram em conformidade e se adequam umas às outras. Para isso, foram realizadas entrevistas in loco com os participantes das mesmas, observações in loco semiestruturadas e registro fotográfico. Sendo possível após a análise dos dados alcançar recomendações de compatibilização para Casa Nordeste, bem como observar a importância do ensino da compatibilização projetual no curso de Arquitetura e Urbanismo.
2016
Descrição
  • TAMIRES OLIVEIRA CABRAL
  • Tênues relações: Uma investigação da estrutura formal na casa contemporânea brasileira.
  • Data: 09/12/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A variedade formal que, a principio, encontramos na producao arquitetonica contemporanea dificulta a apreensao do observador quanto a uma classificacao estilistica, tornando o estudo e a identificacao de seus elementos e configuracoes um desafio. Na busca de um mecanismo investigativo que leve a um maior entendimento formal das obras, encontra-se na teoria da estrutura formal, defendida por Mafhuz, Marti Aris, Rowe e Steadman, uma alternativa para essa investigacao. A estrutura formal e entendida por Marti Aris como uma organizacao presente na estrutura profunda das edificacoes e, por isso, necessita de uma analise pautada nas ideias da decomposicao e abstracao para que seja encontrada. Desse modo, objetiva-se realizar uma analise mais cuidadosa e, de certo modo, minuciosa de algumas obras arquitetonicas de tres escritorios brasileiros, localizados em diferentes contextos culturais. Para o desenvolvimento dessa proposta, foi eleita como objeto empirico a casa unifamiliar, tanto por ser o objeto mais trivial da arquitetura como tambem por ser, desde a arquitetura moderna, o palco das investigacoes e experiencias arquitetonicas. Como resultado, espera-se que sejam identificados tracos da arquitetura contemporanea brasileira, que se possa conhecer mais as obras hodiernas e que o material aqui produzido fomente investigacoes a cerca da casa brasileira do seculo XXI.
  • EZIO LUIZ MARTINS SIMÕES
  • Bioclimatismo e forma urbana: simulação computacional em áreas de expansão no clima quente-seco do sertão paraibano
  • Data: 07/12/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O clima urbano é fator si ne qua non para o conforto dos pedestres, ao passo que esse é influenciado por certas variáveis, como por exemplo a rugosidade/forma urbana, a malha urbana, os revestimentos do solo, a porcentagem de vegetação no solo, entre outros, sendo esses elementos modificados pelos planejadores urbanos/urbanistas. Pensando nisso, é necessária uma capacitação relacionada às ferramentas (softwares) de simulação computacional ambiental, com o intuito de validar as soluções projetuais urbanas desenvolvidas por eles. Tendo isso em vista, a presente pesquisa tem como objetivo principal analisar a relação forma urbana versus bioclimatismo, demonstrando as benesses de se utilizar um viés bioclimático na definição formal urbana para o clima Quente-Seco. A intenção dos mesmos é demonstrar que é possível desenvolver formas edilícias diferentes, em uma mesma área e com a mesma densidade construída, porém mais eficiente do ponto de vista bioclimático do que é encontrado no parcelamento do solo utilizado corriqueiramente (uma edificação por lote). Os cenários foram projetados por meio da utilização do programa ENVI-met 4.0, com análise das variáveis climáticas: temperatura do ar, umidade relativa do ar e direção do vento e características térmicas de superfície de solo. Por fim, o presente trabalho pretende dar uma contribuição metodológica ao planejamento urbanístico do Sertão Paraibano, acrescentando um viés bioclimático aos planos urbanísticos das cidades dessa região em questão.
  • ISABELA KIRSCHNER DE SIQUEIRA CAMPOS
  • Interfaces entre espaços públicos e os Centros de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde de João Pessoa – PB
  • Data: 30/11/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A questao de qualidade de vida urbana e aprofundada aqui com o estudo de caso dos Centros de Praticas Integrativas e Complementares em Saude (CPICS) de Joao Pessoa – Paraiba, cidade litoranea brasileira de porte medio. Os CPICS sao vinculados ao Sistema Unico de Saude (SUS) e oferecem servicos de prevencao e tratamento da saude, integracao de individuos atraves de praticas terapeuticas que visam a promocao do bem-estar e uma reconexao do individuo com a natureza desde 2012. A pesquisa analisa suas relacoes com espacos livres publicos principalmente quanto a acessibilidade pedonal e as praticas socioespaciais encontradas nas pracas e parques contiguos a tais equipamentos. Adota-se criterios de analise do espaco urbano pautado em quatro esferas de analise: macroacessibilidade, acessibilidade pedonal (raio de abrangencia de 500m), praticas socioespaciais no entorno imediato e questoes do proprio servico CPICS. Os resultados indicam que, apesar de desenvolverem internamente diversas atividades favoraveis a qualidade de vida, os impactos para a vitalidade urbana por meio do contato com o cotidiano urbano nos espacos livres publicos se apresentam incipientes. Evidencia-se a desinformacao sobre a existencia de tais centros na cidade oferecendo servicos gratuitos urgindo a necessidade de politicas publicas municipais mais atuantes, por exemplo, no acesso a informacao do servico e na ampliacao do quadro de terapeutas especializados. Faz-se necessario fortalecer este servico atraves de uma aproximacao entre CPICS e espacos publicos, em especial com atividades em pracas e parques, o que contribui para uma maior vitalidade na dinamica cotidiana dos espacos publicos alem de, obviamente, proporcionar uma melhor qualidade de vida da populacao urbana.
  • YASMIN RAMOS PEREGRINO
  • (Re)conhecendo a favela: uma analise socioespacial urbanística de Três Lagoas, em João Pessoa-PB
  • Data: 25/11/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A participação da favela na (re)produção do espaço intraurbano tem corroborado para a construção da cidade enquanto teia urbana dotada de diversidade, demandando estudos acerca da complexidade da produção informal. Diante disso, tem-se como objetivo central desenvolver uma análise urbanística de aspectos socioespaciais da favela Três Lagoas, localizada na cidade de João Pessoa, Paraíba, Brasil, e como objetivos específicos: (a) Relacionar a espacialização das práticas sociais locais à produção e apropriação do espaço público; (b) Apontar e correlacionar aspectos físicos consequentes da morfologia urbana, uso e ocupação do solo; (c) Avaliar a dimensão temporal do espaço e sua interferência na dinâmica socioespacial local; (d) Considerar a relação entre aspectos sociais e físicos, à partir de uma sistematização integrada dos dados. Considera-se que a análise urbanística da dinâmica socioespacial de uma favela deve considerar a relação entre os aspectos físicos, sociais e temporais do espaço para que possa apontar a realidade local. A metodologia adotada decompõe o objeto empírico em oito temas que, quando sintetizados através de imagens e textos, culminam em uma síntese dimensional resultante da análise comparativa de diferentes momentos temporais de Três Lagoas, entre os anos de 2013 e 2016. Esta investigação se justifica por acrescentar conteúdo acerca de um recorte geográfico pouco explorado cientificamente, e por contribuir para a análise socioespacial das favelas, em prol da melhoria na qualidade de vida dos residentes e integração da cidade. De modo geral, a presente pesquisa constatou que as práticas sociais e características físicas como uso do solo e acabamento das edificações sofrem constantes modificações e interferem diretamente na dinamicidade e vitalidade do espaço livre público local, ratificando a favela enquanto objeto complexo de estudo urbano.
  • MARIANE LOURENÇO DÂMASO
  • A luz da revitalização: o outro lado das cores do Bairro do Recife
  • Data: 16/11/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O Bairro do Recife e o objeto empirico desta pesquisa, o qual sera estudado com enfase na ideia da fragmentacao do seu espaco urbano, processo que teve inicio ainda nas primeiras decadas do seculo XX, antes mesmo dos planos que visaram sua protecao enquanto patrimonio. Tem-se como objetivo analisar as implicacoes da fragmentacao socioespacial na conservacao do conjunto historico do bairro e, para tanto, foram selecionados planos e projetos ali implementados e considerados relevantes para a sua atual conformacao espacial. Inicia-se o estudo na decada de 1910, com a reforma urbana, que demoliu uma parcela do bairro para abertura de novas avenidas resultando em duas grandes zonas - a modernizada e a nao-modernizada. Os demais projetos de intervencao analisados tiveram por proposicao a conservacao do bairro apos seu reconhecimento enquanto patrimonio, abarcando o recorte temporal entre a decada de 1990 e os dias atuais. Trabalhamos com a hipotese de que os planos e projetos de conservacao para o Bairro do Recife fomentam a fragmentacao socioespacial devido, principalmente, ao instrumento de gestao utilizado para ‘revitalizar’ a area: os‘polos’ de atividades,considerados capazes de catalisar o seu crescimento economico.A questao recai na continua utilizacao do instrumento de delimitacao de polos de intervencao na area historica, em geral destinados ao uso turistico e de lazer, pois aponta-se que tal estrategia vem acentuando ainda mais o contraste entre as areas foco de interesse e o seu entorno degradado.Argumenta-se que essas acoes, que tendem a uma fragmentacao continua, nao necessariamente acompanham o patrimonio oficialmente reconhecido, priorizando parcelas especificas em detrimento de areas e de riquissimos exemplares arquitetonicos que tambem fazem parte da historia do Bairro do Recife, mas que nao estao sendo favorecidas pelas praticas de conservacao.
  • SIDNEY PEREIRA DOS SANTOS JUNIOR
  • O shopping center no espaço urbano: estudo de caso do potencial de influência do Mangabeira Shopping na estrutura urbana de João Pessoa (PB)
  • Data: 21/09/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Os shopping centers unem variados tipos de servicos e comercios em um unico lugar destacando-se como um nucleo de atracao comercial no tecido urbano de uma cidade. Esse tipo de empreendimento tem um forte papel no processo de estruturacao de novas centralidades ao impulsionar o comercio local e ocasionar alteracoes no sistema urbano, independentemente de sua localizacao. O trabalho tem como objeto de estudo a potencial influencia do Mangabeira Shopping na estrutura urbana de Joao Pessoa, Paraiba, Brasil. A pesquisa relaciona conceitos referentes a influencia de shopping centers, linhas de movimento e faixa de transformacao, na intencao de caracterizar o shopping center como catalisador de mudancas em uma cidade de porte medio. Atraves da observacao de variaveis exogenas ao shopping center, o estudo procura contribuir no entendimento das relacoes e correlacoes de acessibilidade e entre diferentes usos de solo (SOLA-MORALES i RUBIO, 1997) com base na Teoria do Movimento Natural (HILLIER et al, 1993; HILLIER, 1996) para identificacao dos lotes com maior potencial de influencia decorrente da implantacao do shopping center em uma cidade de porte medio.
  • RAFAEL EDUARDO LOPEZ GUERRERO
  • Sustentabilidade em habitação compacta. Uma métrica de avaliação de sistemas construtivos
  • Data: 19/08/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A sustentabilidade tem surgido dentro das discussoes mundiais como um novo paradigma cujas abordagens e pretensoes atingem o desenvolvimento humano de uma maneira holistica; compreendido, basicamente, pela maioria dos autores, como uma resposta simultanea as questoes sociais, economicas e ambientais. Considerando que a arquitetura e a construcao sao uma das atividades humanas de maior impacto nesses tres quesitos fundamentais, o paradigma da sustentabilidade e adotado pela presente pesquisa. Dentro desse contexto, em procura de respostas a algumas destas questoes surgiu, no ano 2002, nos Estados Unidos, a competicao internacional de casas compactas e sustentaveis, denominada Solar Decathlon. Como iniciativa de participacao em dito evento por parte da equipe do Laboratorio LM+P da UFPB, no qual esta inserido o presente plano de trabalho, surgem e se encaixam os objetivos principais desta proposta de investigacao. Desse modo, na procura de solucoes eficientes na escolha de um sistema construtivo para os desafios que impoe a sustentabilidade e o projeto arquitetonico da competicao, e baseado na escassez de metodos simplificados a respeito, e proposto pela presente pesquisa desenvolver uma metrica de avaliacao que quantifique o grau de aplicabilidade dos materiais e sistemas construtivos em projetos de habitacao sustentavel e compacta, que sirva como metodo de escolha de tais tecnologias na etapa de projeto.
  • MIRELLA DE SOUZA BARBOSA
  • Arquitetura Flexível: um desafio para melhor qualidade habitacional
  • Data: 07/07/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa tem como objetivo primordial a identificacao de diretrizes projetuais visando a flexibilidade aplicada na arquitetura residencial. Para o estudo, foram analisados 55 projetos de habitacoes compactas da competicao internacional Solar Decathlon Europe (SDE). Como a pesquisa esta voltada a flexibilidade, a selecao das amostras para analise deve de alguma forma contemplar este conceito. E sabido que a flexibilidade espacial pode se manifestar de diferentes formas e graus em unidades habitacionais (seja ela, unifamiliar ou multifamiliar). Dessa forma, pretende-se explorar cada uma, atentando para as diversas possibilidades de flexibilidade existentes, para entao, classifica-las, de acordo com as caracteristicas comuns observadas, tendo em vista identificar os elementos de projetos facilitadores de flexibilidade (estrutura independente; modulacao estrutural; paredes e divisorias leves; divisorias moveis; mobiliario como divisoria; nucleos de circ. vertical na unidade; ambiente unico de divisoes internas e etc.), os tipos de flexibilidade encontrados (Flexibilidade de forma intrinseca e flexibilidade de forma projetada) e as atividades exercidas neste tipo de habitacao. A pesquisa caracteriza-se como um estudo de caso comparativo com aplicacao de metodos mistos. Para alcancar os objetivos aqui propostos, foram estabelecidas oito etapas metodologicas. que consistem em: fundamentacao teorica, desenvolvimento do instrumento de coleta. estudo piloto, coleta de dados. sistematizacao dos dados, analise dos estudos de caso, discussao dos resultados e conclusao da analise dos resultados. A investigacao acerca desta tematica e uma tendencia que vem sendo cada dia, mais explorada e discutida no campo da arquitetura, pela necessidade de atender as mudancas na vida cotidiana. a situacao demografica, os aspectos economicos, ambientais e tecnologicos da sociedade. Valorizar escolhas flexiveis e adaptaveis e um desafio para uma melhor qualidade habitacional, e. consequentemente, para a vida dos centros urbanos contemporaneos. Dessa forma, espera-se contribuir para a melhoria das relacoes espaco-usuario, garantindo satisfacao e o bom funcionamento das habitacoes com dimensoes reduzidas. dados, analise dos estudos de caso, discussao dos resultados e conclusao da analise dos resultados. A investigacao acerca desta tematica e uma tendencia que vem sendo cada dia, mais explorada e discutida no campo da Arquitetura, seja, pela necessidade de atender as mudancas na vida cotidiana, a situacao demografica, nos aspectos economicos, ambientais e tecnologicos da sociedade. Valorizar escolhas flexiveis e adaptaveis e um desafio para uma melhor qualidade habitacional, e consequentemente, para vida dos centros urbanos contemporaneos. Dessa forma, espera-se contribuir para a melhoria das relacoes espaco-usuario, garantindo satisfacao e o bom funcionamento das habitacoes com dimensoes reduzidas.
  • CELINA IZAR CORREIA DE LIMA
  • Sombreamentos urbanos. Reflexões sobre as condições de permeabilidade entre espaço público e privado na orla de Boa Viagem, Recife-PE
  • Orientador : FRANCISCO DE ASSIS DA COSTA
  • Data: 17/06/2016
  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa trata de uma reflexao sobre o modelo de cidade vertical de transicao rigida, (fechada e sem integracao), entre espaco publico e privado, que que caracteriza a verticalizacao das grandes cidades brasileiras nos ultimos anos. O objetivo do trabalho e analisar a relacao de permeabilidade entre essas tipologias e o espaco publico, considerando a apropriacao deste pelo seus habitantes. Para tal, foi avaliado o caso especifico da orla de Boa Viagem, na cidade do Recife (PE), a qual possui elevada densidade construtiva e quase toda sua ocupacao residencial e verticalizada. A essas edificacoes estao associados o poder social e imagem de prestigio, que exercem forca de atracao ao local como moradia, juntamente com proximidade do acesso praia. Com a finalidade de apreender a percepcao da area pelos seus habitantes e a relacao entre os espacos privados e o publico, foi adotado como abordagem metodologica um olhar mais de perto e sensivel com base nas ferramentas da pesquisa etnografica. O ato de caminhar foi tido como ponto de partida, fonte de informacao e reflexao, e a camera como dispositivo de apoio e extensao do observador. A partir dessa experiencia, foi observado o ato de contemplacao da paisagem mais efetivo do que o proprio uso da orla como espaco publico por parte dos moradores moradores da beira-mar, e uma maior apropriacao da praia por individuos de outras localidades. O que demonstrou o alcance de profundidade do uso da orla inversamente proporcional a distancia da habitacao.
  • FERNANDO COUTINHO VAN WOENSEL
  • Arquitetura no Nordeste brasileiro e o roteiro de Armando Holanda
  • Data: 11/05/2016
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Este trabalho buscou investigar correspondencias dos principios elencados no livro Roteiro para construir no Nordeste, de Armando Holanda, em projetos produzidos no Nordeste brasileiro a partir do ano de sua publicacao em 1976 ate 1985. Essa pesquisa optou por utilizar como fonte documental para a selecao dessas obras a Revista Projeto, um dos principais periodicos especializados em Arquitetura do pais, servindo-se para tanto do acervo do LPPM/PPGAU/UFPB. Foram encontrados inicialmente setenta projetos que, submetidos a criterios de selecao, resultaram em um acervo de 29 projetos – dos quais cinco foram analisados como representativos desse universo. A pesquisa pode constatar, entre outras conclusoes, que dos nove principios propostos por Holanda em seu livro, 60% deles encontram correspondencia nos referidos projetos.
  • RAYSSA RAPHAELY SOUZA MARTINS
  • Arquitetura pessoense entre os anos 1985 e 1994: Os reflexos do Pós-Modernismo.
  • Data: 29/01/2016
  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho se propoe estudar exemplares da producao arquitetonica realizada em Joao Pessoa, Paraiba entre os anos 1985 e 1994. O recorte temporal delimita-se a partir do ano 1985, marcado pelo edificio multifamiliar Guaruja e pelo edificio comercial Atrium, primeiros exemplares de uma producao arquitetonica com caracteristicas inspiradas nos elementos pos-modernista, sendo compreendido ao ano de 1994, marcado pela construcao da Concessionaria Peugeot. Consistira na identificacao e caracterizacao das peculiaridades dos exemplares arquitetonicos atraves de pesquisa nos trabalhos academicos voltados a este tema e ao recorte temporal proposto, bem como atraves das revistas AU.
2015
Descrição
  • PATRÍCIA COSTA E SILVA CRUZ
  • Urbanidades e relações entre espaço x sociedade: estudo de caso do bairro do Altiplano Cabo Branco – João Pessoa / Paraíba
  • Data: 15/12/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A urbanidade pode ser entendida como a situação de equilíbrio entre a dimensão espacial e a dimensão social, inerentes ao espaço urbano; i.e. situações em que se percebe segurança nas ruas e calçadas, espaços públicos apropriados às atividades sociais urbanas e dinamizados por diversidade de funções, bem como co-presença de pessoas de classes sociais, gênero e idades distintos. Esta qualidade do urbano é cada vez mais rara nas cidades contemporâneas brasileiras, sendo a inferência estatal, equivocada e permissiva, e o aumento da violência urbana alguns dos principais motores do visível desajuste da(s) urbanidade(s) atuais. O bairro do Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa/PB, constitui um objeto privilegiado de investigação da urbanidade, uma vez que abriga, em um espaço relativamente restrito de observação, configurações de cidade estereotipadas e radicalmente opostas, erguidas notadamente a partir da aprovação de um Decreto Municipal 5.844/07, no ano de 2007. Este trabalho objetiva compreender as relações entre espaço e sociedade nos três principais setores que compõem o Altiplano, à luz do conceito de urbanidade. Consiste num estudo acerca dos espaços públicos, configurações físico-espaciais, tipologias edilícias e interfaces público-privadas do bairro, assim como dos efeitos sociais destas diferentes situações, perceptíveis nas apropriações dos espaços públicos e em entrevistas com a população usuária. A pesquisa propõe uma aproximação físico-espacial do objeto, através da análise morfológica e preenchimento de fichas-guia embasadas nos autores-chave; promove ainda uma aproximação de natureza social, a partir da análise das práticas sociais e sociabilidades urbanas observações in loco e entrevistas com os usuários do espaço público. Ao término da pesquisa, percebe-se a influência dos fatores de qualidade dos espaços públicos, configuração espacial e interfaces público-privadas, na utilização dos espaços públicos. Em oposição, o medo da violência urbana aparece como justificativa reincidente, no que se refere ao abandono do espaço público, por determinados grupos sociais. Conclui-se, no entanto, que a apropriação social dos espaços públicos ocorre, por vezes, em fenômenos de superação de deficiências e de entraves espaciais, que tenderiam justamente a desestimular qualquer tipo de uso do espaço público; relações de amizade e vizinhança entre determinados grupos sociais, além da má qualidade dos espaços da esfera privada, surgem como fatores de peso neste sentido, e em alguns segmentos do bairro. Este trabalho alerta, enfim, para as consequências das mudanças das configurações físico-espaciais vertiginosas e pouco planejadas, que atendem a interesses de grupos específicos hegemônicos. Ademais, trata-se de situações urbanas fortemente alimentadas por uma "cultura do medo", com repercussões visíveis no que concerne às apropriações dos espaços públicos, por determinados grupos de indivíduos. A partir deste retrato complexo e contemporâneo da cidade, é possível discutir perspectivas e traçar as influências destas situações, sobre o despertar da urbanidade local, atualmente fragilizada e deficiente, com tendências ao desurbanismo.
  • POLLYANNA PRISCILA DE SOUZA LIMA
  • Estratégias bioclimáticas na arquitetura moderna de João Pessoa: análise aplicada em três residências produzidas entre as décadas 1950 e 1980.
  • Data: 15/12/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A arquitetura moderna do início do século XX, surge como um estilo internacional do Hemisfério Norte a ser reproduzido e readaptado pelo mundo. No contexto brasileiro tropical, segundo a historiografia da arquitetura moderna, houve uma adequação dessas construções às condicionantes climáticas regionais em praticamente todas as regiões do país entre as décadas de 1930 à 1980. E o Nordeste foi uma das regiões em que tais adequações foram recorrentes. Contudo, estudiosos do conforto ambiental se contrapõem a estas afirmações historiográficas quando declaram que tais construções foram desenhadas com baixo desempenho térmico e baixa qualidade bioclimática, devido, em parte, à ausência de informações técnicas de conforto ambiental na época, como subsídio projetual para a realização de uma arquitetura mais adequada ao clima regional. Deste modo, esta pesquisa procura evidenciar as estratégias e as diferentes soluções propostas quanto à adequabilidade e eficiência bioclimática, adotadas por arquitetos modernistas e precursores dessa vertente reproduzida no Estado da Paraíba entre 1950 a 1980, com ênfase à capital João Pessoa – PB. O estudo se divide em duas etapas metodológicas: primeiramente, realizou-se uma análise qualitativa e descritiva, baseada em revisão bibliográfica, definição de critérios bioclimáticos de análise e leitura projetual, onde as edificações foram verificadas quanto a orientação, implantação e composição volumétrica, investigando-se a incorporação de princípios bioclimáticos específicos nas obras selecionadas à partir de um indicar bioclimático; a etapa seguinte compreendeu à análise quantitativa do desempenho térmico no interior dos edifícios por meio de simulações computacionais (software Ecotect 2011 e Vasari Beta 3). A relevância da pesquisa está em poder contribuir e ampliar os estudos sobre a Arquitetura Moderna e o bioclimatismo aplicado no Nordeste, mais especificamente no estado da Paraíba, podendo, ainda, discutir caminhos alternativos à arquitetura regional contemporânea.
  • MAIARA ATECIENE DOS SANTOS BELO
  • Avenida Liberdade: morfologia e estrutura urbana em Bayeux (1960 a 1989)
  • Data: 14/12/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A Avenida Liberdade, localizada na cidade de Bayeux - PB, configurou-se desde o seu surgimento como via ou caminho de ligação da capital (atual João Pessoa) para o interior do Estado da Paraíba. A mesma consolidou-se como eixo estruturador da expansão urbana, principalmente entre as décadas de 1960 a 1980. Esse período é marcado pela emancipação política do município e pelos investimentos específicos que transformaram o uso do solo, com a substituição do uso residencial por indústrias e serviços. A instalação de indústrias fomentadas pelos incentivos governamentais e a maior dinâmica econômica fizeram dessa Avenida uma área central ou um eixo central de atividades econômicas. A década de 1980 é marcada pelo início da decadência da produção das principais indústrias do município (particularmente as de beneficiamento das fibras do sisal) e pelo desvio do fluxo para a BR 230, diminuindo a intensidade do ritmo de ocupação e transformação da referida via. A dissertação tem como principal objetivo, analisar as transformações ocorridas na Avenida durante as décadas de 1960 a 1980. Para a concretização da pesquisa foram realizados os procedimentos metodológicos do embasamento teórico - conceitual, pesquisa documental e cartográfica, consulta a arquivos e hemeroteca, analise fotográficas, utilização da história oral e produção de mapas mentais. Resultados da pesquisa revelam entre outros, a importância dessa avenida enquanto caminho de ligação da capital para o interior do Estado, a intensidade do trânsito, e os dos acidentes ocorridos na Avenida e sua caracterização como "Corredor da Morte"; e a influência direta exercida por essa avenida para toda a cidade.
  • MARIANA DE SOUSA SIQUEIRA SANTOS
  • A percepção espacial de pessoas com deficiência visual: estudo de caso em ambientes de restaurantes em João Pessoa/PB
  • Data: 27/11/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Nas cidades, as informações e referências visuais predominam, as pessoas com deficiência visual possuem uma percepção ambiental diferente da percepção de normovisuais, face a sua limitação visual, obrigando-as a recorrer a outros sentidos, em interação com implementações que podem ser feitas nos ambientes, a fim de que os mesmos se tornem adequados sob a ótica de acessibilidade. Estas pessoas têm sua autonomia prejudicada em certos espaços nos quais inexistem medidas de acessibilidade que facilitem a sua orientação e percepção espacial. Esta dissertação discute que os locais de convívio comum dos cidadãos, sobretudo os restaurantes, não contemplam as necessidades específicas de pessoas com deficiência visual, fatores que colocam em situações desvantajosas ou de dependências de terceiros. Portanto, o objetivo geral desta pesquisa é identificar e compreender como se dá a orientação físico-espacial de pessoas com deficiência visual no ambiente construído, considerando-se diferentes contextos físico-espaciais, tomando-se como objeto de estudo restaurantes localizados em João Pessoa. O percurso metodológico é caracterizado pela abordagem multimétodos e se divide em duas grandes etapas: a pesquisa bibliográfica e documental e a pesquisa de campo, que consiste na aplicação de métodos de Visitas Exploratórias, Passeio Acompanhado e Poema dos Desejos, para coletar dados buscando entender a dinâmica dos restaurantes, a orientação físico-espacial de pessoas cegas e com baixa visão e como estas pessoas idealizam restaurantes. Ao refletir-se sobre a problemática, espera-se refinar uma estratégia de sensibilização do setor comercial, mais particularmente o setor de alimentação, a fim de que estes apoiem medidas que favoreçam a orientação e percepção espacial de pessoas com deficiência visual.
  • RAPHAELA BANKS DE SIQUEIRA
  • Superfícies das arquiteturas no Brasil: um estudo dos materiais através da revista Projeto | 1977 – 1996
  • Data: 27/11/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A historiografia que trata da arquitetura brasileira após a década de 1980 aponta para a existência de uma diversidade e pluralidade nos projetos realizados no país. Segundo essa historiografia, após o esgotamento da estética do concreto aparente, prevalecente durante as décadas de 1960 e 1970, os anos de 1980 em diante caracterizaram-se por uma pulverização de abordagens entre os arquitetos no Brasil. Entre os vários aspectos dessa diversidade, está evidenciada a questão dos materiais de construção. A presente pesquisa está, portanto, centrada neste item, buscando identificar como se deu a diversidade e pluralidade no que diz respeito aos materiais presentes nas superfícies externas nas edificações, utilizando como fonte documental a revista de arquitetura Projeto, que serviu como base de dados da pesquisa na busca de informações sobre o assunto. Essa revista, responsável por publicar projetos e edifícios de diversas partes do país desde a década de 1970, fomentou a crítica de arquitetura nacional e documentou através de seus exemplares as transformações que são de interesse da pesquisa.
  • EDUARDO DE OLIVEIRA NÓBREGA FILHO
  • A (RE)CRIAÇÃO DO RIO DE JANEIRO NA TELENOVELA LADO A LADO: A FICÇÃO COMO REPRESENTAÇÃO DE UMA CIDADE EM TRANSFORMAÇÃO
  • Data: 06/11/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O campo temático desta pesquisa é a telenovela de época com olhares para a cidade cenográfica ou a cidade recriada, visando trabalhar com a ferramenta audiovisual e suas possibilidades de contribuir para a história da cidade. Para tanto, elegeu-se como objeto de estudo a telenovela Lado a Lado, escrita por João Ximenes Braga e Cláudia Lage, exibida em 2012 - 2013 pela rede Globo de televisão, cujo construto histórico do Rio de Janeiro do início do século XX serve ao melodrama. Nesse sentido, parte-se do pressuposto de que, embora a telenovela Lado a Lado seja uma obra de ficçêo livremente inspirada em determinados fatos históricos do início do século XX, representou, de forma ficcional, a cidade do Rio de Janeiro no processo de modernização urbana e de transformaçêo social. Juntamente com a compreensão da linguagem de representação do espaço abordado num determinado tempo específico, utilizou os meios imagéticos para se apropriar do construto histórico de uma cidade real, lida e resignifícada por outra linguagem: a teledramaturgia. Será questionada a maneira que a novela se apropriou de tal contexto histórico, recriando a imagem da cidade em díreção à modernidade, podendo ser entendida como um meio de levar, à população em geral, ínformação sobre a história do país.
  • EMANOELLA BELLA SARMENTO BATISTA MACHADO SALGUEIRO
  • A Inserção de Acessibilidade em Áreas Tombadas: Roteiro turístico para pedestres no Centro Histórico de João Pessoa - PB.
  • Data: 26/10/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Com um valor inquestionável às cidades e suas culturas, as Áreas Tombadas carregam em si uma representatividade que vai além de seu papel histórico. Embora delimitados, em sua maioria, por espaços grandiosos e ricos em detalhes, são compostos, muitas vezes, de acessos difíceis e práticas de conservação não acolhedoras que, apesar de resguardarem o patrimônio, excluem de sua vivência, o homem, agente essencial para que estes locais continuem a existir. Nesta pesquisa, refletiu-se acerca da viabilidade da inserção de acessibilidade, no Centro Histórico (CH) de João Pessoa, capital da Paraíba – Brasil, a partir do Espaço Público Livre Tombado (calçadas, vias carroçáveis). Para tanto, estudou-se o Roteiro Turístico para Pedestres instituído neste CH que, tem como finalidade informar, sinalizar e conduzir o turista e a população residente à passeios. A metodologia empregada compreendeu o aporte teórico e conceitual, com a análise das legislações referentes ao Espaço Público Livre Tombado e à Acessibilidade, bem como o estudo de práticas de intervenção ocorridas em áreas semelhantes; o reconhecimento em campo do objeto de estudo por meio do contato direto com os Órgãos Patrimoniais (IPHAN e IPHAEP), a aplicação de entrevistas e o walkthrough no Roteiro Turístico para Pedestres; a avaliação deste Roteiro, através da aplicação de uma planilha de avaliação de acessibilidade, para a proposição de diretrizes para acesso alternativo, e uso do método de passeio acompanhado em trechos identificados como aqueles com potencial para sofrerem adaptações com base no acesso seguro e autônomo, tendo por fim, a análise e discussão dos resultados. Constatou-se ser possível alcançar um grau satisfatório de acessibilidade na área central de João Pessoa, tendo como requisitos inerentes a esta intervenção, o respeito ao pedestre e a valorização do Patrimônio Histórico no ambiente construído.
  • CAMILA COELHO SILVA
  • SER/ESTAR/VIVER INVISIVEL: avaliando as condições de habitabilidade e informalidade das habitações coletivas precárias de aluguel no bairro Varadouro, João Pessoa-PB.
  • Data: 23/10/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O processo de deterioração e desvalorização crescente dos centros urbanos, em especial nas áreas mais antigas das cidades brasileiras, tem como um dos principais fenômenos resultantes a multiplicação de vilas, cortiços, dentre outras formas de moradias coletivas. A relativa "invisibilidade" das habitações coletivas precárias de aluguel nas áreas centrais, com destaque para a cidade de João Pessoa, leva a conclusões por vezes apressadas no sentido de afirmarem a não-vitalidade, o abandono ou até mesmo a morte dos "centros históricos". Este trabalho aponta em outra direção ao destacar a existência de grande número de habitações coletivas de aluguel no bairro do Varadouro. Objetiva-se avaliar a relação entre as condições de habitabilidade, a invisibilidade (física, social e mercadológica) e a inserção no mercado imobiliário informal que regula e (re)produz tais moradias, através de sua identificação, mapeamento e caracterização (realizado através de fichas de levantamento e registros fotográficos), bem como com entrevistas semiestruturadas com locadores, locatários e representantes da PMJP (Prefeitura Municipal de João Pessoa). Anseia-se, assim, trazer uma contribuição para a discussão, compreensão, caracterização e identificação não apenas das formas de moradia estudadas, do mercado imobiliário informal que as regulam e dos agentes envolvidos em sua produção (locadores e locatários), mas, sobretudo, da complexidade com que devem ser encaradas as políticas de melhoria das habitações coletivas da área central de João Pessoa. Espera-se ainda, a partir de sua compreensão, instigar a discussão sobre o morar na área central.
  • ANDREI DE FERRER E ARRUDA CAVALCANTI
  • Cidade Sinfônica: A representação da cidade em Berlin: Die Sinfonie der Großstadt.
  • Data: 29/09/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa tem por meta se aprofundar na relação entre cinema e cidade no filme Berlin: Die Sinfonie der Grof3stadt (Walter Rutlmann, Alemanha, 1927). Representativo do gênero cinematográfico conhecido como 'sinfonias urbanas', este filme constrói em sua narrativa um dia genérico na Berlim do final da década de 1920; com isso, abre espaço para se procurar entender o contexto histórico, os modos, costumes da então República de Weimar, centro de uma rica cultura arquitetõnica e urbanística, embrionária do movimento moderno, que se propagava na época através de publicações como a revista G: Materil zur Elementaren Gestaltung, e de arquitetos como Ludwig Hilberseimer. Na pesquisa se pergunta se o filme, além de representar um episódio da história urbana de Berlim, por mostrar o dia a dia na cidade, representa também um episódio da história do urbanismo, por utilizar-se de ferramentas próprias do cinema para aludir a funcionalidade e racionalidade almejadas pelos teóricos urbanistas da época. No percurso será tratada a relação entre cinema e cidade e se mergulhará na cultura cinematográfica, arquitetônica e urbanística deste momento que é expressa no filme e nas teorias modernistas que marcaram o século XX.
  • MARJORIE MARIA ABREU GOMES DE FARIAS
  • A qualidade das calçadas e agentes: um estudo de caso da Av. Pres. Epitácio Pessoa-PB.
  • Data: 23/09/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A calçada, componente viário de circulação dos pedestres, acolhe as principais atividades do espaço livre público como circular, conversar, trocar informações; é o espaço no qual, geralmente, ocorre o exercicio de convivência coletiva. Ela é um produto da ação de diversos agentes envolvidos na sua produção e reprodução. É um retrato claro de que existem um questionamento sobre sua condição (pública ou privada). Destarte, apesar da legislação vigente, existem alguns problemas que prejudicam a qualidade das calçadas, como a fiscalização que, por vezes, é falha, além do resultado dessa divisão de deveres gerar uma grande variedade de tratamento inclusive apropriações privadas, seja com a complacência ou não do Municipio, desse espaço que é de uso público. Por isso, estudar a qualidade das calçadas contribui para o entendimento e reflexão acerca dos problemas urbanos relacionados diretamente ao movimento de pedestres. Conhecer quem são os agentes que produzem esse espaço, assim como seus papéis na cidade e entender como essa atuação reflete na qualidade das calçadas poderá contribuir para um melhor planejamento, construção e manutenção da cidade por parte dos poderes administrativos. Então, percebendo a relevãncia de um espaço público, dispor de qualidade, esta dissertação trabalha as calçadas da Av. Preso Epitácio Pessoa, João Pessoa - PB. importante corredor viário para a cidade e tem como objetivo principal investigar sua produção da calçadas, considerando as medidas de desempenho de qualidade urbana e os papéis dos principais agentes modeladores. A metodologia aplicada seguiu as seguintes etapas: revisão da literatura, técnica de observação, mapeamento do uso do solo, seleção de trechos representativos, avaliação das medidas de desempenho, entrevistas e questionários com os agentes. Os principais resultados foram o entendimento que a produção das calçadas da Av. Preso Epitácio Pessoa é regida por legislações que não estão totalmente claras e nem coerentes, e consequentemente isso dá margem para o seu não cumprimento o que confunde os cidadãos quanto aos papéis de cada agente, além disso, os conflitos que cercam as calçadas são muito mais do que organizacional, são também de ordem política, social, econômica e simbólica.
  • CAROLINE MUNOZ CEVADA
  • O potencial da bicicleta para a melhoria da mobilidade urbana: estuco de caso do Campus I da UFPB.
