PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA (PPGH)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal:
3216-7915/7915
http://www.ufpb.br/pos/ppgh

Livros & Artigos - Corpo Docente


Conheça alguns artigos, capítulos e livros produzidos pelo Corpo Docente do PPGH-UFPB:

_____________________________________________________ 

Ana Beatriz Ribeiro Barros Silva

“Ciganos da construção”: a divulgação de acidentes de trabalho na construção civil pela imprensa durante a ditadura militar brasileira.  Saeculum (UFPB), v. 39, p. 149-166, 2018. 

“Brasil, o ‘campeão mundial de acidente de trabalho’”: controle social, exploração e prevencionismo durante a ditadura empresarial-militar brasileira. Revista Mundos do Trabalho, v.7, p. 151-173, 2015. 

André Vidal de Negreiros: a necessidade de construção de um herói legitimamente paraibano. Saeculum (UFPB), v. 14, p. 159-171, 2006. 

Corpos para o capital: acidentes de trabalho, prevencionismo e reabilitação profissional durante a ditadura militar brasileira (1964-1985). Jundiaí: Paco Editorial, 2019.

La recuperación de los cuerpos para el capital: la rehabilitación profesional durante la ditadura militar brasileña (1964-1985). In: GALLO, Óscar; CASTAÑO, Eugenio (orgs.). La salud laboral en el siglo XX y el XXI: de la negación al derecho a la salud y enfermedad. Medellín: Ediciones Escuela Nacional Sindical, 2016, p. 191-215. 

Reclaiming bodies for capital: Professional rehabilitation during the Brazilian military dictatorship (1964-1985). In: GALLO, Óscar; CASTAÑO, Eugenio (orgs.). Occupational health in the 20th and 21st centuries: on the denial of the right to health and freedom from sickness. Medellín: Ediciones Escuela Nacional Sindical, 2017, p. 191-215. 

Acidentes, adoecimento e morte no trabalho como tema de estudo da História. In: OLIVEIRA, Tiago Bernardon de (org.). Trabalho e trabalhadores no Nordeste: análises e perspectivas de pesquisas históricas em Alagoas, Pernambuco e Paraíba. Campina Grande: EDUEPB, 2015, p. 190-214. 

O salvador, o realizador e o democrata: a construção do mito político do interventor Ruy Carneiro (1940-1945). In: CAVALCANTE NETO, Faustino Teatino; SANTOS NETO, Martinho Guedes dos; GUEDES, Paulo Henrique M. de Queiroz (orgs.). Cultura e poder político: historiografia, imaginário social e representações da política na Paraíba republicana. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB, 2012, p. 84-98.

_____________________________________________________

Carlos André Macedo Cavalcanti

O que é o imaginário? João Pessoa: Editora UFPB, 2015.

O que se vê nas religiões? João Pessoa: Editora UFPB, 2015.

No Imaginário da Intolerância: Da Inquisição ao Ensino (não) Religioso. São Paulo: Fonte Editorial, 2015.

O Regimento Inquisitorial de 1552 e suas Normatizações Judiciárias para Aplicação do Direito no Territórios Coloniais. Prim@ Facie, v. 14, p. 01-22, 2015.

O que é diversidade religiosa, afinal? E você, o que tem com isso? Caminhos (Goiânia. Online), v. 12, p. 332-344, 2014.

Inquisição e desmitologizamento de valores no cristianismo teologizado: razão, imaginário e H(h)istória. Saeculum (UFPB), v. 30, p. 75-96, 2014.

A feitiçaria moderna na América Portuguesa. Religare (UFPB), v. 11, p. 107-131, 2014. 

Inquisição como território de pureza: as estratégias de propaganda normatizadas pelos Regimentos de 1552 e 1613 e sua atuação no Brasil. Mnemonise Revista, v. 5, p. 156-168, 2014.

_____________________________________________________ 

Cláudia Engler Cury

Histórias da Educação Brasileira: experiências e peculiaridades. João Pessoa: Editora UFPB, 2014, 290 p. ISBN 9788523709334. (Coorganizado com Antonio Carlos Ferreira Pinheiro e Mauricéia Ananias).

Fontes para a História da Educação da Paraíba imperial – documentos diversos (1821-1860). Vitória: SBHE; Virtual Livros, 2015. (Co-organizado com Mauricéia Ananias e Antonio Carlos Ferreira Pinheiro).

