PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone:
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: LARISSE LIMA DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARISSE LIMA DE SOUSA
DATA: 21/11/2014
HORA: 08:00
LOCAL: Sala multimidia do CT
TÍTULO: Percepção ambiental de estudantes em regimes de tempo regular e integral: um estudo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Educador Francisco Pereira da Nóbrega
PALAVRAS-CHAVES: percepção ambiental; escolas; crianças e adolescentes
PÁGINAS: 171
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
SUBÁREA: Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
RESUMO: Crianças e adolescentes despendem boa parte do seu tempo em ambientes escolares, o que, com o Projeto Mais Educação, representa um mínimo de 7 horas diárias. Em João Pessoa, até o final de 2013, havia 172 escolas participando do referido projeto, funcionando em sistema misto: parte dos alunos em regime regular e parte em tempo integral. Essa pesquisa foi desenvolvida a partir de um questionamento principal, a saber: como alunos em regimes regular e integral percebem o ambiente escolar? Na busca de uma resposta, foi selecionada uma escola-padrão da rede municipal da cidade de João Pessoa, com o objetivo de investigar diferenças e semelhanças entre a percepção ambiental de 90 alunos em regimes de tempo integral e regular, cuja idade variou entre 8 e 16 anos. A pesquisa recorreu às seguintes etapas: I- visita exploratória às escolas; II- entrevista semiestruturada com as diretoras; III- caracterização das escolas quanto aos aspectos ambientais (térmico, acústico, lumínico e mobiliário); IV- execução de desenhos-temáticos por parte dos alunos; e V- aplicação de questionários junto aos alunos. Os resultados mostraram que não há diferenças significativas entre a quantidade de ambientes representados por alunos dos dois regimes (t(88) = 0,74; valor-p > 0,05). Também não há correlação entre quantidade de horas que os alunos passam na escola e número de ambientes representados (r de Pearson igual a 0,079). De modo geral, os alunos gostam da escola, sendo o ginásio poliesportivo o ambiente preferido, que cumpre a função de pátio, pois é onde se reúnem durante o recreio. A sala de informática é considerada interessante, mas a ausência de internet implica em uma barreira que causa a sua não utilização. Os alunos propuseram melhorias em ambientes existentes, além da criação de área de jogos, playground e piscina. Ao fim da investigação, além do feedback à escola, foram tecidas recomendações para reduzir os problemas detectados, a serem encaminhadas à Secretaria de Educação de João Pessoa.
MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2583808 - FABIANA SENA DA SILVA
Externo à Instituição - GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
Interno - 337162 - JOVANKA BARACUHY CAVALCANTI SCOCUGLIA
Presidente - 1051958 - SONIA MARIA DE BARROS MARQUES