  • Data: 18/09/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O objetivo principal desta pesquisa é avaliar o potencial da bicicleta como alternativa para a mobilidade urbana, tendo como estudo de caso o Campus I da Universidade Federal da Paraíba. A metodologia foi planejada em quatro etapas: a Pesquisa referencial, que dá suporte e embasamento ao trabalho por meio da bibliometria; o Diagnóstico físico, ambiental e da mobilidade urbana do objeto de estudo, que foi desenvolvido baseado em técnicas da pesquisa documental, pesquisa de campo e walktrough, contagem de fluxos em horários de pisco e entrevista semi-estruturada com pessoas-chave; a descrição dos Perfis dos usuários de bicicleta do campus, delineados pela entrevista estruturada in loco e questionário futuramente aplicado com usuários do campus de outros modais; e encerrando pela Avaliação dos resultados, na qual os dados levantados serão cruzados, analisados e sistematizados. O diagnóstico de mobilidade urbana comprovou a falta de estrutura para o uso de bicicleta e o foco no automóvel. A investigação sobre os perfis dos ciclistas do Campus I indicou a existência de dois perfis distintos: o usuário estudante jovem e o funcionário (não-professor). Acredita-se que o conteúdo é suficiente e relevante para a fase de apresentação atual, e que ao final, os achados contribuirão para uma mobilidade urbana eficiente e com pesquisas sobre campi universitários.
  • NAYARA DOS SANTOS LEMOS
  • Habitações Flexíveis e Adaptáveis: O Estudo da Aplicabilidade de Tecnologias do Solar Decathlon Europe para Conjunto Habitacional Popular de João Pessoa-PB, Brasil.
  • Data: 25/08/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Atualmente no Brasil, pode-se observar que a disponibilidade habitacional não vem acompanhando seu crescimento populacional, e nesse ponto João Pessoa não é diferente. Bonates (2009) afirma que na cidade de João Pessoa o governo tenta minimizar o problema habitacional com a produção massiva de habitações populares na periferia da cidade, mas isso não é suficiente. Suassuna Lima (2009) argumenta que, como solução para a redução de custos habitacionais, adotou-se o rebaixamento dos padrões da moradia e a redução de dimensionamento de ambientes internos, deturpando-se o conceito de casa mínima, e provocando dos problemas habitacionais identificado como maior fator de insatisfação dos usuários: a falta de espaço, principalmente quando se trata de Habitações de Interesse Social. Na busca de soluções para esse problema, a flexibilidade espacial e a adaptabilidade surgem como uma forma de fornecer ao usuário um espaço doméstico mais dinâmico, de forma que a habitação possa evoluir e adaptar-se a um número diversificado de situações. Várias iniciativas de incentivo a desenvolvimentos de projetos seguindo essa linha de pensamento surgiram ao redor do mundo, dentre elas o Solar Decathlon. Essa competição universitária internacional multidisciplinar, desafia equipes colegiais a projetar, construir e operar protótipos de casas eficientes, com dimensões mínimas, que combinem espaços confortáveis e funcionais com tecnologias e estratégias que reduzam o consumo energético da mesma, superando a limitação de espaço. Esta pesquisa surge com o objetivo de debruçar-se sobre a melhoria da problemática habitacional de interesse social por intermédio da análise dos aspectos de Flexibilidade e Adaptabilidade da Arquitetura para avaliar o potencial de uso de algumas das tecnologias identificadas nos processos projetuais do Solar Decathlon Europe, e assim aplicá-las em uma tipologia habitacional de interesse social de João Pessoa. Para tanto utilizou-se como exemplo o Conjunto Habitacional Gervásio Maia.
  • MARIANA CALDAS MELO LUCENA
  • Iluminação em salas de aula do Centro de Tecnologia da Universidade Federal da Paraíba: um estudo de caso
  • Data: 24/08/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • As questões educacionais têm desencadeado muitas discussões no Brasil, onde tem sido colocada em pauta a qualidade do desempenho dos alunos, principalmente em ambientes educacionais públicos. A organização EFL (Educational Facilities Laboratories) relaciona melhor aprendizagem a fatores como condições internas favoráveis: qualidade do ar, temperatura, umidade, ventilação, iluminação e acústica de salas de aula. Nesta pesquisa serão estuadas as questões relacionadas ao conforto visual, objetivando caracterizar o desempenho da iluminação natural e artificial como complemento da natural, visando identificar fatores que determinem ou contribuam para ocorrência de níveis inadequados de iluminância, baixa uniformidade, presença de ofuscamento, baixa eficiência energética no interior das salas de aula gerar conhecimento para aplicação prática e solução de problemas específicos da iluminação, atrelado a economia de energia nas salas de aula do Centro de Tecnologia da Universidade Federal da Paraíba. O método adotado para a análise do comportamento da luz natural foi a simulação computacional, onde os parâmetros dinâmicos analisados foram (fator de luz do dia e autonomia da luz natural), a partir disto os ambientes foram divididos em em zonas de diferentes níveis de iluminação, de forma que fosse possível identificar onde há maior necessidade de uso de iluminação artificial suplementar. Para quantificar a economia de energia dos sistemas existentes em relação aos propostos a partir da divisão de zonas foram feitas simulações no Daysim. Concluindo que em todas as salas de aula estudadas a luz natural não possui autonomia suficiente para alcançar os níveis de iluminância recomendado pela norma para ambientes de ensino, necessitando assim de um sistema de iluminação elétrica que complemente o déficit de luz, ou seja, um sistema integrado de luz natural e artificial complementar.
  • EMMILY GERSICA SANTOS GOMES
  • Desempenho térmico de alvenarias: Uma alternativa com o uso de blocos EVA.
  • Data: 30/01/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Durante a fabricação dos calçados geram-se vários tipos de resíduos, entre eles os de Etileno Acetado de Vinila (EVA), na forma de retalhos das placas expandidas do material para obtenção dos formatos dos calçados. Uma alternativa para o destino adequado dos resíduos de EVA é a sua utilização na confecção de blocos, produzidos com concreto leve. O tema abordado na presente pesquisa está relacionado com os ganhos térmicos adquiridos pelas vedações verticais e o conforto térmico dos ambientes construídos. Ambientes que não possuem o tipo de alvenaria adequada ao seu clima geram problemas de conforto térmico devido à perda, ou ganho excessivo de calor, o que acontece em regiões com clima predominantemente quente seco e quente úmido, como é o caso do Nordeste do Brasil. Considerando-se o desconforto térmico dos ambientes devido a má utilização de elementos apropriados nas alvenarias das edificações, assim como, a problemática do destino final dos resíduos de EVA, este trabalho visa ampliar a caracterização do desempenho térmico dos blocos compostos por EVA. Com isso, se buscou analisar comparativamente amostras desenvolvidas a partir de Blocos EVA com outros tipos de componentes. O estudo foi feito a partir da elaboração de amostras de mini paredes simples e duplas (constituídas por blocos EVA, tijolos cerâmicos e blocos de concreto), as quais foram ensaiadas dentro de uma câmara térmica composta por dois ambientes, um aquecido e outro refrigerado, separados por uma divisória isolante. A instrumentação foi realizada com o uso de termopares instalados nas superfícies das mini paredes e de termômetros de globo negro nos ambientes da câmara. A partir da caracterização experimental das propriedades termofísicas, tais como condutividade térmica e densidade, dos blocos EVA foram realizados cálculos de vários parâmetros, como previsto na NBR 15220-2 (ABNT, 2005b) e cálculos para a obtenção da taxa de transferência de calor das amostras. Os resultados demostram a eficiência de isolamento do bloco com maior percentual de resíduo e que as diferentes amostras de mini paredes simples e duplas, propostas com o uso de blocos EVA, podem atender as exigências do clima quente e úmido/seco.
  • RONNIE ELDER DA CUNHA
  • A biomimética aplicada ao ensino de projeto em arquitetura: o método Biotriz.
  • Data: 15/01/2015
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Apesar da biomimética ser bastante utilizada nos campos do design e da engenharia, os seus métodos de aplicação no projeto arquitetônico ainda não são claros, sobretudo no ensino de projeto. A transferência de um conceito ou mecanismo de um organismo vivo para sistemas não vivos não é uma tarefa trivial e requer conhecimento entre dois domínios, o biológico e o de designo O BioTRIZ, método sistemático e especialmente desenvolvido com base em fenômenos biológicos, dispensa conhecimento profundo sobre organismos naturais. O presente trabalho teve como objetivo principal de verificar a adequabilidade do método BioTRIZ na aplicação de conceitos biomiméticos no ensino de projeto em ateliês nos períodos iniciais do curso de arquitetura. Utilizou-se de estudos de caso de caráter exploratório por meio de exercícios de projeto em ateliê de plástica com turmas do 3° período do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Paraíba. O trabalho foi dividido em oito etapas: definição das variáveis, estudos piloto, treinamento das equipes, coleta de dados em exercícios de projeto com aplicação do método BioTRIZ, aplicação de questionário, execução de grupos focais, análise de dados e discussão dos resultados. Concluiu-se que o método BioTRIZ não se mostrou totalmente adequado ao ensino de projeto em ateliês de plástica, devido ao limitado repertório projetual dos alunos, às dificuldades em evitar fixação em ideias predefinidas e às limitações na capacidade de transformar características específicas em abstratas e vice-versa, requisitos necessários para o eficaz emprego do método.
2014
Descrição
  • CARLOS FERNANDO A DA SILVEIRA
  • O verde e a cidade: parques urbanos municipais em João Pessoa/PB.
  • Data: 09/12/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A pesquisa dedica-se ao estudo dos parques urbanos municipais de João Pessoa/PB e constitui-se em uma síntese da condição desses equipamentos na cidade. Os parques foram agrupados em dois conjuntos, o primeiro composto pelos parques urbanos antigos e o outro pelos novos parques urbanos, espaços criados a partir da primeira década do século XXI. O estudo desses parques, antigos e novos, propiciou discussões críticas acerca do cenário atual e da “relação parque-cidade”, resultando em conteúdo que indica a existência de um sistema precário de parques urbanos em João Pessoa. Com relação aos procedimentos metodológicos empregados, destacaram-se os levantamentos empíricos e documentais, fundamentais para se entender as particularidades de cada um dos parques municipais existentes, além de um método de sobreposição de cartas temáticas que teve por finalidade correlacionar os parques supracitados com 05 atributos da cidade. Com estes procedimentos empregados foi possível enxergar os parques municipais na escala da cidade e fornecer uma visão sistêmica sobre os conjuntos estudados, resultando: 1) na construção de uma Carta Síntese; 2) na obtenção de índices que expressam a relação entre os parques e a cidade; e 3) na proposição de 03 cenários futuros prováveis. Um debate crítico encerra o trabalho, deixando reflexões acerca do conteúdo levantado.
  • ANNELIESE HEYDEN CABRAL DE LIRA
  • Avaliação da qualidade de vida dos condomínios horizontais da cidade de João Pessoa
  • Data: 09/12/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Este estudo tem como tema a qualidade de vida urbana nos condomínios horizontais localizados na cidade de João Pessoa – PB. Essa modalidade residencial tem se proliferado e movimentado consideravelmente o mercado imobiliário local, utilizando a premissa de que a “qualidade de vida” no interior dos condomínios é superior ao padrão urbano encontrado na cidade extramuros. No entanto não existem pesquisas locais que mensurem essa mencionada “qualidade de vida”, a partir de métodos científicos e específicos. Desse modo, com base no método “Índice de Qualidade de Vida Urbana de João Pessoa” (IQVU-JP), este estudo procura preencher a lacuna, dedicando- se a investigar a qualidade de vida destes empreendimentos. Para tanto, os objetos de estudo desta pesquisa foram delimitados a partir de critérios como densidade demográfica, dimensão espacial e localização, configurando-se em três condomínios: condomínio Cabo Branco Residence Privé, condomínio Villas do Farol e condomínio Alphaville. Os principais resultados desta pesquisa apontam para a importância da localização na determinação da qualidade de vida urbana, uma vez que os atributos locacionais traduzem as facilidades ou deficiências das oportunidades e dos acessos urbanos. Neste sentido, embora os condomínios analisados tenham apresentado alta qualidade habitacional e ambiental, apenas o condomínio Alphaville, que se localiza em um setor urbano mais conectado à malha urbana consolidada, obteve um alto índice de qualidade de vida urbana. Os condomínios Cabo Branco Residence Privé e Villas do Farol, que se situam no setor sul da faixa litorânea da cidade, apresentaram baixos índices de acessibilidade e de facilidades urbanas, devido às grandes distâncias a serem percorridas até o centro principal e secundário, além da deficiente cobertura dos serviços de transporte público, do aumento considerável do tempo média das viagens diárias e da precariedade do provimento de comércio de serviços locais. A investigação também demonstrou que a qualidade de vida urbana aferida não condiz com o que é propagado pela mídia e pelo mercado imobiliário local, que atribui valores às áreas consideradas distantes, com baixa densidade urbana e ao isolamento físico e social destes empreendimentos.
  • ALESSANDRA SOARES DE MOURA
  • Trabalhar na rua: Análise dos usos e apropriação do espaço por camelôs e ambulantes no bairro do Centro de João Pessoa- PB.
  • Data: 28/11/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O presente estudo problematiza conflitos contemporâneos no espaço urbano a partir da perspectiva e das experiências de ambulantes e camelôs no bairro do Centro, localizado em João Pessoa-PB. A pesquisa se estrutura através de três pontos: um espaço - a rua, uma perspectiva - prática cotidiana, um sujeito – ambulantes e camelôs. A questão central que o movimenta é: como os camelôs e ambulantes inseridos no bairro do Centro de João Pessoa experienciam a rua e compreendem o espaço em que atuam? Não pretendemos romantizar a rua, mas tentar apreendê-la enquanto espaço de conflitos, discutindo ferramentas de planejamento e de gestão urbana a partir da análise qualitativa de descrições, das apropriações e narrativas acerca das práticas cotidianas de ambulantes e camelôs. A análise é dividida em três dimensões: o caminho, o espaço/tempo e as tensões, a partir das quais identificamos aspectos da relação espaço, tempo, corpo e ações nas ruas da cidade, destacando características como a heterogeneidade do trabalho de rua, padrões de apropriação, e consensos estabelecidos sobre ações. Reafirmamos, dessa forma, a dinâmica cotidiana das ruas do Centro de João Pessoa – PB, (espaço vivo e pulsante) e a importância de reflexões acerca dessa dinâmica urbana na prática do planejamento urbano
  • ANNE CAMILA CESAR SILVA
  • Sobre a requalificação de praças no centro histórico de João Pessoa: um panorama das ações entre as décadas de 1980 e 2010
  • Data: 27/11/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O objeto empírico deste estudo são as requalificações realizadas em praças nos centros históricos, considerando como estudo de caso, a cidade de João Pessoa. Para este estudo, será considerado como limite geográfico o perímetro de tombamento estabelecido pelo IPHAN, em 2007, que abarca treze praças, das quais, seis serão utilizadas como amostragem da “forma de se pensar” intervenção nas décadas aqui pretendidas: 1980 a 2010. Destacamos assim, em primeiro momento as requalificações impelidas a Praça São Francisco e Praça Dom Adauto, entre as décadas de 1980 a 1990; em seguida a Praça Antenor Navarro, entre 1990-2000, e por fim, nos anos 2000, a Praça Rio Branco; Praça Vidal de Negreiros e Praça Venâncio Neiva. A repercussão de cada ação nestes espaços livres públicos enfatiza não apenas a importância de cada qual, mas também evidencia processos, nos quais acreditamos sistematizar esta tal “forma de pensar” o patrimônio histórico e no que diz respeito às intervenções em Centros Históricos.
  • MARCELA DIMENSTEIN
  • Experiências urbanas de idosos no centro de João Pessoa
  • Data: 21/11/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A paisagem das cidades contemporâneas, incluso João pessoa, tem sido marcada por condições que evidenciam como a escala do homem está sendo perdida e como o espaço público não vem sendo resguardado enquanto lugar de encontros e de interação entre os indivíduos. Apesar disso, ainda é possível encontrar pessoas que resistem à homogeneização e padronização desse modelo de cidade, usufruindo de seus espaços e vivenciando-os. Neste sentido, o objetivo deste estudo é identificar pessoas que usam e experimentam a cidade fazendo das ruas, calçadas e praças seus locais de ver e ser visto. O foco da investigação são os idosos e o local de pesquisa é a área central da referida capital. Como estratégias metodológicas foram utilizadas a observação de campo e entrevista semiestruturada, ferramentas importantes no campo da arquietura e urbanismo que foram complementadas pela fotografia, o desenho e a fotomontagem. Assim, considera-se que este estudo repensa questões como a política recente de renovação dos espaços centrais na cidade e na sua utilização/atualização pela população idosa. Busca contribuir com pesquisas que evidenciam a percepção da população na cidade, sobretudo a partir de memórias e relatos dos mais velhos. Dessa forma foi possível investigar mudanças e permanências relativas ao espaço central, descobrir elementos da história e cultura da área, como as festas, relações sociais de trabalho e lazer, transporte, segurança, e enxergar a relação entre os idosos e o local estudado como uma forma desviante à problemática do empobrecimento da ação humana.
  • HELEN CARMEM FERREIRA REBOUÇAS NERI
  • TRANSPORTE NÃO MOTORIZADO: O USO DA BICICLETA E SEU POTENCIAL NO ENTORNO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS- UFAM
  • Data: 21/11/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O uso da bicicleta vem se destacando mundialmente como alternativa de transporte, visto que tem um grande potencial de uso como transportes urbanos diminuindo o uso de automóveis, além de trazer benefícios como: melhoria da qualidade de vida do usuário; melhoria das suas condições físicas; impacto ambiental reduzido; maior acessibilidade pelo custo/benefício; baixo custo de manutenção; ocupar menor espaço nas vias urbanas e, reduzir os gastos com manutenção da infraestrutura. Diante desse contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a via de acesso ao campus da UFAM em Manaus-AM, a av. Rodrigo Otávio, com o propósito de investigar o potencial do uso da bicicleta como uma alternativa de transporte viável contribuindo com a melhoria do acesso ao campus e estudar o seu entorno imediato. A metodologia consistiu em revisão de literatura sobre a mobilidade urbana e o gerenciamento de mobilidade enfatizando o uso da bicicleta, seguida por pesquisa de campo que foi dividida em duas etapas: o questionário e as observações sistemáticas (caracterização da via e mapeamento de uso e ocupação do solo (Planilha de observação), Contagem de Ciclistas e o mapa comportamental). Os resultados confirmaram as hipóteses apresentadas neste estudo quando se afirma que em Manaus já existe uma demanda de utilização da bicicleta como meio de transporte, caso existam condições favoráveis de uso, e que o incremento da bicicleta como alternativa de locomoção no entorno do campus da UFAM só será possível se for implantada uma infraestrutura adequada que comporte este modo de transporte oferecendo mais segurança aos usuários.
  • LARISSE LIMA DE SOUSA
  • Percepção ambiental de estudantes em regimes de tempo regular e integral: um estudo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Educador Francisco Pereira da Nóbrega
  • Data: 21/11/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Crianças e adolescentes despendem boa parte do seu tempo em ambientes escolares, o que, com o Projeto Mais Educação, representa um mínimo de 7 horas diárias. Em João Pessoa, até o final de 2013, havia 172 escolas participando do referido projeto, funcionando em sistema misto: parte dos alunos em regime regular e parte em tempo integral. Essa pesquisa foi desenvolvida a partir de um questionamento principal, a saber: como alunos em regimes regular e integral percebem o ambiente escolar? Na busca de uma resposta, foi selecionada uma escola-padrão da rede municipal da cidade de João Pessoa, com o objetivo de investigar diferenças e semelhanças entre a percepção ambiental de 90 alunos em regimes de tempo integral e regular, cuja idade variou entre 8 e 16 anos. A pesquisa recorreu às seguintes etapas: I- visita exploratória às escolas; II- entrevista semiestruturada com as diretoras; III- caracterização das escolas quanto aos aspectos ambientais (térmico, acústico, lumínico e mobiliário); IV- execução de desenhos-temáticos por parte dos alunos; e V- aplicação de questionários junto aos alunos. Os resultados mostraram que não há diferenças significativas entre a quantidade de ambientes representados por alunos dos dois regimes (t(88) = 0,74; valor-p > 0,05). Também não há correlação entre quantidade de horas que os alunos passam na escola e número de ambientes representados (r de Pearson igual a 0,079). De modo geral, os alunos gostam da escola, sendo o ginásio poliesportivo o ambiente preferido, que cumpre a função de pátio, pois é onde se reúnem durante o recreio. A sala de informática é considerada interessante, mas a ausência de internet implica em uma barreira que causa a sua não utilização. Os alunos propuseram melhorias em ambientes existentes, além da criação de área de jogos, playground e piscina. Ao fim da investigação, além do feedback à escola, foram tecidas recomendações para reduzir os problemas detectados, a serem encaminhadas à Secretaria de Educação de João Pessoa.
  • JAKELINE SILVA DOS SANTOS
  • LEI DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA PÚBLICA E GRATUÍTA - Um estudo de aplicação para municípios paraibanos.
  • Data: 04/11/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Este estudo objetiva analisar alguns casos de aplicação da Lei 11.888/2008, buscando colaborar para o seu entendimento e possível multiplicação, inclusive na Paraíba, como direito do cidadão e exercício de cidadania. Serão utilizados procedimentos de análise e pesquisa externa sobre experiências de boas práticas em Assistência Técnica que se desenvolveram no país, ou até mesmo experiências de insucesso. Coletar o arcabouço teórico necessário para fortalecer o estudo e subsidiar informações que nortearam esta dissertação na abordagem dos aspectos mais relevantes no tocante à Lei, tornando sua aplicação, uma proposta replicável.
  • PAULA DIEB MARTINS
  • Paisagem em movimento: as transformações na avenida Presidente Epitácio Pessoa de 1980 a 2001
  • Data: 30/09/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A Avenida Presidente Epitácio Pessoa, localizada na cidade de João Pessoa-PB, apresentou, ao longo da segunda metade do século XX, uma série de transformações visuais e funcionais que, apesar de visíveis, não se explicam por si só. Algumas questões pairam no ar: Quais foram, efetivamente, as alterações na morfologia urbana e na dinâmica da via considerada uma das principais da cidade? Como se deu este processo? A inquietação por encontrar respostas deu origem a esta pesquisa. Partindo da hipótese de que a mudança do uso do solo foi o fator que protagonizou a transformação na avenida, esta dissertação analisa as alterações ocorridas na sua paisagem – aqui entendida como a materialização do processo social no tempo -, entre os anos de 1980 e 2001, período em que se intensificou a instalação de atividades terciárias nos imóveis situados ao longo da mencionada via. Cuidadosa pesquisa documental investigou, então, os arquivos históricos e cadastrais de algumas instituições pessoenses, onde foram coletados mapas, notícias de jornais da época, imagens aéreas, fotografias e processos de solicitação de Alvará e Habite-se. Os dados obtidos foram sistematizados e subsidiaram a elaboração do texto, dos mapas, dos gráficos e da modelagem tridimensional, os quais possibilitaram análises quantitativas e qualitativas das alterações dos elementos morfológicos – definidos por Lamas (2004), Capel (2002) e Marx (1980) -, que coexistem na avenida. Ao final, o estudo dos referidos elementos e da sua relação com o processo de urbanização da cidade de João Pessoa, juntamente com a análise dos registros do cotidiano da avenida encontrados nas notícias de jornais, permitiram uma apreensão mais ampla do processo de transformação da paisagem da avenida, respondendo às questões inicialmente colocadas.
  • LARISSA SCARANO PEREIRA MATOS DA SILVA
  • ACESSIBILIDADE FÍSICO-ESPACIAL EM HOSPITAL PÚBLICO NA PERCEPÇÃO DO USUÁRIO COM DEFICIÊNCIA: ESTUDO DE CASO EM JOÃO PESSOA-PB
  • Data: 29/09/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Cerca de 36% da população nordestina declara possuir algum tipo de deficiência, seja motora, auditiva,visual ou mental/intelectual em diferentes graus de dificuldade (IBGE, 2010). Sabe-se que estas pessoas enfrentam dificuldades diariamente, especialmente no acesso à saúde, que é direito de todo cidadão. Neste sentido, a presença de barreiras arquitetônicas, tecnológicas, atitudinais ou sociais impede que esse direito seja cumprido. Um espaço acessível, público ou privado, muitas vezes contribui para uma vida mais inclusiva, proporciona convívio social e estímulo pessoal, para todos os usuários. Um elemento facilitador da acessibilidade espacial é a aplicação de recursos de Wayfinding, que se refere a um conjunto de elementos (visuais, auditivos, táteis, entre outros) que facilitam a orientação espacial das pessoas, especialmente em ambiente hospitalar onde nível de ansiedade atrapalha essa orientação. Hospitais públicos são importantes centros de assistência médico-hospitalar em diversas especialidades. Já o ambulatório é uma unidade funcional do Estabelecimento Assistencial de Saúde destinado à assistência a pacientes externos para diagnóstico e tratamento. O público que frequenta esses estabelecimentos também é amplo, incluindo médicos, funcionários de diferentes setores, visitantes, fornecedores, acompanhantes e pacientes, que em geral estão com a saúde mais debilitada. Este trabalho tem como objetivo avaliar as condições de acessibilidade físico-espacial através da percepção do usuário com deficiência. Para isso, foi realizado um estudo de caso no ambulatório do Hospital Universitário Lauro Wanderley-UFPB. A metodologia foi dividida em cinco etapas: pesquisa bibliográfica e documental, reconhecimento e caracterização da área, avaliação na perspectiva do usuário e, por fim, análise e sistematização dos resultados. Foi possível identificar as dificuldades encontradas pelos usuários e mapear os pontos mais críticos, e principalmente entender como os pacientes se orientam no espaço. Por fim, são propostas adequações para melhorias do espaço e wayfinding.
  • JULIANA DE SOUZA DUARTE
  • Ambiente construído e vitalidade urbana: Avaliação de três praças do bairro Manaíra
  • Data: 20/08/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Dedicando-se sobre as cidades, este trabalho busca uma reflexão acerca da relação entre o uso e a forma dos espaços públicos de João Pessoa, por meio da investigação de três praças e dos seus entornos, no bairro do Manaíra. As praças que serão objeto de estudo nesse trabalho são: Praça Chatea Flbriand Ar aud, praça iacidas Carneir e Praça Síh,iF Por t.i Ao escolher três praças no mesmo bairro, se mantém fixas algumas variáveis de análise, como a localização geográfica em relação aos limites da cidade e o perfil socioeconômico da população residente. Por outro lado, há configurações espaciais distintas entre si, o que estimula o interesse em verificar as diferenças na intensidade de uso e de usuários. De tal modo, o objetivo desse trabalho é identificar relações dos atributos físicos e espaciais das praças e do seu entorno, com o uso das mesmas. Para isso, trabalhou-se com o embasamento teórico de vários conceitos que envolvem desenho urbano e desenho universal. Elaborou-se mapas temáticos para analisar as variáveis: número de lotes, uso do solo nos lotes, população e vias de acesso. Também foi feita a observação e mapeamento dos usuários, para identificar quantitativos de pessoas e atividades na praça. Os resultados demonstram que há diferenças na intensidade de uso e nos tipos de atividades predominantes nas três praças e associado a isso há também diferenças nas características das praças e seus entornos. Ao identificar essas relações, este trabalho pode servir como referências para embasamento do planejamento e implantação de novas praças, bem como de reformas e requalificação desses espaços.
  • MARCONDES SILVA MENESES
  • "O CASO DAS MERCÊS” - Analisando o Processo de Demolição e Desmonte das Irmandades Religiosas na Cidade da Parahyba (1923-1935)
  • Data: 15/07/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem por problemática o processo de desmonte institucional e físico das irmandades religiosas que existiam na Cidade da Parahyba (atual João Pessoa/PB), no início do século XX. As igrejas das irmandades de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Nossa Senhora das Mercês e Nossa Senhora Mãe dos Homens haviam sido edificadas entre finais do século XVII e o século XVIII, quando tiveram importante papel na assistência a seus membros e suas igrejas eram marcos na malha urbana. Mas entre os anos de 1923 e 1935 estas foram demolidas, apontando a historiografia local se justificar tal fato como parte das obras de urbanização e modernização da cidade. No entanto, a presente pesquisa vem acrescentar novos dados a esta versão da história, os quais permitem levantar a hipótese de ter havido uma convergência de interesses da Igreja e do Estado que culminou com o desaparecimento dessas irmandades na Cidade da Parahyba. Documentos coletados nos arquivos históricos e eclesiásticos revelaram ter a Igreja uma proposta de reorganização do clero na Paraíba, que envolvia o desmonte institucional das irmandades de leigos, ao tempo em que o poder público propunha intervenções modernizantes que também previam a demolição dos templos pertencentes às mesmas irmandades. Aprofundamos essa questão analisando o mais emblemático destes processos de desmonte e demolição, o qual foi noticiado pela imprensa local sob o título “o caso das Mercês”, que ganhou evidência pelo embate entre os agentes envolvidos: a diocese, a irmandade e o pode municipal.
  • NATALIA AURELIO DE SA
  • O PROJETO DIZ O QUE O ESTUDANTE LÊ? Estudos de Projetos nos Trabalhos de Conclusão do Curso de Arquitetura – UFPB e Unipê
  • Data: 31/01/2014
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A partir do revisionismo da cultura modernista, o projeto arquitetônico desenvolvido no cenário acadêmico brasileiro ganhou destaque no campo de investigação sobre o ensino, principalmente em meados da década de 1980. Desde então, em busca de métodos adequados para o ensino da projetação, o estudo e uso de projetos de referência passa a ser considerado por autores como Mahfuz (1984), Bilodeau (1997), e Veloso (2009), como importante ferramenta para o aprendizado de projeto. Adotando esta afirmação como premissa, este trabalho apresenta uma análise dos projetos eleitos como correlatos pelos concluintes dos cursos de arquitetura em João Pessoa, e expõe a relação dos estudos realizados pelos estudantes e seus projetos propostos nos Trabalhos Finais de Graduação, com vistas a verificar a utilidade pedagógica e o grau de aproveitamento dos estudos dos projetos como subsídios para a projetação. Para desenvolver o trabalho visando alcançar os objetivos traçados, os procedimentos metodológicos foram determinados para vencer três etapas de investigação. A primeira etapa parte da necessidade de precisar os termos adotados por diversos autores, buscando compreender as noções de precedentes, correlatos, referências projetuais, entre outros termos empregados tanto pelos autores como pelos concluintes. A segunda etapa aborda a maneira como os estudantes analisam os projetos de referência, e propõe identificar o nível de leitura atingido e o potencial de aprendizado alcançado. Esta parte da pesquisa tem como guia princípios do método do historiador de arte Panofsky (1939) adaptados da leitura da obra de arte para a leitura de projeto. A terceira etapa investiga o aproveitamento do aprendizado alcançado, em que se verifica a participação dos elementos identificados na análise dos correlatos no projeto final do discente. O estudo concatena as etapas de investigação e revela um panorama global que aponta para um dissenso geral no modo como os estudantes procedem às etapas de investigação do projeto.
2013
Descrição
  • RODRIGO DIAS DE ALMEIDA MAIA
  • Estudo comparativo de painéis vazados com cobogós em concreto EVA e material cerâmico
  • Orientador : ALUISIO BRAZ DE MELO
  • Data: 11/12/2013
  • Mostrar Resumo
  • Na construção, há de ressaltar os problemas nas interfaces entre diferentes componentes que são observados frequentemente e que, entre outras causas, em geral são devido a tensões oriundas das variações dimensionais dos diferentes materiais em contato direto.Por exemplo, tais problemas são comuns nas interfaces entre os componentes da estrutura do edifício e os painéis vazados cerâmicos, gerando patologias nos painéis (parte mais frágil), devido à incompatibilidade do grau de deformação inerente aos materiais constituintes de cada componente.Neste contexto, o presente trabalho parte da hipótese de que com o uso de materiais dúcteis nos painéis vazados, pode-se contribuir para amenizar os referidos problemas.Este trabalho tem como foco o desenvolvimento de componentes vazados do tipo cobogó, fabricados com concreto EVA, aqui denominado bloco EVAzado. Nesse processo, parte-se da ideia de comparar experimentalmente o comportamento de dois tipos de mini painéis, executados com cobogós cerâmicos (modelo comercial) e com blocos EVAzado, ambos submetidos à cargas verticais. Na fase experimental foram percorridas várias etapas, dentre elas: o projeto do bloco proposto como inovação tecnológica; o projeto do molde para executar esse componente em escala laboratorial; os testes de produção do componente proposto e avaliação de suas propriedades físico-mecânicas; os ensaios de carregamento vertical e medidas de encurtamento dos dois tipos de painéis; e por fim, o estudo de redesenho do bloco EVAzado, tendo em conta o desempenho verificado nas avaliações realizadas. Os resultados confirmaram o comportamento dúctil do painel com bloco EVAzado e o seu bom desempenho frente às cargas verticais, o que indica potencial para prevenir algumas das patologias comuns em situações de uso de painéis com cobogós cerâmicos.
  • CARLOS ALBERTO DE MENDONCA RIBEIRO
  • Atualização e aprofundamento do Mapa de Análises Climáticas do município de João Pessoa – Paraíba
  • Data: 25/11/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A reprodução cartográfica das informações climáticas da cidade é um instrumento que pode auxiliar no entendimento das questões ambientais urbanas e na tomada de decisão no planejamento das cidades. Diante disto, na presente pesquisa caracterizou-se a cidade de João Pessoa a partir da metodologia de mapeamento climático, aplicada por Katzschner, (DEPARTMENT OF ARCHITECTURE, 2008), que avalia o clima urbano considerando o balanço de energia da cidade, determinado pela sua carga térmica (características térmicas) e seu potencial dinâmico (ventilação). Nesse sentido, foram elaborados os mapas de volume construído, de áreas verdes, de ocupação do solo, e de proximidades a elementos que favorecem a ventilação. Através desses mapas, realizaram-se a classificação e a valoração das áreas da cidade segundo suas capacidades de elevação da temperatura do ar e de obstrução aos escoamentos dos ventos. Essa classificação e valoração fornecem informações que podem auxiliar futuras intervenções arquitetônicas e urbanísticas e incorporação de critérios climáticos ao planejamento da cidade, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de seus habitantes. Das análises dos resultados dos referidos mapas, constataram-se que as alterações causadas pelo aumento do volume construído, pela redução da porosidade ao escoamento de vento e pela escassez da cobertura vegetal têm provocado alterações no clima urbano de João Pessoa.
  • FABIANNE AZEVEDO DOS SANTOS
  • Avaliação de placas cimentícias com resíduo de EVA quanto ao seu nível de isolamento acústico em sistemas de pisos flutuantes
  • Data: 22/11/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A destinação final para os resíduos de polímeros de EVA (Etileno Acetato de Vinila) descartados pelas indústrias calçadistas tem sido reconhecida como um problema crescente de impacto no meio ambiente. Contudo, estudos têm comprovado que esses resíduos possuem características adequadas para propósitos de reciclagem transformando-os em agregados leves, que podem trazer benefícios ao ambiente construído, como por exemplo, o seu aproveitamento visando atenuação de problemas de ruídos de impactos nos pisos, que são muito comuns nas edificações multipavimentos. Portanto, essa pesquisa tem como objetivo avaliar o desempenho acústico de placas cimentícias, executadas com agregados de resíduos de EVA (placas de EVA), aplicadas como material resiliente na composição de sistemas de piso flutuante. Nesse estudo foram desenvolvidas três placas de EVA com espessura e geometrias diferentes, sendo uma delas com todas as superfícies planas (EVA_ar0) e outras duas com uma das superfícies com baixo relevo (EVA_ar1 e EVA_ar2,5), de modo a resultar uma camada de ar entre tais placas e a laje. As placas foram avaliadas quanto a capacidade de isolamento acústico, seguindo as diretrizes das normas ISO 140-7:1998 e ISO 717-2:2013, procurando comparar seu desempenho com alguns materiais disponíveis no mercado para uso em pisos flutuantes, como por exemplo, manta acústica de polietileno e lã de rocha. A avaliação do nível de isolamento acústico para atenuar os ruídos de impacto foi realizada em protótipo no Laboratório de Ensaio de Materiais e Estruturas da Universidade Federal da Paraíba, simulando uma situação entre dois pavimentos sobrepostos. Com base nos resultados pode-se afirmar que as placas de EVA, de acordo com seu desempenho alcançado, tem potencial para se classificar como um material alternativo utilizado para atenuação de ruído de impacto entre os pisos de edificações multi pavimento. O sistema de piso flutuante composto com a placa de EVA_ar2,5 (com camada de ar de 2,5 cm) obteve número global (L ́nT,w) igual a 64 dB, enquadrado com nível de desempenho intermediário (I) melhor do que os desempenhos dos outros sistemas com as placas do EVA_ar0 (sem camada de ar) e EVA_ar1 (com camada de ar de 1 cm) obtiveram número globais 67 e 66 dB respectivamente se classificando com desempenho mínimo (M), segundo a NBR 15.575-3:2013.
  • MARIETA DANTAS TAVARES DE MELO
  • ACÁCIO GIL BORSOI: arquitetura residencial paraibana
  • Data: 07/11/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A pesquisa pretende iniciar um processo aprofundado de análise acerca da arquitetura residencial unifamiliar produzida pelo arquiteto carioca Acácio Gil Borsoi no Estado da Paraíba, com ênfase no período entre 1953 e 1979, que demarca o período de construção das casas selecionadas em solo paraibano. A casa para Acácio Gil Borsoi é, sobretudo, um programa em que lhe permitiu experimentação arquitetônica, possui um papel vital na sua carreira tanto que é o programa mais praticado pelo arquiteto. A partir da reflexão sobre oito exemplares paraibanos selecionados, espera-se, por meio dos desenhos baseados nos parâmetros analíticos, revelar aspectos recorrentes e particulares dos projetos estudados.O trabalho tem como objetivo identificar as características arquitetônicas do conjunto da obra residencial unifamiliar de Acácio Gil Borsoi na Paraíba e compará-las com as características mais genéricas atribuídas à sua obra por dois dos trabalhos mais relevantes sobre o autor.

