PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone:
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: EMANOELLA BELLA SARMENTO SALGUEIRO ELIZIÁRIO MATIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EMANOELLA BELLA SARMENTO SALGUEIRO ELIZIÁRIO MATIAS
DATA: 29/07/2015
HORA: 09:30
LOCAL: Lacesse
TÍTULO: A Inserção de Acessibilidade em Áreas Tombadas: Roteiro turístico para pedestres no Centro Histórico de João Pessoa - PB.
PALAVRAS-CHAVES: Acessibilidade. Centro Histórico. Espaço Público Livre Tombado. Roteiro Turístico para Pedestres.
PÁGINAS: 201
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
SUBÁREA: Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
RESUMO: Com um valor inquestionável às cidades e suas culturas, as Áreas Tombadas carregam em si uma representatividade que vai além de seu papel histórico. Embora delimitados, em sua maioria, por espaços grandiosos e ricos em detalhes, são compostos, muitas vezes, de acessos difíceis e práticas de conservação não acolhedoras que, apesar de resguardarem o patrimônio, excluem de sua vivência, o homem, agente essencial para que estes locais continuem a existir. Nesta pesquisa, refletiu-se acerca da viabilidade da inserção de acessibilidade, no Centro Histórico (CH) de João Pessoa, capital da Paraíba – Brasil, a partir do Espaço Público Livre Tombado (calçadas, vias carroçáveis). Para tanto, estudou-se o Roteiro Turístico para Pedestres instituído neste CH que, tem como finalidade informar, sinalizar e conduzir o turista e a população residente à passeios. A metodologia empregada compreendeu o aporte teórico e conceitual, com a análise das legislações referentes ao Espaço Público Livre Tombado e à Acessibilidade, bem como o estudo de práticas de intervenção ocorridas em áreas semelhantes; o reconhecimento em campo do objeto de estudo por meio do contato direto com os Órgãos Patrimoniais (IPHAN e IPHAEP), a aplicação de entrevistas e o walkthrough no Roteiro Turístico para Pedestres; a avaliação deste Roteiro, através da aplicação de uma planilha de avaliação de acessibilidade, para a proposição de diretrizes para acesso alternativo, e uso do método de passeio acompanhado em trechos identificados como aqueles com potencial para sofrerem adaptações com base no acesso seguro e autônomo, tendo por fim, a análise e discussão dos resultados. Constatou-se ser possível alcançar um grau satisfatório de acessibilidade na área central de João Pessoa, tendo como requisitos inerentes a esta intervenção, o respeito ao pedestre e a valorização do Patrimônio Histórico no ambiente construído.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1644352 - ANGELINA DIAS LEAO COSTA
Externo ao Programa - 1943862 - LUCIANA ANDRADE DOS PASSOS
Interno - 338233 - MARIA BERTHILDE DE BARROS LIMA E MOURA FILHA