Adentrando aos espaços de leitura e venda de livros, compêndios e artefatos escolares na Cidade da Parahyba (1850-1889). XI Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação – “Investigar, Intervir e Preservar: Caminhos da História da Educação Luso-Brasileira”, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, Portugal, 20 a 23 de junho de 2016. Trabalho apresentado no Eixo Temático “Leitura, Cultura Escrita e Cultura Escolar”. Publicado nas Atas do evento, em 2016. (Em coautoria com Thayná Cavalcanti Peixoto).

Os Compêndios e a circulação de ideias francesas no Lyceu Provincial da Parahyba do Norte (1850-1889). In: CURY, Cláudia Engler; GALVES, Marcelo Cheche & FARIA, Regina Helena Martins de (orgs.). O Império do Brasil: educação, impressos e confrontos sociopolíticos. São Luís: Café & Lápis; Editora UEMA, 2015, p. 127-151. ISBN 9788562485657 / 9788582270899. (Em coautoria com Antonio Carlos Ferreira Pinheiro).

Espaços de leitura e venda de livros escolares na Cidade da Paraíba (1850-1889)Outros Tempos, São Luís, UEMA, v. 11, n. 18, 2014, p. 154-171. 

Peter Burke: circulação e apropriação do seu pensamento na História da Educação brasileira. In: MESQUITA, Ilka Miglio de; CARVALHO, Rosana Areal de & FARIA FILHO, Luciano Mendes de (orgs.). Nas dobras de Clio: História Social e História da Educação. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2014, p. 123-141.(Em coautoria com Antonio Carlos Ferreira Pinheiro).

History of education in Brazil: the construction of a knowledge fieldPaedagogica Historica: International Journal of the History of Education, Londres, Routledge/ Taylor & Francis, vol. L, 2014, p. 01-08. (Em coautoria com José Gonçalves Gondra (UERJ), Carlos Eduardo Vieira (UFPR) e Regina Helena Silva Simões (UFES)).

Lição do Amor. In: SOUZA, Sauloéber Társio de; CARVALHO, Carlos Henrique de & RIBEIRO, Betânia de Oliveira Laterza (orgs.). Cinema e Ensino de História da Educação. Campinas: Alínea, 2013, p. 245-258. (Em coautoria com Luzimar Goulart Gouvêa).

O HISTEDBR e a História da Educação na Paraíba. In: PINHEIRO, Antonio Carlos Ferreira; CURY, Cláudia Engler & ANANIAS, Mauricéia (orgs.). Histórias da Educação Brasileira: experiências e peculiaridades. João Pessoa: Editora UFPB, 2014, p. 243-279.

A escola pública de instrução primária brasileira: Província da Parahyba do Norte (1822-1849)Revista Histedbr On-Line, Campinas, Faculdade de Educação da UNICAMP, vol. 13, n. 54, dez. 2013, p. 115-127. (Em coautoria com Mauricéia Ananias).

A Província em festa: celebrações e poderes simbólicos na visita de sua Majestade Imperial à Parahyba do Norte - 1859Artelogie - Recherches sur les Arts, le Patrimoine et la Littérature de l’Amérique Latine, Paris, França, École des Hautes Études en Sciences Sociales/ Centre Nationale des Recherches Scientifiques, v. 4, 2013, p. 1-15. (Em coautoria com Carla Mary S. Oliveira). Disponível também em: http://cral.in2p3.fr/artelogie/spip.php?article167.

_____________________________________________________ 

Élio Chaves Flores

Visões da África, Cultura Histórica e Afro-Brasilidades. João Pessoa: Editora da UFPB, 2016. E-Book.

República às avessas: narradores do cômico, culturas políticas e coisa pública no Brasil contemporâneo (1993-1930). João Pessoa: Editora da UFPB, 2015.

Diversidade Paraíba: indígenas, religiões afro-brasileiras, quilombos, ciganos. João Pessoa: Editora Grafset, 2014.

Educação em Direitos Humanos & Educação para os Direitos Humanos. João Pessoa: Editora da UFPB, 2014. 

Existencialistas, com toda razão, lá da Martinica! Discursos, epiderme e máscaras em Aimé Césaire e Frantz Fanon (1950-1987). In: Anais do V Seminário Internacional de História e Historiografia: a história na encruzilhada dos tempos. CFCH – UFPE.

Teoria Social, Democracia e Direitos Humanos: ciência e utopia no pensamento de Guerreiro Ramos e Norberto Bobbio numa perspectiva comparada. Anais do VIII Seminário Internacional de Direitos Humanos da UFPB, p. 1326-1369.