  • GUILHERME NOBREGA DE CASTRO
  • Componentes de condução da luz natural em edifícios multifamiliares.
  • Data: 04/10/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A luz natural pode ser considerada a principal fonte de luz disponível para o homem. As vantagens de utilizar a iluminação natural podem ser econômicas e de conforto do usuário: possibilitar economia de energia elétrica, propiciar dinamicidade ao espaço e senso de espacialidade, oferecer melhor reprodução das cores. A iluminação tem importância e influência em vários aspectos da vida humana, tais quais a visibilidade, a realização das atividades, a saúde, a segurança, o conforto, a socialização, a comunicação, a percepção visual. Desta forma, este trabalho tem como objeto de estudo o potencial de aproveitamento da luz natural na iluminação de espaços, considerando as dimensões mínimas de aberturas exigidas pelo Código de Obras da cidade de João Pessoa para ambientes residenciais iluminados através de componentes de condução da luz (varanda e circulação). Para avaliar as combinações de ambientes e componentes de condução da luz, é utilizada a simulação computacional dinâmica da iluminação natural, que possibilita avaliar os ambientes a partir de suas características dimensionais, componentes construtivos, sistema de iluminação, lançando-se mão de informações climáticas disponíveis nos arquivos de dados climáticos horários (8.760 horas do ano).
  • LILIANNE DE QUEIROZ LEAL
  • A INFLUÊNCIA DO ENTORNO E DO EDIFÍCIO SOBRE AS ILUMINÂNCIAS E O OFUSCAMENTO EM AMBIENTES INTERNOS: Um estudo de caso em edifícios residenciais multipavimentos em recorte urbano na cidade de João Pessoa-PB/PB
  • Data: 03/10/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Com o adensamento dos centros urbanos e a verticalização, a malha urbana vem sendo modificada a ponto de afetar significativamente a disponibilidade da luz natural nas edificações. Sob esta ótica, o escopo do presente trabalho aborda a influência das variáveis de entorno e do edifício sobre as iluminâncias e ofuscamento nos ambientes internos. A partir de um estudo de caso no Bairro de Manaíra na cidade de João Pessoa-PB, foram avaliadas como variáveis independentes: o grau de obstrução do entorno, as propriedades das superfícies verticais externas – refletância e elementos de proteção solar, a altura do pavimento e a orientação. As variáveis dependentes, relacionadas com a iluminação natural nos ambientes internos, foram: a distribuição das iluminâncias, o percentual de área iluminada inseridas na faixa útil de iluminâncias e a ocorrência de ofuscamento. Por meio de simulação computacional, utilizando o software Daysim, o uso da métrica dinâmica permitiu extrair dados de iluminâncias natural útil (INU 300-3000lux ), além de valores em escala temporal e espacial no período de um ano correspondente ao arquivo climático da cidade já mencionada. Em complemento, foram encontrados os índices da probabilidade de ofuscamento da luz natural (POLN) através do aplicativo Evalglare. Com métodos gráfico e estatístico, foi possível verificar diferenças entre os 120 modelos de ambientes internos inserido em três cenários urbanos distintos e comparar as variáveis de pesquisa que apresentaram maior influência. Percebeu-se que os dispositivos de proteção solar nas fachadas contribuíram mais significativamente para frequência das iluminâncias na faixa útil quando comparadas com os cenários sem sombreamento, sendo primordial para aumento dos níveis de iluminação e redução dos desconfortos visuais. Adicionalmente, notou-se que os pavimentos mais obstruídos, a exemplo do Térreo, foram os mais uniformes, porém com iluminâncias abaixo da faixa suficiente (INU <300lux ). Quanto às variáveis do edifício, as fachadas orientadas para Noroeste e Nordeste apresentaram melhor desempenho, apresentando ambientes com menores variações das iluminâncias, percentuais satisfatórios de área iluminada acima de 75% de INU bem como maiores faixas de ofuscamento imperceptível. Diferentemente, a fachada Sudoeste registrou o pior resultado em relação aos níveis de iluminação e a Sudeste a mais propensa ao aumento da probabilidade de ofuscamento, sobretudo nos ambientes inseridos nos cenários com reflexão máxima das fachadas e em situações sem interferência do entorno, com a contribuição da luz direta.
  • ANDREIA CARDOSO DE OLIVEIRA
  • A INFLUÊNCIA DAS RECOMENDAÇÕES DO ZONEAMENTO BIOCLIMÁTICO BRASILEIRO NO DESEMPENHO TÉRMICO DA ENVOLTÓRIA DE EDIFICAÇÕES DE INTERESSE SOCIAL NOS MUNICÍPIOS DA PARAÍBA
  • Data: 01/10/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • No Brasil, a norma de Desempenho térmico de edificações - NBR 15.220:3 (ABNT, 2005), objetiva reduzir o consumo de energia e permitir uma melhor eficiência do edifício, com critérios diferenciados para o clima de cada região. A partir dos parâmetros sugeridos pela referida norma, esta pesquisa tem como objetivo avaliar o desempenho térmico da envoltória de uma edificação de interesse social em cidades de climas distintos no estado da Paraíba. Foram definidas quatro etapas para desenvolvimento desta pesquisa: 1) caracterização do clima de João Pessoa, Campina Grande e Patos, a partir dos dados climáticos horários do ano típico de referência de cada cidade; 2) definição do caso base e dos modelos de referência, considerando uma edificação unifamiliar e a partir das recomendações sugeridas pela norma para fechamentos opacos e transparentes; 3) configuração do modelo numérico (computacional) para simulação dos parâmetros estudados, e, por último, 4) definição do método de avaliação de desempenho térmico, utilizando a temperatura operativa como índice de conforto, de acordo com o modelo adaptativo para edificações ventiladas naturalmente. Foi observado que as recomendações sugeridas pela norma em relação ao valor de transmitância térmica não são adequadas para edificações de interesse social em João Pessoa e Patos, mas resultaram em condições favoráveis para o clima de Campina Grande. Conclui-se que as três cidades demonstraram resultados distintos, com condições climáticas que exigem critérios mais coerentes, confirmando a necessidade de atualização das recomendações e diretrizes construtivas desta norma.
  • Marina Goldfarb de Oliveira
  • Arquitetura para uma nova escola: modernização da arquitetura escolar de João Pessoa (1930-1939)
  • Data: 30/09/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O objetivo desta pesquisa é verificar como se produziu a modernização da arquitetura escolar de João Pessoa na década de 1930, com a adoção das idéias do movimento pedagógico Escola Nova. Nesse sentido, foi selecionado para análise o complexo educacional correspondente ao antigo Instituto de Educação da Paraíba, composto por três edifícios: o Edifício Central (onde era promovido o ensino secundário e a formação de professores), o Jardim da Infância e a Escola de Aplicação. Esta instituição foi projetada como modelo do sistema educacional paraibano, previsto pelo Plano de Reforma da Instrução Pública de 1935, que propôs novas diretrizes para construção de edifícios escolares. O presente trabalho foi estruturado em três capítulos, em que, no primeiro, é apresentado como era, em João Pessoa, o ambiente escolar antes de existir uma arquitetura específica para a função educativa e como foram as primeiras escolas construídas para este fim; o segundo expõe a nova arquitetura escolar que surgiu com as reformas educacionais no Rio de Janeiro, em São Paulo e na Paraíba, cujas diretrizes para a arquitetura escolar se basearam na dos dois estados citados; o terceiro expõe a análise dos edifícios do Instituto de Educação da Paraíba, analisando sua arquitetura através da relação das idéias pedagógicas do movimento Escola Nova, com a modernização de seu espaço escolar.
  • MARIA ANDREINA MOREIRA FERNANDES
  • A (RE)PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO NO BAIRRO DO ALTIPLANO, JOÃO PESSOA-PB: Estratégias, iniciativas e interesses dos agentes que produzem a cidade.
  • Data: 30/08/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa aborda a produção espacial do Bairro Altiplano, localizado na zona Leste da cidade de João Pessoa-PB, atualmente foco de um processo de intensa transformação urbana. A publicação do Decreto Municipal nº 5844 em janeiro de 2007 permitiu o adensamento de uma determinada área até então considerada Zona de Restrições Adicionais pelo Plano Diretor da Cidade (1994). Tal medida atraiu investimentos de elevado padrão que deram início a um acelerado processo de verticalização passível de ser percebido e questionado sob diversos aspectos, desde o cunho ambiental, passando pela provável perda do valor cultural e paisagístico do lugar, chegando a reflexões sobre a legislação urbana aplicada e a capacidade física do Bairro de suportar as novas demandas. Analisar esse Bairro sob a ótica da produção do espaço foi o caminho trilhado para que se compreendesse a cidade enquanto produto do trabalho social através da articulação entre movimentos como a valorização, o planejamento e a ocupação do espaço urbano. Sendo assim, a presente dissertação objetiva avaliar as transformações recentes que caracterizam a produção do espaço urbano no Bairro Altiplano em João Pessoa a partir da publicação do Decreto nº 5844/2007 e que relações elas apresentam com as estratégias, iniciativas e interesses dos agentes produtores da cidade no tocante à dinâmica urbana como um todo. Para o desenvolvimento do trabalho e a obtenção dos objetivos traçados, fez-se necessário estabelecer três linhas de ação. A primeira refere-se à pesquisa bibliográfica no intuito de obter um satisfatório embasamento teórico-conceitual acerca dos principais temas necessários ao desenvolvimento desta dissertação. A segunda linha de ação está relacionada à pesquisa realizada em campo, composta por visitas in loco, pesquisa documental e aplicação de entrevistas. Foram entrevistados representantes de incorporadoras atuantes na área, imobiliárias, moradores, arquitetos e funcionários públicos ligados ao planejamento urbano. A terceira linha de ação correspondeu à sistematização e análise do material coletado, tecendo reflexões acerca da situação atual, razões e consequências das decisões urbanísticas aplicadas na área, e tendências futuras de ocupação do Bairro mediante suas relações com o restante da cidade. O estudo realizado revela como o Altiplano vem sendo produzido segundo um complexo jogo de influências e interesses travado por agentes que interagem entre si moldando a construção do espaço urbano e a dinâmica imobiliária da cidade.

