PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: RICARDO MONTEIRO ROCHA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RICARDO MONTEIRO ROCHA
DATA: 08/12/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Link da videochamada: https://meet.google.com/zcn-pxjx-pts
TÍTULO: HISTERESE URBANA: UM MODELO PARA CAPTURA DE DINÂMICAS URBANAS TESTADO NOS CENTROS HISTÓRICOS DE RECIFE-PE E JOÃO PESSOA-PB NO PERÍODO NOTURNO
PALAVRAS-CHAVES: Histerese Urbana, Coercitividade Urbana, Remanência Urbana, Saturação Urbana.
PÁGINAS: 348
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
RESUMO: A presente Tese desenvolve o conceito de Histerese Urbana tendo como fonte o conceito análogo de histerese magnética provindo do eletromagnetismo. A Histerese Urbana está relacionada com a memória da vitalidade urbana existente em trechos da cidade e sua composição é estruturada através de três variáveis: a Saturação Urbana, que relaciona a área pedestrianizada com a confortabilidade do pedestre; a Coercitividade Urbana que sinaliza a atratividade da tipologia do espaço edificado e a Remanência Urbana que trata da Vitalidade Urbana através do fluxo de pessoas. Como caminho metodológico foram adotadas duas vertentes. A primeira com ênfase na construção teórica conceitual e a segunda numa perspectiva mais quantitativa, fundamentada na construção de uma escala de mensuração da Histerese Urbana através de curvas características, denominadas curvas de Histerese Urbana, que representam o desempenho da histerese urbana nos trechos estudados, denominados de Recortes Magnético Urbanos (RMUs). Para elaboração de tais curvas foi idealizada uma ficha de observação padrão baseada na construção de parâmetros específicos. O estudo foi realizado nos centros históricos de Recife- PE e João Pessoa-PB, durante o período noturno. Para análise dos RMUs utilizou-se técnicas estatísticas de agrupamento. Os RMUs foram classificados numa escala de Alta Histerese Urbana, Média Histerese Urbana e Baixa Histerese Urbana. Observou-se que os RMUs pertencentes ao centro histórico de Recife possuem em média melhor Histerese Urbana que os RMUs de João Pessoa. A pesquisa foi realizada em condições atípicas já que o período de coleta coincidiu com a pandemia da COVID-19. Algumas características peculiares dos centros históricos estudados influenciaram no desempenho da histerese urbana, como a presença do Porto Digital no centro histórico de Recife. A Tese apresenta sugestões e indicativos para que trabalhos futuros sobre o tema sejam realizados em outras cidades e/ou outras áreas de estudo.
MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOSE ESPINOLA DA SILVA JUNIOR
Presidente - 337162 - JOVANKA BARACUHY CAVALCANTI
Interno - 2398542 - LUCY DONEGAN
Interno - 767.911.144-87 - MAURO NORMANDO MACEDO BARROS FILHO - UFCG
Externo à Instituição - NORMA LACERDA GONÇALVES