De Américas e Áfricas se faz o Atlântico negro: as narrativas de Che Guevara, Paulo Freire e Abdias Nascimento (1965-1981). XVII Encontro Estadual de História - História, conhecimento e profissão. ANPUH-PB, v. 17, n. 1, 2016. 

O conceito de 'comunidade humana universal' na obra de Guerreiro Ramos. Cadernos EBAPE.BR (FGV), v. 13, p. 573-592, 2015.

A Nação amada, a Nação fustigada: percursos, racionalidades e variações da história comparada. Revista de História Comparada (UFRJ), v. 9, p. 82-110, 2015.

África e Sertão da Paraíba: Luanda, Aruanda. Cadernos Imbondeiro, v. 4, p. 81-101, 2015.

Do lado de cá e do lado de lá: discurso poético e representações negras no mundo atlântico: Solano Trindade e Leopold Senghor. Cadernos Imbondeiro, v. 4, p. 70-83, 2015.

Nossos Patrimônios: diversidades culturais e direitos humanos. Salto para o Futuro, v. 23, p. 10-23, 2013.

O economista, o historiador e o método comparativo: notas para uma análise em perspectiva da história econômica em Celso Furtado e Ciro Flamarion Cardoso. Saeculum (UFPB), v. 29, p. 383-403, 2013.
_____________________________________________________

João Batista Gonçalves Bueno

Paisagens da Pesquisa Contemporânea sobre os Livros Didáticos de História. Jundiaí; Campinas: Paco Editorial. Centro de Memória da UNICAMP, 2013.
Formação de professores de História: o desenvolver das noções de interação, de significação e de identidade. Territórios e Fronteiras (Online), v. 8, n. 1, p. 93-112, 2015.

Modernizar a agricultura sobre o nordeste: considerações acerca da polifonia discursiva sobre agricultura no inicio do séc. XX. Espacialidades, v. 7, n. 1, p. 47-78-78, 2014.

Os espaços e os corpos: subjetividades cruzadas nos campos e motores de Agave( Cubati/PB, 1950-1980). In: I Colóquio Internacional História e espaços inventados: história e historiografia, 2015, Natal- RN. Anais I Colóquio Internacional História e espaços inventados: história e historiografia. Natal- RN: UFRN/CCHL, 2015. v. 1. p. 300-309.

Cores e Olhares do Brasil oitocentista: o ensino de História através das imagens. In: V ENID/UEPB, 2015, Campina Grande. Anais do V ENID/UEPB. Campina Grande: Editora Realize, 2015. v. 1. p. 1-9.

Problematizando olhares sobre o ensino de História e o Pibid: oficina sobre o tema gênero e diversidade no antigo Egito. In: V ENID/UEPB, 2015, Campina Grande. Anais do V ENID/UEPB. Campina Grande: Editora Realize, 2015. v. 1. p. 1-14.

Cacos de passado e de memória: a Ditadura Militar Brasileira (1964-1985) e o Ensino de História. In: Anais Eletrônicos do XVI Encontro Estadual de História - ANPUH PB. Campina Grande - PB: EDUFCG/EDUEPB, 2014. v. 1. p. 1012-1022.

Educação dos sentidos e das sensibilidades: olhares entrecruzados sobre artefatos de ensino na contemporaneidade. In: Anais eletrônicos do XXVII Simpósio Nacional de História da ANPHU- Brasil. Natal - RN: UFRN, 2013. v. 1. p. 1-17. 

Formação de Professores de História – Discussão das práticas de ensino e experiências didáticas na coordenação da área de História do Pibid (2013- Guarabira–PB)Desafios e perspectivas na profissionalização docente – Pibid/UEPB. Vol. 1. 

_____________________________________________________

Paulo Giovani Antonino Nunes

Repressão e legitimação de parte da sociedade civil no imediato pós-golpe civil-militar no Estado da Paraíba. Anais eletrônicos do XXVII Simpósio Nacional de História, 2013. 

Cassações de mandatos parlamentares no Estado da Paraíba após o Ato Institucional Nº 5 (AI-5). Anais eletrônicos do XVI Encontro Estadual de História - ANPUH-PB, 2014.

Golpe Civil-Militar e ditadura na Paraíba: História, memória e construção da cidadania. João Pessoa: Ed. da UFPB, 2014. 

As experiências de “luta armada” na Paraíba. Anais eletrônicos do XXVIII Simpósio Nacional de História - ANPUH, 2015. 