  • ANA FLAVIA ROMEIRO DE MENEZES
  • HABITAÇÃO INTRAMUROS NA CIDADE CONTEMPORÂNEA: Um estudo sobre as novas propostas de Condomínios Fechados Verticais na cidade de João Pessoa
  • Orientador : JOVANKA BARACUHY CAVALCANTI
  • Data: 29/07/2013
  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa trata de um estudo sobre as novas propostas de Condomínios Fechados Verticais(CFVs) em João Pessoa| PB desenvolvido a partir da análise de seis empreendimentos de perfis construtivos diversos: Complexo Tour Geneve, Green Mare Club Residence, Burle Marx Ville, Vivant Club Residence, Parque Jardim Boungainville e Alto do Mateus Residence Club. Tem como objetivo verificar de que forma a cidade está sendo reproduzida nestes condomínios, uma vez que estão apresentando uma diversidade de equipamentos coletivos que, propostos e condensados intramuros numa recriação de microcidades cercadas e monitoradas, recusam o espaço público da cidade e implicam alterações no meio urbano que, por sua vez, são dinamizadas principalmente pela lógica do mercado imobiliário. A sua produção foi mediada pela revisão da literatura, que concedeu a compreensão da problemática, e pela coleta de dados qualitativos e quantitativos obtidos por pesquisas de campo, pesquisas e análises de discurso dos materiais publicitários e folders e pela aplicação de questionários. A mídia e mercado estão recriando cidades que são elaboradas de maneira ideal para atender a demanda de perfis socioeconômicos existentes. A inserção destas habitações tem interferido na cidade e na vida urbana, fragmentando os espaços e fragilizando as relações.
  • YANE ALMEIDA DINIZ
  • A FORMA DO EDIFÍCIO ALTO: análise de edifícios residenciais em de João Pessoa-PB (1979-1990)
  • Data: 19/07/2013
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A cidade de João Pessoa teve seus primeiros edifícios altos construídos no final da década de 1950, estas obras foram tratadas como símbolo de progresso e modernidade na almejada construção da imagem de uma metrópole. Considerando a existência de dois períodos que marcaram a forma dos edifícios altos na cidade de João Pessoa, toma-se como premissa a ideia de que a partir da década de 1980 o processo viria a se desenvolver apoiado sobre um novo repertório formal. O presente trabalho propõe uma análise para a forma arquitetônica dos edifícios altos residenciais construídos na cidade de João Pessoa entre os anos 1979 e 1989, tendo como objetivo identificar eventuais padrões nas relações entre os elementos constituintes desta forma que caracterizam tais edifícios na cidade e período em questão.
2012
Descrição
  • PATRICIA LOURDES CASADEI COSTA
  • Dieste no Nordeste? Um estudo sobre transferências de tecnologia em arquitetura: O caso das cascas de cerâmica armada.
  • Data: 14/12/2012
  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho estudamos um fenômeno de transferência de tecnologia em arquitetura ocorrido no Nordeste brasileiro, entre os anos de 1982 e 1996. Trata-se do traslado, para a região, da tecnologia de abóbadas de cerâmica armada desenvolvida por Eladio Dieste no Uruguai. A princípio, esta tecnologia foi utilizada na região do grande Recife por arquitetos radicados na cidade e, em seguida, em outros estados do Nordeste como Paraíba, Piauí, Alagoas, Bahia e para outras regiões do país - Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, por esses mesmos arquitetos. Ao cabo desses 14 anos, subitamente, essa tecnologia foi abandonada e resta dela um acervo de mais de vinte obras de uma arquitetura notável, utilizando “as abóbadas uruguaias”.  Nosso trabalho busca resgatar, registrar e compreender a produção desse acervo e o processo de transferência de tecnologia ocorrido, sua gênese e desenvolvimento e as razões do seu ocaso.

