PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA (PPGO)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Telefone/Ramal
Não informado

Notícias


Banca de DEFESA: VANESSA DE CARVALHO JOVITO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANESSA DE CARVALHO JOVITO
DATA: 13/12/2016
HORA: 13:00
LOCAL: Auditório
TÍTULO: Atividades anti-Candida e análise da citotoxidade do extrato da folha da Schinopsis brasiliensis Engl.
PALAVRAS-CHAVES: Plantas medicinais; Candida; Biofilme; Cinética
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
RESUMO: Diante da necessidade de implementacao de novos agentes terapeuticos para tratamento de infeccoes ocasionadas por Candida spp., a busca por produtos naturais cresce mundialmente. Frente a este cenario extratos obtidos a partir de Schinopsis brasiliensis Engl. representam potenciais fontes de agentes quimicos com efeito antifungico, considerando sua reconhecida atividade bacteriana. Objetivo: Avaliar o potencial antifungico, anti-biofilme e citotoxico do extrato rotaevaporado da folha da S. brasilienses sobre Candida spp. Metodos: Foi determinada a Concentracao Inibitoria Minima - CIM e Fungicida Minima- CFM sobre 6 cepas de Candida, atraves da tecnica da microdiluicao em placas de 96 pocos. Foi avaliada a cinetica de inibicao de crescimento da C. albicans ATCC 60193 em diferentes tempos nas concentracoes de CIM, CIM x 2 e CIM X 4. A avaliacao anti-biofilme foi determinada em placas de microdiluicao com avaliacao da inibicao de formacao e reducao dos biofilmes maduros uniespecie ou multiespecie de 24 e 48 horas. Foi avaliado o sinergismo pelo metodo checkerboard. A citotoxidade foi realizada em celulas sanguineas humanas. Os dados foram analisados atraves do teste T pareado, ANOVA e post hoc de Tukey, Mann- Wihitney, Kruskall Wallis com p<0,05 Resultados: Para a Concentracao Inibitoria Minima o extrato da folha da S. brasiliensis apresentou atividade antifungica frente a todas as especies de Candida avaliadas. Houve reducao na formacao e nos biofilmes maduros uni e multiespecie para os periodos de 24 e 48h. Na cinetica apenas a concentracao CIM x 4 apresentou resultados, sendo o melhor resultado do extrato a partir de 6 horas (p<0,01). Em todas as concentracoes utilizadas no estudo ate 1250 μg/ mL o extrato nao apresentou citotoxidade em celulas humanas. Conclusao: O extrato da folha da S. brasiliensis possui atividade antifungica sobre cepas do genero Candida, apresentando, de modo geral, acao fungicida, especialmente apos 6 horas de contato com as celulas microbianas e efeito antibiofilme constituido por Candida spp. (uni e multiespecie), com habilidade para inibir a formacao e reduzir o biofilme maduro, sem apresentar citotoxidade sobre celulas humanas de sangue periferico.
MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1678418 - LUCIO ROBERTO CANCADO CASTELLANO
Interno - 333921 - EDELTRUDES DE OLIVEIRA LIMA
Externo ao Programa - 1753902 - RONALDO RODRIGUES SARMENTO