Golpe civil-militar e repressão ao movimento sindical no imediato pós-golpe no estado da Paraíba. In: OLIVEIRA, Tiago Bernardon de. (Org.). Trabalho e trabalhadores no Nordeste: análises e perspectivas de pesquisas históricas em Alagoas, Pernambuco e Paraíba. Campina Grande: EDUEP, 2015, pp. 179-214.

Tensionando a transição ‘lenta, gradual e segura’: A Igreja e os conflitos agrários no estado da Paraíba. In: MUNIZ, Altemar da Costa. MARTINS, Luis Carlos dos Passos. (Orgs.). História Política: interfaces e diálogos. Porto Alegre: EdIPUCRS; Ceará: EDUECE, 2016, p. 183-204.
_____________________________________________________

Serioja Rodrigues Cordeiro Mariano

Império - Escritos de História - LABORHIS - Série Monográfica. João Pessoa: Editora da UFPB, 2016.  

Sociedade e cultura no Brasil oitocentista: trajetórias de pesquisas. João Pessoa: Editora da UFPB, 2015.

Cultura Histórica e Ensino de História.  João Pessoa: Editora Universitária, 2014.

A Paraíba no Século XIX: sociedade e culturas políticas. João Pessoa: Editora da UFPB, 2014.

Gente Opulenta e de Boa Linhagem: Família, Política e Relações de Poder na Paraíba (1817-1824). João Pessoa: Editora da UFPB, 2013.

Sublimes Virtudes em crise Epidêmica: a epidemia de cólera na Paraíba e o discurso médico em Instruções Sanitárias Populares de Antonio da Cruz Cordeiro (1862). In: Anais XVII Encontro Estadual de História - ANPUH-PB, 2016, Guarabira. XVII Encontro Estadual de História - ANPUH-PB HISTÓRIA: CONHECIMENTO E PROFISSÃO, 2016, p. 1-11. 

As doenças virando notícias: os discursos sobre doenças na imprensa da Paraíba (1850-1860). In: Anais XVII Encontro Estadual de História - ANPUH-PB, 2016, Guarabira. XVII Encontro Estadual de História - ANPUH-PB História: Conhecimento e Profissão, 2016, p. 1-11. 

Da epidemia à civilização: biopolítica e medicina social na Paraíba (1850-1862). In: 2º Encontro Internacional de Estudos Foucaultianos: Razão Política e Aconteciment. João Pessoa: UFPB, 2016, p. 1-12.

Entre a medicina, a política e a poesia: a trajetória do Dr. Antonio da Cruz Cordeiro na Província da Paraíba na segunda metade do Oitocentos. Saeculum (UFPB), v. 33, p. 299-318, 2015.

Um estudo prosopográfico da nobiliarquia paraibana no Segundo Reinado (1840-1889). In: Anais eletrônicos do XVI Encontro Estadual de História – ANPUH-PB, 2014, Campina Grande. Poder, Memória e Resistência: 50 anos do golpe militar de 1964. Campina Grande: UEPB, 2014, p. 1300-1312.

A Pátria se acha em abismo: Tensões e Embates Políticos na Província da Paraíba (1831-1833). In: Anais eletrônicos do XXVII Simpósio Nacional de História - conhecimento histórico e diálogo social, 2013, Natal. XXVII Simpósio Nacional de História - conhecimento histórico e diálogo social. Natal: ANPUH, 2013, p. 01-18.
_____________________________________________________

Solange Pereira da Rocha

Diáspora africana nas Américas. Cruz das Almas: Editora UFRB; Belo Horizonte: Fino Traço, 2016.

Escritos de história LABORHIS: Série Monográfica. João Pessoa: Editora da UFPB, 2017.

Da teoria ao ato: refletindo sobre educação, reconhecimento e antirracismoPolítica & Trabalho. Revista do PPGS, UFPB, ano XXXIII, n. 44, p, 165-187, 2016.

População, compadrio e trajetórias de pessoas negras na cidade da Parahyba oitocentistaSaeculum, n. 33, jul./dez. 2015, p. 183-199, 2015.

Mulheres libertas e suas relações familiares no Norte o Brasil Oitocentista (Paraíba do Norte, 1833-1860)Temporalidades, v. 8, n. 1, p. 315-336, 2016.

As mulheres negras em movimento no Brasil: atuação política da Bamidelê: Organização de Mulheres Negras na ParaíbaRevista Gênero, v. 16, p. 71-89, 2016.