  • RAFAELA MABEL SILVA GUEDES
  • A Cidade Alta como paisagem: Repensando a conservação do Centro Histórico de João Pessoa
  • Data: 14/12/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A paisagem é o tema central da discussão aqui delineada, que toma como objeto empírico uma parte do Centro Histórico de João Pessoa – PB, denominada Cidade Alta. O trabalho desenvolve-se em duas frentes: uma delas investiga a relação da paisagem com a conservação, a partir da construção do conceito de paisagem na geografia – disciplina onde tal conceito é profundamente debatido – e na arquitetura – disciplina em que se fundamenta a apreensão e narrativa aqui proposta – e o rebatimento destas discussões e conceituações nas questões patrimoniais. Em paralelo, investiga-se a paisagem da Cidade Alta, apreendendo e analisando suas formas e imagens, levando-se em consideração que tal área é objeto de interesse histórico e se insere no perímetro de tombamento nacional. A intenção é articular a discussão da Cidade Alta enquanto paisagem e da paisagem enquanto patrimônio para repensar as possibilidades da sua conservação.

  • JULIANE LINS DE SOUZA SANTOS
  • CIDADE FUTURA: A URBANIZAÇÃO DA CIDADE DE JOÃO PESSOA NOS JORNAIS DA DÉCADA DE 1930
  • Data: 10/12/2012
  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação trata sobre a urbanização de João Pessoa na década de 1930, extraindo das notícias publicadas em tais anos, nos jornais A União, Correio da Manhã e A Imprensa, as informações necessárias para relatar qual a configuração desta cidade após as modernizações urbanas ocorridas no final do século XIX e início do século XX, assim como quais eram as queixas e solicitações da população e quais obras eram planejadas e realizadas pelo Estado e seus técnicos, concluindo se a cidade edificada era aquela idealizada pela população ou uma outra, satisfatória apenas às administrações públicas. Um trabalho relevante pela lacuna que existia na historiografia local tanto pela falta de aprofundamento nos estudos sobre ações urbanas da década de 1930, em especial os cinco primeiros anos, quanto pelo rico acervo contido nas páginas dos jornais e que não eram explorados como fontes principais de pesquisa. Ações sobre a rua, arborização de praças, denúncias sobre abandono de áreas urbanas, elaboração de planos de urbanização, expansão territorial e acesso aos novos bairros, são alguns dos assuntos presentes nas notícias aqui coletadas e analisadas, permitindo a elaboração desta dissertação.

