PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone:
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: YASMIN RAMOS PEREGRINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: YASMIN RAMOS PEREGRINO
DATA: 25/11/2016
HORA: 15:00
LOCAL: Sala DAU
TÍTULO: (Re)conhecendo a favela: uma analise socioespacial urbanística de Três Lagoas, em João Pessoa-PB
PALAVRAS-CHAVES: favela, análise sócioespacial, diagnostico urbanistico, morfologia urbana.
PÁGINAS: 200
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
SUBÁREA: Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
RESUMO: A participacao da favela na (re)producao, apropriacao e expansao do espaco intraurbano tem corroborado para a construcao da cidade enquanto teia urbana dotada de parcelas formais e informais que contribuem para a diversidade da morfologia e das praticas sociais. Nesse contexto, e fundamental que sejam feitos estudos acerca da producao informal do espaco das favelas, considerando sua devida complexidade socioespacial, ou seja, levando em conta o carater social e fisico do espaco. Diante disso, o objetivo central da presente investigacao e desenvolver uma analise urbanistica de aspectos socioespaciais da favela Tres Lagoas, localizada na cidade de Joao Pessoa, Paraiba, Brasil. Isso, partindo da hipotese de que a analise urbanistica da dinamica socioespacial de uma favela deve se apoiar na correlacao entre as questoes fisicas, sociais e temporais do espaco para que se alcance uma analise socioespacial integrada, capaz de apontar a realidade local. Foi, portanto, adotada uma estrutura metodologica que decompoe o objeto empirico em oito temas socioespaciais urbanisticos que passaram por processos de sinteses iconograficas e textuais, para entao gerar uma analise integrada de todos os temas no formato de uma sintese dimensional resultante de uma analise comparativa de diferentes momentos temporais da favela Tres Lagoas, entre os anos de 2013 e 2016. Esta investigacao se justifica por acrescentar conteudo a academia com dados referentes a um recorte geografico ainda pouco explorado cientificamente, e por constituir uma contribuicao para a analise socioespacial das favelas, tendo em vista que e fundamental a compreensao desse universo informal para que sejam alcancadas intervencoes eficientes e que promovam a melhoria na qualidade de vida dos residentes e a integracao socioespacial da cidade.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 337195 - DORALICE SATYRO MAIA
Presidente - 338146 - JOSE AUGUSTO RIBEIRO DA SILVEIRA
Externo à Instituição - LÍVIA IZABEL BEZERRA DE MIRANDA
Externo à Instituição - MILENA DUTRA DA SILVA