PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone:
Não informado

Notícias


Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA MARIA KLÜPPEL PEREIRA GAIÃO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA MARIA KLÜPPEL PEREIRA GAIÃO
DATA: 30/01/2017
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DAU
TÍTULO: A produção e reinvenção de espaços públicos na cidade de João Pessoa.
PALAVRAS-CHAVES: Imagem, cidade, espaço público, turismo.
PÁGINAS: 65
RESUMO: Esta pesquisa está focada no estudo das imagens produzidas sobre a cidade de Jogo Pessoa - PB a partir de intervenções, em pontos específicos de seu espaço urbano, realizadas pelo poder público ao longo dos últimos anos utilizando estratégias de planejamento urbano no processo de produção dos espaços da cidade. Os seguintes questionamentos e pressupostos conduzem nossas investigações: se a cidade produzida pelos seus diversos agentes está reproduzida nas fotografias e vídeos oficiais veiculados na internet pelo poder públicos o que estas imagens procuram definir como "imagem da cidade de João Pessoa"l quais são os elementos que se sobressaem e se ocultam nesses processos de produção de imagens da cidade; e por fim que significados denotam as visibilidades e as ocultações. A partir da análise deste material é feita uma investigação na qual se procura identificar as imagens construídas da cidade de Jogo Pessoa e refletir sobre estas, diante do quadro global de produção de imagens homogeneizadas de cidades difundidas pela indústria do turismo e lógica mercantil que a subjaz. A partir do levantamento e análise do material coletado poderão ser estabelecidas conexões entre produção e reprodução da cidade e criação e recriação de cenários, práticas urbanas e mudanças de comportamento que afetam a cultura urbana local, bem como de uma /de/a /magéf/ca que insira João Pessoa no quadro nacional e internacional de competitividade no mercado por recursos financeiros e atração turística. A reflexão teórica conceptual que fundamentará estas reflexões se concentra na literatura que se desenvolveu a partir da década de 1950 voltada para uma crítica do urbanismo funcionalista e da produção de processos de espetacularização dentro da lógica capitalista de produção dos espaços e de modelos de cidade para consumo e circulação ampla de capitais e suas mercadorias Destacamos Henri Lefebvre, Michel de Certeau, Gui Debord, W. Benjamin, Gaston Bachelard e estudos específicos de outras cidades contemporâneas nas quais, como afirma Francesco Munoz, há indícios da existência de um processo de "urbanalização" das grandes cidades, em escala planetária, que supomos atingir também as médias e pequenas cidades do Brasil, com destaque aqui para a cidade de João Pessoa.
MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1349730 - FRANCISCO DE ASSIS DA COSTA
Presidente - 337162 - JOVANKA BARACUHY CAVALCANTI
Externo à Instituição - LÍVIA IZABEL BEZERRA DE MIRANDA
Interno - 1768957 - MARCELE TRIGUEIRO DE ARAUJO MORAIS