  • CHRISTIANE NICOLAU ROSENDO FERREIRA
  • ENTRE MUROS: os espaços coletivos dos condomínios residenciais fechados
  • Data: 28/11/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • As cidades à medida que crescem, tem se fechado entre novos muros, levando ao agravamento das questões relativas as ruas e ocupação do espaço urbano, a privatização de espaços públicos, a relação de vizinhança obrigatória, a alusão de uma maior segurança e status. Com isso, os espaços públicos da cidade contemporânea são marcados pela apropriação seletiva e diferenciada dos espaços que deveriam ser acessíveis a todos. O condomínio fechado altera a relação entre público e privado a partir da privatização de espaços públicos. Na zona sul da cidade de João Pessoa, somente no Bairro Portal do Sol, conta-se hoje com sete condomínios horizontais fechados, cada um com as suas grandes áreas de lazer. Como as cidades podem gerar uma diversidade de usos com uma extensão de muros separatistas para aquele que deve mais poder aquisitivo? O objetivo desta pesquisa é analisar as áreas de uso coletivo dos condomínios horizontais fechados: Cabo Branco Residence Privê, Porta do Sol e Bosque das Orquídeas, quanto à morfologia e organização socioespacial, observando as regras de planejamento, as formas, usos e comportamentos dos usuários. A metodologia desta pesquisa será estruturada utilizando como referência base: Lynch (1997), Cullen (1983), Kohlsdorf (2005), Gehl (2006) e Goffman (2010). Parte-se da hipótese de que apesar das semelhanças formais e funcionais visíveis nestes espaços coletivos, existem diferenças fundamentais nas práticas espaciais dos seus usuários. Conhecê-las para poder compreender as dinâmicas e desempenho destes espaços bem como a lógica social de produção da segregação e parte da cultura contemporânea.

