PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (PPGAU)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: PABLO RAPHAEL DE LACERDA FERREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PABLO RAPHAEL DE LACERDA FERREIRA
DATA: 07/12/2017
HORA: 15:00
LOCAL: Sala Multimidia Depto Arquitetura
TÍTULO: Contribuição do cobogó de terra crua nas condições higrotérmicas dos ambientes internos na edificação
PALAVRAS-CHAVES: cobogó; construção com terra; BTC; umidade relativa do ar; conforto higrotérmico;
PÁGINAS: 128
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
SUBÁREA: Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
RESUMO: Com a intensificacao da urbanizacao, a crescente demanda por materiais utilizados na construcao das edificacoes nas cidades passou a ser atendida por processos de producao em larga escala, utilizando-se de alto consumo de energia. Alem disso, as edificacoes, nem sempre com solucoes adequadas para o conforto ambiental, passaram tambem a demandar mais energia para climatizacao dos espacos interiores. Portanto, o uso de materiais industrializados nas edificacoes nao garante a qualidade no ambiente construido, mas certamente esta relacionado a grandes impactos no meio ambiente. Nas construcoes com terra crua, alem da possibilidade de minimizacao destes impactos ambientais, seja no processo de fabricacao dos componentes com baixa energia incorporada, seja no descarte de seus residuos facilmente reabsorvidos pela natureza, pode favorecer um melhor rendimento energetico durante o uso da edificacao. Neste contexto, esta pesquisa busca caracterizar o elemento vazado proposto com uso de terra crua comprimida estabilizada com cimento Portland, quanto a sua capacidade higrotermica, auxiliando no condicionamento do ar em ambientes internos da edificacao. A ideia visa amenizar os efeitos do clima quente e seco, no qual existem notaveis amplitudes termicas e higrometricas diariamente, como ocorre no semiarido do nordeste brasileiro. Por se tratar de um elemento vazado em terra crua a ser utilizado em fachadas das edificacoes e poder ser fabricado sem consumo de energia, explora-se o potencial higrometrico do material para o condicionamento do ar (umidade relativa e temperatura) nos espacos interiores. A pesquisa adotou como estrategia a utilizacao do elemento vazado produzido em miniatura (escala 1:4), para viabilizar a avaliacao de pequenos paineis dentro de um tunel de vento, com controles higrotermicos com variacoes da umidade relativa do ar, entre 30% e 80%, e temperatura do ar, entre 20 ºC e 30 ºC, em ciclos alternados de 12 horas. A capacidade e a velocidade de absorcao e eliminacao do vapor d’agua do ar pelo material foram analisadas, em testes com paineis sobrepostos em ate 4 camadas, com os espacos vazados dos cobogos propostos posicionados de maneira invertida por cada camada, criando-se desvios para o fluxo do ar que atravessa os paineis. Com isso, buscou-se avaliar a eficiencia do sistema em camadas, na maior interacao entre material / ar envolvente, e a consequente potencialidade de modificar a umidade relativa e a temperatura do ar no lado posterior ao painel. A partir dos resultados encontrados foi possivel confirmar a propriedade higrometrica da terra crua comprimida estabilizada com cimento Portland, presente nos elementos vazados propostos, e constatar que, ao utilizar o painel com 3 camadas de cobogos, com a geometria especialmente projetada e os elementos assentados diferentemente para cada camada, ha potencial para melhorar a qualidade do ar depois que atravessa o sistema de camadas do painel.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1346053 - ALUISIO BRAZ DE MELO
Interno - 1790856 - CARLOS ALEJANDRO NOME SILVA
Externo ao Programa - 085.487.494-15 - NORMANDO PERAZZO BARBOSA - UPMC