Arranjos familiares de pessoas negras na freguesia de Nossa Senhora das Neves (Parahyba do Norte, 1861-1863). Revista Em Perspectiva, v. 2, n. 1, p. 49-68, 2015. 

À luz da Lei 10.639/03, avanços e desafios: movimentos sociais negros, legislação educacional e experiências pedagógicasRevista ABPN, v. 5, p. 55-82, 2013.

Imagens (des)encobertas sobre a população negra, povos indígenas e mulheres nos livros didáticosEducação em Direitos Humanos & Educação para os Direitos Humanos.  João Pessoa: Editora da UFPB, 2014, v.1 p.153-169.

Acervos Afro-digitais: memórias e conexões entre extensão, ensino e pesquisaAnais do V Simpósio Internacional História e Historiografia: a história na encruzilhada dos temposSOUZA, George F. Cabral  (Org.). Recife: Editora UFPE, 2016, p. 1486-1493.
_____________________________________________________

Surya Aaronovich Pombo de Barros

O estado da arte da pesquisa em história da educação da população negra no Brasil. Vitória, ES: SBHE: Virtual Livros, 2015.

História da educação da população negra no Brasil. Niterói: EDUFF, 2016.  (Coorganizado com Marcos Vinícius Fonseca).

Escravos, libertos, filhos de africanos livres, não livres, pretos, ingênuos: negros nas legislações educacionais do XIX. Educação e Pesquisa, São Paulo (USP), v.42, n.3, p. 591-605, 2016.

Ser negro na Parahyba do Norte: cores, condições, qualidades e universo letrado no século XIX. Estudos Ibero-Americanos, v.44, n.3, p. 484-500, set.-dez. 2018.

Graciliano Fontino Lordão: um professor “de côr” na Parahyba do Norte. Revista Brasileira de História da Educação, v.18, 2018. 

_____________________________________________________ 

Telma Cristina Delgado Fernandes

Ditaduras: a desmesura do poder. São Paulo: Intermeios, 2015.

_____________________________________________________

Tiago Bernardon de Oliveira

Poder, Memória e Resistência: os 50 anos do golpe de 1964 e outros ensaios. João Pessoa: Editora do CCTA; A Mídia, 2016. (Organizado em conjunto com José Luciano de Queiroz Aires e Vânia Cristina Silva)

Trabalho e Trabalhadores no Nordeste: análises e perspectivas de pesquisas históricas em Pernambuco, Alagoas e Paraíba. Campina Grande: EDUEPB, 2015. (Organizador) 

O golpe de 2016: breve ensaio de história imediata sobre democracia e autoritarismo. Historiae, v. 7, p. 191-231, 2016.

Subalternos em movimento: mobilização e enfrentamento à dominação no Brasil. Rio de Janeiro: Consequência, 2017. (Organizado em conjunto com Marco Marques Pestana e Rafael Maul de Carvalho Costa – Coleção Observatório da Classe Trabalhadora)

“Anarquismo e Revolução”: militância anarquista e a estratégia do sindicalismo revolucionário no Brasil da Primeira República. In: SANTOS, Kauan Willian; SILVA, Rafael Viana da (orgs.). História do anarquismo e do sindicalismo de intenção revolucionária no Brasil: novas perspectivas. Curitiba: Editora Prismas, 2018.

A neutralidade política no sindicalismo anarquista brasileiro (1906-1913). In: QUEIRÓS, César Augusto Bulboz; ARAVANIS, Evangelia (orgs.). Cultura operária: trabalho e resistências. Brasília: Ex Libris, 2010.

“Pela reforma, contra a revolução”: notas sobre o reformismo e colaboracionismo na história do movimento operário brasileiro da Primeira República. Revista Crítica Histórica, UFAL, ano III, n.5, p. 26-59, 2012. 

A constituição de um acervo com processos da Justiça do Trabalho no e sobre o interior da Paraíba. In: Marques, Antonio José; STAMPA, Inez Terezinha (orgs.). Arquivos e o direito à memória e à verdade no mundo dos trabalhadores. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional; São Paulo: CUT, 2015, p. 139-157.   

A estruturação de um arquivo da Justiça do Trabalho no Brejo Paraibano na perspectiva de uma história global do trabalho. In: DABAT, Christine Rufino; ABREU E LIMA, Maria do Socorro (orgs.). O mundo dos trabalhadores e seus arquivos – Nordeste. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2013, p. 105-135.

_____________________________________________________