  • ANNY KARINNY LIMA LEAL
  • PERMANÊNCIAS E INOVAÇÕES: o projeto Mangabeira
  • Data: 22/11/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Este trabalho aborda a segunda fase de atuação do Banco Nacional de Habitação (BNH), entre 1977 e 1986, caracterizada por uma fase de experimentalismo e crítica, às ações anteriores. Nesse quadro, emerge um amplo conjunto de experiências municipais de habitação de interesse social, com grande heterogeneidade que surgem ao lado das intervenções tradicionais, já aplicadas pelo BNH. Essas experiências projetuais, quando comparados ao modelo usado pelo BNH na sua primeira fase, adotam pressupostos inovadores como desenvolvimento sustentável, diversidade de projetos arquitetônicos, estímulo a processos participativos e autogestionários em parceria com a sociedade organizada. Neste sentido, esta pesquisa tem como objetivo principal analisar o projeto do Conjunto Mangabeira à luz das transformações sofridas entre a primeira e a segunda fase do BNH.

  • FABIANA DE ALBUQUERQUE SILVEIRA
  • Impacto da verticalização na qualidade do espaço residencial: um estudo no bairro de Tambaú, na cidade de João Pessoa-PB
  • Data: 16/11/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Essa pesquisa tem como tema o impacto da verticalização na qualidade do espaço urbano residencial tendo em vista que, tal processo pode vir a interferir na qualidade de vida da população residente local. Utiliza-se como referencial teórico um conjunto de conceitos-chave: qualidade de vida e residencial, espaço urbano, verticalização, adensamento. A pesquisa tem como objeto empírico um recorte espacial de quatro quarteirões localizados no bairro de Tambaú, na Zona Leste da cidade de João Pessoa-PB. O objetivo da pesquisa é analisar o impacto da verticalização na qualidade do espaço residencial, observando as suas implicações para a área estudada ao longo do ano de 2011. A investigação tem como base metodológica de avaliação da área de estudo, a ferramenta QER (Qualidade do Espaço Residencial) adaptada, resultando na aplicação do Índice de Qualidade do Espaço da Habitação (QEH Adaptado) para os quatro quarteirões mencionados. Foram analisadas questões que compõem os indicadores do Índice QEH Adaptado, como: estado de conservação do edifício, tipo arquitetônico dos edifícios, proximidade a orla marítima, interferência do tráfego de veículos, qualidade da paisagem perceptível, grau de privacidade e exposição solar. Através da aplicação da metodologia citada a pesquisa demonstrou que a verticalização pode vir a interferir na qualidade do espaço urbano residencial e conseqüentemente na qualidade de vida dos habitantes do local onde esse processo se insere, entre outras razões, por aumentar o tráfego de veículos e a demanda por estacionamentos, interferir e alterar o clima local e a presença de cobertura vegetal.

  • ANA LUZIA LIMA RODRIGUES PITA
  • SEGREGACAO URBANA E ORGANIZACAO SOCIOESPACIAL: um estudo da Comunidade do Timbo, em Joao Pessoa-PB
  • Data: 29/10/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O estudo trata da organização socioespacial expressa através da segregação, averiguando como esta se revela no espaço urbano. Com o objetivo de identificar a conformação da segregação no espaço da favela e compreender sua configuração socioespacial, foi realizado um estudo de caso na Comunidade do Timbó - localizada no Bairro dos Bancários, em João Pessoa-PB - onde quase metade da população do bairro vive em condições sub-humanas. O Timbó está inserido em um bairro de classe média, bem servido de infraestrutura urbana, no entanto, a população da comunidade padece com a precariedade das moradias, do espaço público, a insalubridade, falta de espaços para sociabilidade e alta densidade construtiva e demográfica do setor onde está locada, influenciando assim na qualidade de vida dos moradores. Para alcance dos objetivos é imprescindível a análise de algumas variáveis no meio urbano do Timbó: acessos/acessibilidade, localização, infraestrutura, traçado, lotes, quadras e vias de circulação, bem como, das barreiras físicas que dificultam a ligação direta da favela com o bairro. Para a realização da pesquisa foram adotados alguns procedimentos metodológicos divididos em etapas: embasamento teórico e conceitual; pesquisa documental em órgãos competentes; sistematização, análise das informações e redação da dissertação. Durante o desenvolvimento da pesquisa foram feitas visitas à comunidade para realização da pesquisa de campo com o intuito de obter informações sobre o local e assim realizar a análise socioespacial. A pesquisa de campo foi embasada pelos autores: HOLANDA (2010), KOHLSDORF (1996), JACQUES (2003), LYNCH (1999) e LAMAS (2004). Os conceitos abordados por estes autores, no segundo capítulo, foram transpostos para a apreensão e leitura do espaço da comunidade. Após o desenvolvimento da pesquisa pode-se afirmar que a favela do Timbó é segregada sócio e espacialmente devido as condições as quais os seus moradores estão expostos. O trabalho é concluído com a exposição das diretrizes urbanísticas que visam amenizar os problemas da favela, proporcionando melhor condição de vida aos moradores do Timbó e maior possibilidade de integração social entre as duas partes da cidade.

  • MARIA DA CONCEIÇÃO PEREIRA PAULINO
  • A Praça João Pessoa: da terra ao mármore
  • Data: 29/10/2012
  • Mostrar Resumo
  • A atual Praça João Pessoa é um dos espaços públicos de origem mais antiga da cidade homônima, capital do Estado da Paraíba. Situada na antiga Rua Direita, atual Rua Duque de Caxias, esta praça se formou a partir do Terreiro fronteiro às construções da Companhia de Jesus desde o século XVI. Em 1771, após a expulsão dos jesuítas, se converteu no Largo do Palácio devido ao  Seminário Jesuítico passar a servir de morada para os Capitães-mores da Capitania e depois, aos Presidentes da Província. Em 1879 iniciou-se a construção do Jardim Público no então Campo do Comendador Felizardo, incorporando  gradil  circundante  e  um coreto, retirados em 1928 e 1930. Em 1933 significativas modificações do seu aspecto físico foram realizadas quando se construiu o monumento Altar da Pátria na Praça João Pessoa, que já era assim denominada desde 1930, ano em que o Presidente do Estado foi assassinado, como uma das homenagens. Apresento e analiso,    tendo como pano de fundo a história da cidade, o  percurso  destas modificações  associando-o  à formação do entorno edificado, bem como aos seus usos e à atuação dos agentes sociais. Ao longo do trabalho evidenciei a memória urbana e social deste espaço  convertido  em espaço sagrado da política,  enquanto lugar de culto ao João Pessoa mitificado, santificado e heroicizado.

  • MARIA SIMONE MORAIS SOARES
  • Formação da Rede Urbana do Sertão de Piranhas e Piancó da Capitania da Paraíba Setecentista
  • Data: 18/10/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A presente dissertação tem por objeto de investigação a formação da rede urbana no Sertão de Piranhas e Piancó ao longo do século XVIII. A rede urbana é entendida a partir da política urbanizadora executada pelos agentes coloniais, o Estado, a Igreja e os agentes econômicos, que proporcionou o surgimento de pontos fixos (aldeamentos, arraiais, povoações, vilas e cidades) e de vias de comunicação, vinculados aos fluxos gerados pelo processo de expansão da pecuária. O objetivo central é verificar como se deu a estruturação dessa rede urbana no Sertão de Piranhas e Piancó no século XVIII, através da atuação dos agentes da colonização. Trata-se de um trabalho de síntese histórica que adotou, como procedimento principal, uma análise da história e da documentação escrita e cartográfica sobre o tema. O resultado identificou que a formação de uma rede urbana, no Sertão de Piranhas e Piancó, ocorreu na primeira metade do século XVIII, vinculada ao processo de “Guerra dos Bárbaros”, tendo como resultado os arraiais e os aldeamentos de índios em missões; e, na segunda metade do século XVIII, marcada pelo pós-guerra, houve a realização de uma política de formação de vilas, instituída inicialmente no Período Pombalino (1750 – 1777) e conduzida ao restante do século. Em paralelo, ao longo de todo o século XVIII, foi verificada a formação de capelas para instalação de povoações, pelos interesses dos proprietários rurais em definir seu poder local, através de doações de patrimônios de terras, que dava o aparato inicial para a sua existência. Busca-se, a partir de tais constatações, contribuir para os estudos da história urbana na Paraíba setecentista.

     

  • EDUARDO ARAUJO LUCAS
  • Arquitetura e Cidade: três obras em Campina Grande entre 1972 e 1985
  • Data: 31/07/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O presente trabalho analisa a relação entre a cidade de Campina Grande e três obras edificadas entre os anos de 1972 e 1985: o Museu de Artes Assis Chateaubriand, projeto de Renato Azevedo, construído entre 1972 e 1976; a sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEP –  (A Casa de Indústria Agostinho Velloso da Silveira), projeto de Cydno da Silveira e Amélia Gama, construído entre 1978 e 1983; e o Terminal Rodoviário Argemiro de Figueiredo (Rodoviária Nova), projeto de Glauco Campello e José Luiz de França Pinho, inaugurado em 1985. O objetivo é estudar como esses três edifícios, articulados entre si, e considerados aqui como pontos focais da cidade, levando em consideração o lugar onde cada um está inserido de acordo com o conceito de fato urbano defendido por Aldo Rossi (2001), contribuíram para a expansão física da cidade e ainda exercem papéis fundamentais na consolidação da malha urbana campinense. Assim posto, serão analisadas as relações entre cada um dos edifícios e seu entorno, utilizando as três escalas de análise propostas por LAMAS (2010) e ROSSI (2001): a escala do lote (dimensão setorial), a escala do bairro (dimensão urbana) e a escala da cidade (dimensão territorial), na busca por entendê-los, primeiro, individualmente, como componentes de um espaço singular e, em seguida, articulá-los ao contexto da cidade como um todo.

  • BRUNA RAMALHO SARMENTO
  • Acessibilidade em sistema de circulação de pedestre: avaliação do Campus I da UFPB
  • Data: 05/07/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O sistema de circulação de pedestre é formado por estruturas que compõem uma importante parcela do ambiente construído; e sua acessibilidade é condição essencial para uma mobilidade urbana segura e inclusiva; especialmente em instituições públicas de ensino, as quais devem garantir o livre acesso do cidadão a todos os setores e níveis de ensino e pesquisa.  Nesse sentido, esta pesquisa tem como objetivo principal avaliar a acessibilidade do sistema de circulação de pedestres do Campus I da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), por meio da identificação de sua integração espacial, utilizando a Sintaxe Espacial; da caracterização física dos percursos mais integrados, utilizando a Planilha de Avaliação da Acessibilidade; e da avaliação do sistema por completo, através da aplicação de questionário entre os usuários. A partir da metodologia aplicada, observou-se que a Cidade Universitária é composta por percursos mais lineares na direção Oeste e Sul, e trechos com maiores mudanças de direção na direção Leste e Norte, que indicam menores níveis de acessibilidade. No tocante à infraestrutura, identifica-se a necessidade de adequação a legislação específica referente à comunicação e sinalização, seguida do mobiliário ubano, acessos e circulação e estacionamento, o que sugere a urgência na elaboração e execução de um projeto de sinalização para o Campus, bem como, a ampliação do mobiliário urbano e a reestruturação de calçadas, passarelas e estacionamentos. Com vistas a minimizar as dificuldades identificadas, foram propostas melhorias específicas a curto, médio e longo prazo, como a elaboração de um Plano de Mobilidade para o Campus, que assegure a acessibilidade das estruturas do sistema. Por fim, considera-se que esta pesquisa colaborou de forma considerável para a indicação de pontos críticos e elencou os que devem ser priorizados durante o processo de planejamento ou de reestruturação do sistema de circulação de pedestres do meio urbano do Campus I da UFPB.

  • GIMAOLI CAVALCANTI DE OLIVEIRA
  • Estudo do Potencial de Aproveitamento da Iluminação Natural nas Escolas Municipais de João Pessoa
  • Data: 29/05/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O ambiente construído deve adequar-se ao clima em que está inserido para minimizar o impacto ambiental causado pelo consumo desenfreado dos recursos naturais. O desenvolvimento de novas tecnologias capazes de avaliar a iluminação natural pode auxiliar no projeto direcionado ao uso energeticamente eficiente da iluminação na arquitetura. Alicerçada na revisão bibliográfica referente a essas novas tecnologias, essa pesquisa teve como objetivo analisar o potencial de aproveitamento da luz natural em salas de aula da rede municipal de ensino, na cidade de João Pessoa. A amostra selecionada representa um conjunto de escolas construídas segundo o projeto padrão adotado nas últimas gestões da Prefeitura Municipal de João Pessoa, e que ainda se encontra em uso. A metodologia adotada consistiu em medições in loco e simulações computacionais feitas com a utilização do software Daysim. Os resultados obtidos permitiram concluir que há grande potencial de aproveitamento da iluminação natural, contudo, verifica-se a necessidade de implementar ações de controle da luminosidade excessiva. A existência de 10 escolas construídas, sob o mesmo projeto, em sítios diferenciados, permitiu ainda analisar o grau de influência do entorno na disponibilidade de luz natural dentro das salas de aula.
  • RUI VANDERLEI ROCHA JÚNIOR
  • Construção arquitetônica contemporânea: a obra de Gilberto Guedes
  • Data: 15/03/2012
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Este trabalho aborda a produção do arquiteto paraibano Gilberto Guedes. Traça um panorama da sua arquitetura para, a partir da análise de quatro projetos de habitação unifamiliar, identificar quais os pressupostos contemporâneos de sua produção. As quatro casas escolhidas revelam uma forma de fazer arquitetura que contempla, além de suas idiossincrasias, aspectos próprios do espírito do tempo em que foram produzidas, entre 1990 e 2011. Busca-se as estratégias, os mecanismos, procedimentos e artefatos formais recorrentes no conjunto da sua obra. Arquitetoem plena atividade, Guedes possui uma produção que foi alvo de premiações, reportagens e publicações de distintos calibres, locais, nacionais e internacionais, e que dão a medida de sua importância frente a produção contemporânea. O arquiteto é apresentado no contexto da produção contemporânea, construindo um perfil que traz uma visão particular da arquitetura na Paraíba.
2011
Descrição
  • FLORA ALEXANDRE MEIRA COSTA
  • Residuos da construcao civil - um olhar a partir da prancheta
  • Data: 20/12/2011
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • A indústria da construção civil exerce um importante papel no contexto socioeconômico brasileiro. Por outro lado, sua atividade é reconhecida como uma das mais impactantes para o meio ambiente, seja pelo alto consumo de recursos naturais que a mesma exige, seja pela modificação da paisagem, ou pela geração de resíduos. Desde a década de 1990 os altos índices de geração de Resíduos da Construção Civil (RCC) veem sendo alvo de discussão. No entanto, quando se aborda a minimização da geração de RCC, predomina o discurso focado em ações de gestão dos resíduos no canteiro de obras ou em alternativas para a reciclagem e/ou reuso do RCC. A temática desta pesquisa lança um novo olhar sobre esta questão, se propondo a identificar as relações entre o processo projetual de Habitação Multifamiliar Vertical (HMV) e a geração de RCC, a partir de uma análise qualitativa do processo projetual de um escritório de arquitetura com larga experiência no desenvolvimento de projetos de HMV. Os resultados apontam para alguns elementos de projeto que podem ser determinantes para a geração de RCC, tais como: estrutura, alvenaria e sua interface com instalações e acabamento. Além disso, foram identificadas algumas ações que, quando adotadas no processo projetual, podem favorecer a minimização de RCC: padronização dos componentes e dimensões e otimização do processo de coordenação e detalhamento de projeto. No que diz respeito a postura dos profissionais entrevistados, percebeu-se que apesar de terem demonstrado pouco conhecimento a cerca da temática do resíduo, adotam em seus projetos princípios de racionalização da construção que indiretamente influenciam na redução do RCC. A principal contribuição desta pesquisa é a aproximação da temática da geração de RCC com as linhas de pesquisa no âmbito d arquitetura e urbanismo.
  • AMANDA PESSOA DE ARAUJO LEITE
  • A PRODUÇÃO DE HABITAÇÕES POPULARES NO ESPAÇO PERIURBANO DA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB (2006-2011): O CONJUNTO HABITACIONAL GERVÁSIO MAIA
  • Data: 19/12/2011
  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objetivo, analisar a produção do Conjunto Habitacional Gervásio Maia no espaço periférico da cidade de João Pessoa. O mesmo foi construído no ano de 2006, para abrigar a população que vivia em acampamentos e em favelas na cidade. Situado no bairro de Gramame, área periférica sul da cidade, esse conjunto habitacional resulta da política habitacional brasileira, voltada para a população de baixa renda. A pesquisa foi realizada a partir de pesquisa bibliográfica, levantamento de dados em instituições governamentais, bem como de entrevistas utilizando-se questionário em 302 unidades habitacionais. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva e interpretativa. Inicialmente recupera-se a história da política habitacional em João Pessoa e o processo de expansão urbana, em direção à periferia, dirigida pelos interesses do Estado e do mercado imobiliário. Em um segundo momento, analisa-se como vem se dando a produção da habitação popular na cidade, destacando-se o Conjunto Habitacional Gervásio Maia, e por último mostra-se quais as condições das edificações e o quadro das condições de vida da população aí residente. A pesquisa revela que o aumento de áreas destinadas à habitação popular, em grande parte, em bairros pobres periféricos, contribui com o processo de valorização do solo urbano, com a seletividade dos espaços e com a formação de uma cidade socialmente segmentada.

  • MARCELLA VIANA PORTELA DE OLIVEIRA CUNHA
  • Acessibilidade Fisica do Idoso ao Espaco Publico: estudo e proposicoes projetuais em Joao Pessoa-PB.
  • Data: 16/12/2011
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Este estudo trata da análise das condições de acessibilidade física que permitem ao idoso se apropriar do espaço público, tendo como estudo de caso uma praça e um parque da cidade de João Pessoa – PB, identificando as perdas biológicas e funcionais que os mesmos adquirem devido ao processo de envelhecimento, a fim de verificar as necessidades físicas peculiares desta parcela da população, além de estudar os ambientes dos espaços livres públicos urbanos, verificando quais as atividades praticadas pelos idosos e como eles se apropriam desses locais. Sabe-se que inúmeras pesquisas relacionadas ao projeto de ambientes para idosos são geralmente direcionadas para instituições asilares e/ou ambientes residenciais, porém uma grande parcela dos idosos utiliza áreas livres públicas urbanas, principalmente as praças e parques, por isso a cidade precisa oferecer espaços urbanos adequados as especificidades deste público. Para o desenvolvimento da pesquisa foi realizado, primeiramente, a fundamentação teórica, que abordou temas como: o idoso, o espaço público, o processo de envelhecimento e a acessibilidade. Para a realização da pesquisa de campo foi utilizada, primeiramente, a observação sistemática, com a caracterização dos espaços públicos e a produção de mapas comportamentais, em seguida aplicou-se o roteiro de avaliação que teve como principal objetivo a identificação de barreiras arquitetônicas, e por último, houve a aplicação dos questionários, caracterizando o público alvo e conhecendo a percepção do mesmo com relação acessibilidade dos locais pesquisados. Os dados obtidos foram analisados e, juntamente com as informações obtidas durante a fundamentação teórica, resultaram em proposições projetuais focadas na acessibilidade física, nos princípios do Desenho Universal e na legislação normativa, com o objetivo de trazer melhorias para esta parcela da população no uso dos espaços públicos urbanos de forma geral.
  • TAISE COSTA DE FARIAS
  • Patrimônio Cultura: a indissociabilidade do patrimônio material e imaterial na cidade de Pombal.
  • Data: 16/12/2011
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O presente trabalho trata do patrimônio cultural a partir de uma concepção mais ampla, não mais centrada no valor de determinados objetos e sim numa relação da sociedade com sua cultura,  corroborando  com a ideia de indissociabilidade do patrimônio material e imaterial, por meio  de um estudo que relaciona a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - com o seu valor material comprovado pela sua história e arquitetura do século XVIII - e a festa do Rosário - com o seu universo simbólico, cultural e popular - como elementos formadores do patrimônio cultural da cidade de Pombal, no alto sertão paraibano. Como pressupostos de pesquisa  têm-se a ideia de patrimônio cultural enquanto processo de identificação coletiva no qual a representação e os valores socioculturais são fundamentais no processo de investigação dos vínculos existentes entre a população e o patrimônio material e imaterial, a Igreja de N. Sra. do Rosário dos Pretos e a festa do Rosário, respectivamente. Para tanto, adotou-se como base teórica e metodológica a teoria das representações sociais, que permite abordar os aspectos simbólicos e do imaginário relacionados ao espaço urbano. Para coleta de dados, foram aplicadas quatro entrevistas distribuídas igualmente entre os grupos: moradores residentes no perímetro tombado pelo IPAHEP, membros da Irmandade e grupos culturais, pessoas ligadas à Igreja de N. Sra. do Rosário dos Pretos, e pessoas chaves. Na
    análise das informações, foram adotadas abordagens qualitativas, a partir da analise do conteúdo, em que se investigou a relação do sujeito com os bens patrimoniais; a ligação entre apropriação, memória e lugar; os bens patrimoniais que estão mais ligados ao imaginário da população; e os valores que estruturam as representações.
    O trabalho procura contribuir para o estudo  da dimensão subjetiva do patrimônio cultural - relacionados especificamente com a indissociabilidade do patrimônio – e a preservação de um acervo de  realizações materiais e imateriais de uma sociedade, que associados a um sentimento de identidade coletiva, contemplam o patrimônio cultural da cidade de Pombal/PB.

  • FERNANDA DE CASTRO FARIAS
  • Cidade em expansão, arquitetura em transformação: o Art Déco na João Pessoa de 1932-1955
  • Data: 26/09/2011
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O objetivo desta dissertação é investigar, a partir do vínculo entre arquitetura e cidade, a relação da produção arquitetônica de filiação Art Déco com o processo de formação e expansão da malha urbana em João Pessoa entre os anos de 1932-1955. A análise desta relação torna-se mais rica quando se entende que algumas inovações só são possíveis, ou até obrigatórias, em função do lugar em que o edifício é implantado. O universo de pesquisa foi delimitado, considerando-se a área ocupada na cidade até início dos anos 1950, subdividindo-o em sete áreas e realizando dezessete mapas setoriais dos trechos pesquisados com fotografias atuais das edificações em estudo, destacando-se as áreas que foram alvo das reformas urbanas na primeira metade do século XX. Analisa-se as formas de manifestações da arquitetura Art Déco, a partir da definição de seis critérios fundamentais que determinam as especificidades desta arquitetura e da relação da mesma com a cidade.
  • FLAVIA DANTAS DA NOBREGA
  • O processo de verticalização e a (re)produção da cidade: um estudo do bairro de Manaíra em João Pessoa, PB
  • Data: 29/08/2011
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • O processo de verticalização e a (re)produção da cidade: um estudo do bairro de Manaíra em João Pessoa, PB

  • WILMA FERNANDES PINHEIRO
  • Ambientes coletivos de condomínios horizontais situados na cidade de João Pessoa - PB: Uma análise da adequação ao uso
  • Data: 24/08/2011
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Um tipo de construção que vem se propagando nas cidades brasileiras é o condomínio horizontal. Os ambientes coletivos, no interior dos condomínios horizontais destinados à população de alta renda, são apresentados através de ilustrações, fotos e frases de efeito que vêm incentivando a compra desse tipo de espaço. Mas será que os espaços de uso coletivo dos condomínios são adequados ao uso dos moradores e atendem as expectativas geradas pelas propagandas? As suas características físicas contribuem para o seu funcionamento? Quais as experiências de uso desses espaços? Diante dessas questões surge a preocupação em refletir sobre os ambientes condominiais, na tentativa de contribuir no conhecimento dos atributos físicos e do funcionamento desses espaços, tanto no que se refere aos aspectos positivos quanto aos aspectos negativos. A cidade de João Pessoa teve, nos últimos anos, um acréscimo significativo desse tipo de empreendimento em sua malha urbana. Esta dissertação analisa dois condomínios horizontais da capital paraibana destinados à população de alto padrão, tendo como objetivo geral analisar os ambientes coletivos de condomínios horizontais com ênfase no comportamento e percepção dos moradores e tomando como base a análise da relação do uso com os atributos físicos (acessibilidade, equipamentos de lazer e estética). A pesquisa se baseia na hipótese de que a utilização dos ambientes coletivos em condomínios horizontais está relacionada aos aspectos de projeto. Acredita-se que os projetos desses ambientes são definidos de forma a atender mais os interesses financeiros do que as necessidades dos usuários. Para atingir os objetivos a pesquisa recorreu à área de conhecimento que analisa as relações ambiente-comportamento. Foram utilizados multi-métodos envolvendo: análise de documentos; entrevistas informais; observações de traços físicos; observações de comportamentos e questionário. Os resultados revelam que as crianças usam mais esses ambientes para as atividades de lazer (físicas e sociais), ao passo que a maioria dos moradores adultos e idosos não usa os ambientes coletivos de seus condomínios. A percepção dos usuários indica que as poucas opções de equipamentos de lazer e serviços constituem o principal motivo que dificulta a utilização dos ambientes coletivos condominiais. Com o resultado dessa pesquisa pode-se indicar ações para a melhoria dos ambientes analisados e destacar a importância de avaliações quanto aos atributos físicos desses empreendimentos para que os envolvidos nos projetos reflitam sobre as limitações e demandas dos ambientes coletivos de condomínios horizontais.
  • JUSSARA BIOCA DE MEDEIROS
  • O ‘OUTRO’ CENTRO HISTÓRICO DE JOÃO PESSOA: cartografias mentais dos estudantes de arquitetura e urbanismo do UNIPÊ
  • Data: 23/08/2011
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta dissertação se dedica a analisar a percepção dos estudantes do 8° período do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário de João Pessoa - UNIPE, instituição de ensino superior privada, sobre o espaço urbano compreendido pelo Centro Histórico de João Pessoa, tombado conforme Decreto Estadual nO 25.138 em 2004. A fonte de pesquisa utilizada para estabelecer os padrões de apreensão foi uma coletânea de cem mapas mentais desenvolvidos na disciplina Urbanismo IV durante os períodos letivos de 2005.2 a 2010.1. A natureza desta pesquisa é exploratória, e partiu da decodificação dos valores visuais do lugar registrados nos mapas. As informações obtidas identificaram a estrutura, o conteúdo, as características e os registros dos elementos estruturadores da percepção espacial das imagens correspondentes: limites, bairros, vias e edificações representadas de forma direta e indireta. A relevância desta pesquisa está, sobretudo, em explorar dimensões de análise que articulam os registros espaciais cartográficos, com valores, percepções e memórias permitindo uma leitura e apreensão da forma do espaço pelos quais os edifícios, as áreas de fluxo e permanência se transformam em objetos culturais e sociais. Neste sentido os resultados obtidos fornecem um panorama da ligação entre o registro de memória do grupo e o espaço físico tombado.
  • MERCIA PARENTE ROCHA
  • Data: 27/06/2011

2010
Descrição
  • DIMITRI COSTA CASTOR
  • UMA ANÁLISE DAS RELAÇÕES ENTRE A DINÂMICA DE SEGREGAÇÃO DAS CLASSES SOCIAIS E A LEGISLAÇÃO URBANÍSTICA: O Zoneamento ao longo do setor estruturado pelo corredor da Avenida Epitácio Pessoa, na cidade de João Pessoa, Paraíba.
  • Data: 10/12/2010
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Essa pesquisa tem como tema uma analise das relacoes entre a dinamica de segregacao das classes sociais e a legislacao urbanistica ao longo do setor estruturado pelo corredor da Avenida Epitacio Pessoa, na cidade de Joao Pessoa, Paraiba. O seu objetivo e analisar estas interrelacoes da dinamica de segregacao de classes sociais e a legislacao urbanistica, observando suas implicacoes sociais e espaciais na cidade, dentro de um recorte temporal definido (1971-2009). Utilizou-se como referencial teorico uma serie de conceitos, denominados conceitoschave, como: localizacao, segregacao, espaco intraurbano, solo criado, acessibilidade, entre outros; bem como, a aplicacao do modelo de setores segundo Hommer Hoyt (1939) como ferramenta de analise do espaco da cidade. Utiliza-se a sobreposicao de mapas tematicos (legislacao urbanistica, renda das classes sociais, preco do solo) para sintese dos resultados. O trabalho pretende identificar se o zoneamento tem influenciado no preco do solo urbano, e na dinamica de segregacao das classes sociais em Joao Pessoa.
  • MARIA HELENA DE ANDRADE AZEVEDO
  • A Rua Direita em Preto e Branco – cidade da Parahyba (1870-1930): fotografias de arquitetura numa leitura histórico-morfológica da paisagem urbana
  • Data: 10/12/2010
  • Visualizar Dissertação/Tese   Mostrar Resumo
  • Esta dissertação se dedicou a pesquisar a morfologia urbana da Rua Direita, na cidade da Parahyba, a partir de suas fotografias, tomadas entre as décadas de 1870 e 1930, quando a paisagem urbana era alvo do olhar de fotógrafos no mundo todo. A fotografia é, então, apontada aqui como indício histórico ao subsidiar as informações sobre os processos de transformação ou desaparecimento dos elementos morfológicos da Rua Direita (atual Rua Duque de Caxias), permitindo que se relate as alterações de suas configurações físicas num viés histórico. Como a via aqui estudada é estruturante na origem e desenvolvimento do traçado urbano local, o desenrolar de sua história revelou também aspectos da história da cidade da Parahyba.

  • VLADIMIR SOBRAL DE SOUZA
  • Data: 09/12/2010

  • MANOEL BRITO DE FARIAS SEGUNDO
  • Data: 07/12/2010

  • MANUELA DE LUNA FREIRE DUARTE
  • Data: 30/09/2010

  • ANNA CRISTINA ANDRADE FERREIRA
  • Data: 27/09/2010

  • ANNA MARIA DE LIRA PONTES
  • Data: 17/09/2010